É o país, cara! É o país todo. Quem vai ser doido de lutar contra a maré?

É o país, cara! É o país todo. Quem vai ser doido de lutar contra a maré?

Somos um país de corruptos e isto não é novidade. Desde quando Cabral aportou aqui que a corrupção chegou ao futuro Brasil. Na sua época, Pindorama. Enquanto Pindorama, não temos notícias de corrupção por aqui, até porque os índios não eram organizados a ponto de criar facilidades e benesses que fossem gulosamente desejadas por uma parcela inveteradamente perdida, como acontece com a raça branca, negra e mestiça que domina o Brasil.

O que me estarrece é a placidez desta raça de mestiços. O que será que houve com o brasileiro? Será que a mistura do sangue europeu com o silvícola e o negro degenerou a este ponto o caráter do brasileiro? Ou será que a terra muito rica em tudo, da paisagem à comida, fê-lo lerdo de raciocínio, tardo de reação e acomodado ao “jeitinho” da sobrevivência?

Ministro Joaquim Barbosa, ex-ajudante de pedreiro. Veio de baixo e alcançou a mais alta corte de Justiça do Brasil.

Ele se mantém firme em sua postura de MINISTRO e é admirável em fazendo assim.

Agora, as baterias de uma parcela da Mídia manipulada abre fogo cerrado contra o STF e seus zangões vão fuçar o que podem para manchar a imagem desse Poder, o único que ainda zela alguma coisa pela integridade deste país de retardados governados por retardados piores ainda, os êmulos do PT.

Leio, no MSN Estadão, que “Reportagem do Estado de ontem mostrou que o total gasto pelo Supremo com passagens para os ministros e suas mulheres em quatro anos foi de R$ 2,2 milhões. Os dados foram levantados com base em informações oficiais divulgadas pela Corte. De 2009 a 2012, o Supremo destinou R$ 608 mil para a compra de bilhetes aéreos para as esposas de cinco ministros: Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski – ainda integrantes da Corte -, além de Ayres Britto, Cezar Peluso e Eros Grau, hoje aposentados.”

Se tomarmos esta “fabulosa” soma de dinheiro (R$ 2,2 milhões) e a dividirmos por 4 anos, teremos o valor de R$ 550.000,00/ano. Se dividirmos este valor pelos doze meses de um ano teremos a quantia de R$ 45.833,00/mês. Se tomamos este valor e dividimos pelos 10 ministros que, entre os 11 que compõem o Supremo, usaram dele para comprar passagens conforme determina a Lei, teremos R$ 4.583,30 por mês para cada um. Isto é gastar demais? NÃO. A Mídia do PT está buscando meios os mais idiotas para sujar o nome do SUPREMO. Basta escolher qualquer deputado ou qualquer senador (ou mesmo o Lulão nos seus 8 anos de desmando Presidencial) e veremos que a despesa de um Togado em 4 anos com passagens aéreas não cobre as gorjetas que os senhores Deputados, Senadores e Lulão gastaram nos restaurantes de luxo por onde passeiam às nossas custas. Não somente eles, mas suas indignas “consortes”. E são indignas porque, como brasileiras, calam-se e usufruem do que não têm direito sob a desculpa de que “se a mulher de fulano pode, por que eu não?” Fossem honestas freariam a fúria de seus indignos esposos e os obrigariam a devolver ao menos a parte do roubo que lhes era destinada.

"Perdão, ó divina Isis!" - Parece que o Ministro anda assistindo muita novela da Globo...

Corrupto beija até um pé cheio de chulé, desde que não seja incomodado em suas maracutaias.

Corrupção é a doença que vai levar nosso país para o subsolo do fundo do poço. E não é somente a corrupção dos POLITITICAS, não. É a corrupção de cada brasileiro. De cada um que é capaz de jogar a bagana do cigarro no chão descuidadamente; ou de lançar pela janela do ônibus a garrafa pet vazia; ou de deixar no meio fio o saco plástico usado. Ou de “furar” a fila “porque todos fazem isto”. Ou de abandonar sobre o banco de praça o jornal já lido. Ou de se assenhorear dos assentos reservados aos idosos ou deficientes ou grávidas e ali plantar os fundilhos indiferente aos que, por Lei, têm direito a eles. Ou de tomar par si as vagas reservadas aos automóveis de idosos ou deficientes e ainda reagir com raiva se um deles ousar reclamar o seu direito. Ou de urinar junto a um muro ou a uma parede sem considerar que se fizessem aquilo na parede de sua casa ele mesmo ficaria fulo de raiva. Ou de se encolher e não reclamar do mal-feito de outrem por medo do grupo todo se voltar contra si. Enfim, a corrupção que faz que nossos filhos se atraquem feito cães danados dentro das escolas ou ataquem com latas de lixo suas professoras que por único crime têm a vontade de os ensinar a ser alguém na Sociedade.

Você não sabe que se a gente contraria um corrupto corre o risco de ser assassinado...

Você não sabe que se a gente contraria um corrupto corre o risco de ser assassinado…

Muitos me lêem, mas todos se calam. Por que? Por medo? De quê? De nada! É o medo condicionado pelo temor profundamente enraizado no subconsciente de cada brasileiro à reação aos erros coletivos ou individuais cometidos pelos que são vistos e compreendidos como prováveis agressores. “É melhor eu ficar calado, pois em boca fechada não entra mosca” diz o aforismo popular.    Sim, é verdade. Mas há também outro aforisma que afirma que “quem cala, consente”. No caso da corrupção coletiva o silêncio do omisso é a força do corrupto.

Muitos dos que me lêem também são contra os POLITITICAS. Meu blog é aberto a qualquer crítica bem construída e bem embasada. Mas não vejo quase nada de alguém a escrever reforçando ou, até, refutando o que digo. Esta omissão me deixa triste, pois a mim parece que todos marcham de passo certo com os corruptos por pura inércia.

Pindorama sumiu na poeira do tempo. Já nem nos livros de História para o ensino médio é mencionada. E o Brasil? Quando é que este nome e esta terra vão sumir dos livros de História e Geografia? Eu penso, cá com meus botões, que se o PT se prolongar no comando de nosso país, isto não vai demorar muito. Pode até ser que o nome continue, como fizeram com  EMBRATEL os gananciosos que a compraram. Mas a brasilidade sadia nunca será experienciada pelos brasileiros, pois estes, no passo de tartaruga em que andam, não terão tempo de chegar a este estágio evolutivo.

Creio que, do jeito que vamos, não vai demorar muito para não passarmos de um nome vazio no MAPA MUNDI…