"Puta merda, negão! Isso aí vai pegar um CC de amargar!"

“Puta merda, negão! Isso aí vai pegar um CC de amargar!”

.O que que tem demais? Lulão está viajando o mundo todo à custa do dinheiro de empresários “mui amigo”. E daí? Afinal, ele é o embaixador do Mercado Brasileiro. Viaja para promover a venda dos produtos das indústrias nacionais, gente. Tem todo direito de fazer isto e ser bancado pelos endinheirados no Brasil. Afinal, Lulão ainda não chegou a ser um bilionário. Milionário às custas do erário público? Ora, isto é para fichinha de colarinho branco. Ele foi Presidente do Brasil. Tem necessariamente que merecer muito mais. Tem de chegar às portas do Olimpo (Não entra, porque o reinado lá dentro é norte-americano e eles não abrem para ninguém).

Qui é isso companheiro? Só estou fazendo uma boquinha neste restaurantezinho furreca!"

Qui é isso companheiro? Só estou fazendo uma boquinha neste restaurantezinho furreca!”

Temos de tirar o chapéu para a Faculdade CUT. Lulão não freqüentou nenhuma Faculdade corriqueira, do tipo “Pagou? Passou”. Mesmo assim, ele dá de dez a zero no FHC que é laureado por inúmeras faculdades reconhecidas como templos dos saberes superiores. Lulão não escreveu nenhum livro, mas está nos livretos e manchetes do mundo inteiro o ano inteiro e ano após ano. E não nos vetustos livros universitários, como acontece com o FHC. Ele está nos livros comuns, do populacho “mermo”, da plebe ignara real, bruta, ignorantona, que vai para o cutelo do carrasco chamado PT sorrindo e aplaudindo seu líder. Aliás eu me recordo da musiquinha safada da propaganda da GVT: “Depois de nosso líder, a gente também faz”. Só que no caso, a musiquinha deve mudar para “Depois do Lula sperto, a gente se strepa”. 

"Vai rindo, vai! Tu ainda não me conhece, muié..."

“Vai rindo, vai! Tu ainda não me conhece, muié…”

É claro que não estou falando do PT da CUT e companhia, nada disto. Deus me livre! A CUT, a FORÇA SINDICAL e outras agremiações que tais, são faculdades que preparam futuros Presidenciáveis como jamais outra qualquer, metidinha a besta, conseguirá. Afinal, estamos no Brasil, o único país em que “em se plantando, tudo dá”. Aqui Deu Lulão, deu Vovozona, deu Sarney, deu Delúbio Soares, deu Marcus Valério, deu José Dirceu, deu Cachoeira, deu Marconi Perillo e vai por aí.

E deu você, leitor, um Zé Ning que só vive pra futebol e desorientação político-social. Pudera! Você é Zé Ning, não é mesmo? Você não sabe nem como vai ser seu dia, todo dia. Já o Lulão tem um agenda fartamente cheia e sua secretária lhe informa a cada momento que passos vai dar. Ele não se preocupa com dinheiro, coisa que é seu pesadelo, meu caro Zé Ning, da hora que acorda à hora em que vai dormir. Você passa seu tempo contando os parcos caraminguás que ganha suando feito um mouro para empresas gananciosas que só pensam no Lucro. Lulão, assim como vai acontecer com Vovozona, passa as horas rindo e apertando mãos pelo mundo todo, com a certeza de que fazer mesuras dá uma dinheirama farta, sem o perigo de uma CPI ou, pior, da ação da PF. Que maravilha, né não? O Brasil não é mesmo o país das delícias para os crápulas?

Azar do Al Capone que não descobriu esta terra abençoada por Deus antes de ser mandado lá bra baixo, esperar para vir a ser o anjo guardião do todo poderoso São Matemático, acirradamente defendido pelos Direitos Humanos de Bandido. Quem mandou Capone não nascer brasileiro? Nunca irá passar da condição de diabo menor, capacho de São Matemático.

E vida longa os DIREITOS HUMANOS DE BANDIDO!

ACORDA, BRASIL!!!