VAMOS RETORNAR AO ESTUDO DE NOSSA LÍNGUA?

7 Comentários

A prática do Tai-Chi requer paciência, disciplina, relaxamento e muito treino na arte da anatomia do movimento..

A prática do Tai-Chi requer paciência, disciplina, relaxamento e muito treino na arte da anatomia do movimento.

Faz muito tempo que abandonei a Gramática. Mas, hoje, decidi retornar um pouco a ela. E tenho em vista ajudar os que vão para o ENEM ou fazer concursos. Em qualquer dos casos, o que mais derruba o estudante brasileiro é a REDAÇÃO. Redigir é colocar por escrito uma idéia. Ela pode ser expressada de modo seco, direto, sem floreios, ou pode ser expressada de modo poético, suave, doce e muito, muito belo. Mas para isto é necessário que a pessoa saiba se mover pelas “figuras” gramaticais.

Não se aprende português apenas estudando as regras gramaticais. É preciso exercitar o que se estuda. Quando eu fazia Tai-Chi-Tchuen meu velho mestre me dizia que praticasse a “anatomia do movimento”. E quando passei a praticar o Aiki-dô, também ouvi de meu velho mestre a mesma orientação. O que é a “anatomia do movimento”?

A Anatomia do Movimento consiste em você, praticante da arte marcial, postar-se de pé, olhos fechados, e visualizar o ataque de um oponente. Ao mesmo tempo, visualizar-se executando uma nova técnica que tenha recém-aprendido. Dezenas e dezenas de vezes a pessoa visualiza a mesma cena imaginada. Como se estivesse repetindo um filme, onde os movimentos são precisos e absolutamente os mesmos. E usei que não é fácil, para nós, brasileiros, realizar a prática da Anatomia do Movimento. Mas se todos os praticantes de artes marciais fizessem isto, sua técnica melhoraria muito. Haja vista o que conseguiu Morihey Ueshiba, o criador do Aiki-dô. Mais

O EGOÍSMO E A ARROGÂNCIA DO BRASILEIRO.

3 Comentários

O que o egoísmo de uns impõe à Liberdade de ir e vir da maioria. E nós nos dizemos civilizados e democráticos?

O que o egoísmo de uns impõe à Liberdade de ir e vir da maioria. E nós nos dizemos civilizados e democráticos?

Assisto no noticiário a continuação de uma greve absolutamente imbecil. Caminhoneiros, revoltados com a Lei que determina períodos de descanso e repouso noturno para eles, estão em pé de guerra porque não aceitam ser protegidos. Até contra eles mesmos, pois, para cumprir horários desumanos, tomam rebites e morrem e matam em desastres pelas estradas brasileiras.

As alegações são inadmissíveis. Nélio Botelho, coordenador do MUBC (Movimento União Brasil Caminhoneiro), afirma que as medidas agovernamentais têm reduzido a oferta de frete para os profissionais e diminuído os rendimentos em razão das restrições de horário de trabalho. Os caminhoneiros também reclamam da falta de estrutura das rodovias para cumprir as paradas obrigatórias previstas em lei, de quatro em quatro horas. Mais

TRÊS TEMAS INTERESSANTES – 6

8 Comentários

TEMA 1

Eis Andressa Mendonça. Bonita, ela enfrenta a situação difícil de seu companheiro com dignidade e coragem. Não me interessa se também é "bandida".

Eis Andressa Mendonça. Bonita, ela enfrenta a situação difícil de seu companheiro com dignidade e coragem. Não me interessa se também é “bandida”. O que vejo de valoroso é sua coragem e sua disposição de estar ao lado do homem que, agora, se vê abandonado pelos que comeram de sua comida e beberam de seu vinho. Onde estão os corrompidos que não amargam também uma boa cadeia? Por que só o Cachoeira paga pelo crime de todos?

Andressa Mendonça, esposa de Carlos Cachoeira. Um mulher muito bonita e simpática. Eu, particularmente, gosto dela. Principalmente porque se tem mostrado fiel ao companheiro neste momento em que ele amarga dura prova. Poderia ter-se escafedido ou, então, se mantido quieta, afastada de tudo e de todos, na “sombra”, um modo de negar-se ao escândalo e ao companheiro em apuros. Mas não. Enfrenta de cabeça erguida a situação bastante dura e que faria outas tremerem na base.

É preciso coragem para encarar de frente a onda negativa e mantida acesa impiedosamente pela Imprensa sensacionalista. Eu creio, e vai ser difícil alguém me convencer do contrário, que o Carlos Cachoeira nada mais é que o bode expiatório. Aquele que a situação (o sistema, melhor dizendo) forçou que fosse o escolhido para o sacrifício.

Carlos é criminoso? Bem, até agora a Justiça o tem como contraventor e isto é bem diferente de ser criminoso. No entanto, ele paga sozinho pelas estrepolias em que muitos “Insolências” tomaram parte ativa.

O que me constrange e revolta é que esses mesmos safardácios e insolentes polititicas estejam livres, leves e soltos, prontos para armarem mais trampolinagem sempre ao abrigo de uma Lei venal, fraca, manipulada por seus pares para os beneficiar acima de qualquer rasgo de vergonha nacional e patriotismo. Mais

VOLTAR AO PASSADO E VIVER JUNTO COM OS QUE JÁ SE FORAM. É POSSÍVEL?

Deixe um comentário

Eis o famoso Cavalo de Tróia.

Eis o famoso Cavalo de Tróia.

Benítez tece toda a trama de sua saga intitulada CAVALO DE TRÓIA em uma aventura vivida hipoteticamente por um Major da força aérea norte-americana, cognome Jasão. Este Major foi metido em uma máquina do tempo e em companhia de outro parceiro deu um salto ao passado. Lá, justamente na época em que Jesus viveu, não somente interagiu com os que viviam naquela época como alimentou-se com o alimento que eles comiam, andou em suas companhias, enamorou-se por uma das irmãs de Jesus, Marta, trocou idéias com o Mestre etc, etc, etc… Mas é possível ao homem construir esta fabulosa e tão desejada máquina do tempo?

Vamos considerar, antes de responder, esta outra pergunta: o que é o passado? A pergunta implica uma resposta complexa, muito complexa. Mais

COMO ENTENDER O PROCESSO DA REENCARNAÇÃO? – 3

3 Comentários

Imaginação artística de como teria sido a última ceia.

Imaginação artística de como teria sido a última ceia.

Como vimos no artigo anterior, em Benítez, Jesus deixa entrever que há a evolução através da reencarnação. Em outro diálogo, eis o que diz a Seus discípulos, quando estes estão reunidos para a última ceia. O diálogo é impressionante e na Bíblia não consta nem um décimo do que ali foi dito pelo Mestre. Friso, contudo, que só admito o Jesus de Benítez porque também penso, desde há muito, que Ele não foi exibicionista, como a Bíblia nos dá a crer. Foi simples, viveu simplesmente e interagiu segundo as capacidades de compreensão das pessoas com quem conviveu naquela época. Só por isto aceito o que Benítez, através do tal Major relator, coloca em Sua boca. Eis o que Ele teria dito: “A vida na Eterna Criação do Pai não é um repouso, uma ociosidade sem-fim, ou uma egoística comodidade, senão uma incessante progressão em graça, verdade e glória. Cada uma das inúmeras moradas da casa de meu Pai é um lugar de passagem, uma vida projetada para servir-vos de preparação para a seguinte. E assim os Filhos da Luz seguirão de  glória em glória até alcançar o estado divino, no qual serão espiritualmente perfeitos, tal qual o Pai é perfeito em todas as coisas”. Jesus, aqui, é bem mais explícito quanto aos vários retornos ou várias encarnações que os Espíritos humanos experimentam.  Mais

O MENSALÃO E A PRETENSÃO DO LULÃO DE RETORNAR AO PODER

Deixe um comentário

Meus amigos, eu juro pela honra do meu partido adorado: o falso mensalão na realidade só fedeu um tiquinho assim. Quem exagerou na conta foi a Imprensa sensacionalista.

“Meus amigos, eu juro pela honra do meu partido adorado: o falso mensalão na realidade só fedeu um tiquinho assim. Quem exagerou na conta foi a Imprensa sensacionalista”. Será que foi mesmo, Zé?

Fede muito, mas muito mesmo, apesar de a procrastinação conseguida pelos envolvidos usando todos os meios à disposição de seus advogados, ter arrefecido a lembrança do escândalo na memória dos Zé Nings brasileiros. Falo do tristemente famoso “MENSALÃO”, o maior escândalo político do Governo do Lula, cuja sujeira respingou feio nele mesmo. Quantos foram os escândalos proporcionados aos brasileiros pelo PT, você sabe? Claro que não. Se fosse uma pergunta de vestibular todos os candidatos levariam bomba. Houve tantos que é muito difícil listar aqui. Desde as vereanças Brasil a fora, até à Presidência da República a sujeira fedeu e se espalhou para todo lado. Só para lhe refrescar a memória, eis aqui alguns deles: as irregularidades nos bingos; as denúncias envolvendo os Correios; o mensalão; os dólares na cueca; o caseiro Francenildo; os sanguessugas e os aloprados. Ainda assim, os escândalos que se sucediam por todo o Brasil onde o PT exercia maioria nas casas legislativas ou governava no Estado e nos Municípios não conseguiram manchar a enorme aceitação do Lulão pelos Zé Nings, revoltados com o “governo” de FHC, o entreguista. O único escândalo que chegou a ter força suficiente para macular a imagem do presidente, mesmo momentaneamente, foi a sequência de escândalos do mensalão. Mais

PT, QUE SEMPRE SE APOIOU NOS SINDICATOS PARA BAGUNÇAR OS GOVERNOS, AGORA SE VÊ ÁS VOLTAS COM ESTA FORÇA.

Deixe um comentário

Greve, greve, greve! O povo começa a estrebuchar, mas os arrochos continuam firme e forte.

Greve, greve, greve! O povo começa a estrebuchar, mas os arrochos continuam firme e forte.

É realmente irônico. O Partido dos Trabalhadores, reduto onde Lulão e Vovozona sempre batalharam com o apoio maciço do operariado brasileiro, tem agora muito de seus membros se voltando contra seus ídolos. O país é sacudido de norte a sul por greves. E não somente de empregados celetistas, não. As greves que agoniam o Governo da Vovozona vêm dos sindicatos de trabalhadores públicos, estatutários. Polícia, Médicos, Professores Universitários da Federal, Vigilância Sanitária etc… Descontente, os Nings se vêem encostados na parede. Reconhecem que os grevistas têm razão em suas reivindicações, mas também reconhecem que as greves criam situações injustas em relação aos serviços de que necessitam. Os Nings sempre levam a pior, seja em que época for, seja em que governo for. O pau quebra sempre no lombo sofrido dos Nings. E não é somente no nosso Brasil Varonil, não. É em qualquer parte. Justamente os “carregadores de piano” que tocam os países para a frente são os que mais padecem quando os empregados públicos estrebucham ou os de serviços essenciais, como os que trabalham celetistamente nos transportes coletivos ou hospitais em geral. Mais

Older Entries