E A ENCRENCA LÁ DO ORIENTE MÉDIO NOS ATINGE COM SOCO NA BOCA DO ESTÔMAGO.

Deixe um comentário

"Aí, Brasil, fica quieto no teu canto, senão vais ver com quantos paus se faz uma cangalha!"

“Aí, Brasil, fica quieto no teu canto, senão vais ver com quantos paus se faz uma cangalha!”

E foi um soco muito bem dado, tenho de admitir. Israel não bate para que seu adversário fique de pé e o des-Governo brasileiro vai aprender isto, já, já. Naquele saco de gatos até os EUA pisam devagar e saltam de banda quando se vêem na desconfortável posição de ir cotra os hebreus. Vingativos, rancorosos desde quando a galinha ainda tinha dentes, não é bom a nenhum país ter os hebreus como adversários. Calejados desde milênios na matança e no amargor da VINGANÇA (até hoje a Lei é a de Talião: Olho por olho; dente por dente. Aliás, esta Lei vigorava no longínqüo Código de Hamurabi, lá pelos idos de 1780 a 1790 antes do advento do Cristo. Ao que parece, os hebreus a adotaram quando por lá andaram fazendo escaramuças), eles não gostam de ser confrontados e questionados em suas ações. Fiz? ‘Tá feito e pronto. Vão-se meter em suas vidas e seus problemas e deixem que resolvamos os nossos à nossa maneira. É assim que pensam e agem. Mais

A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO XXIX – A INFECÇÃO DENTÁRIA ENSEJA NOVAS REVELAÇÕES.

1 comentário

Gregário, paciente e solidário, o elefante, como o cavalo, foi e ainda é grande amigo dos humanos.

Gregário, paciente e solidário, o elefante, como o cavalo, foi e ainda é grande amigo dos humanos.

Ainda que sôfregos pela continuação da narrativa de Jeroboão, este não conversou com os três irmãos de Yehoshua senão quando já era a 12ª hora (mais ou menos as 18 horas de nosso horário) e a caravana fez a parada necessária para passar a noite. O local era bastante desértico, cercado por grande campo capim verde. Aqui e ali grandes árvores copadas quebravam a monotonia da paisagem. Para o noroeste, no entanto, a uns duzentos metros de onde se fazia o acampamento, havia como um bosque onde o arvoredo era denso. Uma clareira fôra aberta por outros e outros caravaneiros e algumas casas rústicas, de pedra e pau, foram construídas para os que por ali pousassem. Entre dois grossos troncos de árvore havia uma grande corrente esticada e a eles presas. Serviam para se amarrar os elefantes, presos por uma das patas, a fim de evitar que se evadissem e entrassem pela floresta a dentro em busca de uma manada que os aceitasse.

Yehoshua afastou-se de todos e procurou um lugar sossegado, mesmo que dentro de grande escuridão. Ali, sentado como um iogue, pernas cruzadas com as plantas dos pés para fora e para o alto, ele fechou os olhos e se deixou serenar corpo, coração e mente. Em breve tempo tinha entrada em samádi e estava totalmente alheio ao ambiente e ao ruído das vozes dos caravaneiros e dos de sua família. Mais

TIO, A GENTE DIZ PRESIDENTE OU PRESIDENTA, QUANDO A DONA É MULHER?

Deixe um comentário

"Luiz Vaz de Camões, poeta português, enxerga mais por um olho que os outros por todos três". Ele era realmente arrogante.

Certamente que se ele ouvisse um brasileiro falando o “português” não entenderia nada…

Desde quando ainda se falava o bom português, lá pelos idos de 40/50, dizia-se PRESIDENTA para a mulher que ocupasse a presidência de alguma coisa. Há, ainda, dicionários não alterados pelos que falam o paulistanês, como o DICMAXI MICHAELIS PORTUGUÊS que traz a grafia PRESIDENTA e define o substantivo como “mulher do Presidente ou Mulher que Preside”. Os dicionários do Aurélio, até 2000, também traziam esta grafia. Agora, nas novas edições, ela foi elidida e a mulher Presidenta tem de ser chamada Presidente, querendo ou não.

Artur ficou a me olhar de cenho franzido. Então, pediu que eu lhe mostrasse o dicionário. Quando leu a definição, pediu que eu tirasse uma cópia xerox para que ele pudesse levar e mostrar à sua professora. Isto, porque ela havia tirado meio ponto de sua redação por ele ter escrito a Presidenta e, não a Presidente, como quer o paulistanês. Mais

A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO XXVIII – O ASSOMBRO DOS PARENTES É CADA VEZ MAIOR.

Deixe um comentário

As caravanas de elefantes eram similares a esta, quando os caravaneiros eram ricos.

As caravanas de elefantes eram similares a esta, quando os caravaneiros eram ricos.

A caravana se pôs em movimento. O vento frio incomodava bastante e só os elefantes pareciam não o notar nem com ele se incomodar. A família de Yehoshua ia toda envolta em peles de carneiro como sobretudo e encolhidos sob o toldo que os aliviava as rajadas geladas sobre os lombos dos calmos elefantes. Thiago estava com a dor de dentes quase extinta, mas a região infectada pulsava com força e uma sensação dolorosa profunda, latente, ainda persistia, lembrando-lhe o tempo todo de que ela estava ali e pronta para explodir se ele cometesse algum descuido. Emburrado e acabrunhado, Thiago também remoía raiva contra os que tinham sido privilegiados pela estátua misteriosa. As três Mírians estavam bem confortadas, não sofriam nada e até riam e conversavam alegremente sobre a belíssima paisagem que descortinavam à medida que a trilha subia e a mata rareava para dar lugar a grandes paredões rochosos ou a terreno descampado e gelado.

Mais

URUGUAI SE PREPARA PARA NOS INVADIR COM MACONHA “LEGALIZADA”.

3 Comentários

Eis José Mujica, Presidente do Uruguai. Caquético, ele capitulou diante do  Crime Organizado.

Eis José Mujica, Presidente do Uruguai. Caquético, ele capitulou diante do Crime Organizado.

E, é claro, nossos governantes vão bater palmas e abrir as pernas… do povo, lógico. Os Zé Nings idiotas, tanto os que vivem nos guetos chamados “comunidades” quanto os que vivem no Leblon e Barra, em condomínios caríssimos, vão cair de ventas na fumacinha fedorenta.

Eis o que leio na Folha de São Paulo, neste sábado, 19/07: “este mês, ele (José Mujica) anunciou que a implantação completa da lei que permite plantar, vender e consumir maconha será apenas em 2015, já durante o mandato de seu sucessor no comando do Uruguai. Ele não crê em recuo, mesmo se um opositor vencer.(…) E por que não colocar em vigor já? Por causa de uma questão agrícola: “É necessário plantá-la [a maconha] e produzi-la. As plantas têm o seu próprio ciclo. É necessário fazer estufas. Estamos fazendo as mudas. Fazendo a reprodução vegetativa. Poderão começar a florescer em janeiro, fevereiro”. Mais

A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO XXVIII – AS REVELAÇÕES OCULTAS CONTINUAM.

Deixe um comentário

A paisagem era fria e tranqüila. Tudo contribuía para a calma interior.

A paisagem era fria e tranqüila. Tudo contribuía para a calma interior.

O dia clareou com o céu muito nublado e fazendo frio, muito frio. Os irmãos de Yehoshua, depois de virem a cena assombrosa de seus familiares flutuando dentro de uma nuvem cor de rosa à altura da face da grande estátua do Budha Maytreia, tinham adormecido, cada qual com um pensamento desnorteado na mente. Thiago, musculoso, atarracado e peludo foi o primeiro a despertar com uma dor de dente lancinante. Gemendo muito saiu e correu até um pequeno riacho de onde apanhou água e colocou na boca bocejando forte. A dor deu a impressão de melhorar, mas era porque o frio da água havia diminuído a sensorialidade de sua boca. Lembrou-se do que tinha visto e se voltou rápido em direção à grande estátua, mas a neblina cobria totalmente a grande cabeça de pedra e ele não vislumbrou nada. Com a mão no lado esquerdo da face caminhou até a barraca de seu irmão mais velho e lhe entreabriu a entrada. Yehoshua dormia profundamente enrolado em uma grossa manta de lã. Ele foi à barraca de sua mãe e lá a encontrou também em profundo sono ao lado de Ruth. Retornou à própria barraca, onde dormiam seus dois irmãos e se sentou apertando a bochecha do lado do dente cariado e infeccionado. Mais

DE QUEM É A CULPA?

Deixe um comentário

Posto de Saúde em Goiânia: sem médico, sem raio-X, sem nada. Apenas burrocratas de quarta e quinta categorias e povo dependente sem coragem de reagir.

Posto de Saúde em Goiânia: sem médico, sem raio-X, sem nada. Apenas burrocratas de quarta e quinta categorias e povo dependente sem coragem de reagir. Isto não é só PT. São todos eles.

A pergunta correta deveria ser “de quem é a responsabilidade?”, mas quando ela se refere ao SERVIÇO PÚBLICO DO BRASIL trata-se realmente de CULPA. Culpa é toda a violação de um dever jurídico. É isto, exatamente isto, o que acontece em todas as áreas do Serviço Público Brasileiro, desde o Municipal, passando pelo Estadual e morrendo no Federal.

A culpa resulta da causação de um mal. E é isto o que abunda no Serviço Público Nacional Brasileiro. Mais

Older Entries

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 124 outros seguidores