Jesus ainda está na mesa, numa luta de vida ou morte para salvar a humanidade de si mesma.

Jesus ainda está na mesa, numa luta de vida ou morte para salvar a humanidade de si mesma.

A fidelidade dos “demônios” uns aos outros é espantosa. Agora dá para compreender porque Jesus de Nazaré perdeu a luta contra a corrupção de seu tempo. E eu creio que Ele veio mostrar algo que a humanidade até hoje não tinha notado: o perigo não está no Planeta, está no coração dos homens. Em sua identificação com a Matéria, com o apego a bens e a poderes passageiros e venais, fonte maior que alimenta a CORRUPÇÃO da Moral e da Ética Verdadeiras. Sendo um Deus e senhor desta Galáxia, Ele, contudo, perdeu a guerra para os que foram a raiz dos atuais evangélicos. Mas deixou muitos seguidores que continuaram a pelejar nas mesas de negociação ou nos campos de batalha, onde rios de sangue de irmãos correm sobre a terra.

Se algum evangélico inocente me lê vai ficar todo arrepiado com o que digo. Mas, infelizmente, é verdade. O apego a bens materiais e à pantomima exagerada “em nome de Jisus” é de estarrecer. Foi a bancada evangélica que salvou a pele de Donadon e escandalizou para o Mundo a Casa dos Deputados.

Dois corruptos que se antagonizam. Um, batalha para se manter no poder, apesar de reconhecidamente criminoso. Outro, é protegido pelos seus pares "em nome de Jisus!"

Dois corruptos que se antagonizam. Um, batalha para se manter no poder, apesar de reconhecidamente criminoso. Outro, é protegido pelos seus pares “em nome de Jisus!”

Aqueles que ainda têm algum resquício de moralidade ficaram vermelhos de raiva, mas impotentes. O tal VOTO SECRETO é a arma mais forte dos corruptos que se acantonam nas duas casas legislativas e vai ser o diabo acabar com isto. Se o povo não voltar a ocupar o Congresso, por dentro, por cima e pelos lados, encurralando os patifes e os não-patifes lá dentro, metendo-lhes novamente o MEDO nos corações, a impunidade vai continuar firme e forte dominando nosso país. É agora que quero ver como vai ser. Jesus vai perder a queda de braço, Ele que é brasileiro? É o que veremos.

É de estarrecer a absoluta falta de caráter da bancada evangélica no Poder brasileiro. Se algum dos escolhidos pelos sectários, geralmente pobres e ignorantes, que foram cooptados pelos espertalhões que vendem “Jisus” a retalho, correr perigo de ser defenestrado “lá de cima”, imediatamente seus correligionários se unem e tratam de votar a seu favor, independentemente do crime que tenha cometido ou da repercussão negativa que o ato possa ter mundo a fora. Nunca vi um trabalho de condicionamento tão mais bem feito que o que os Pastores evangélicos levam a efeito em suas “ovelhas”. Certamente que B. F. Skinner ficaria de queixo caído, se ainda fosse vivo e viesse ao Brasil estudar estes espécimes satânicos.

E o Capeta (José Serra) oscula o Diabo (Silas Malafaia). Que dupla, cruzes!

E o Capeta (José Serra) oscula o Diabo (Silas Malafaia). Que dupla, cruzes!

Conheço dezenas de pedreiros, passadeiras, arrumadeiras, cozinheiras e um batão desta gente humilde que foram aprisionados nas malhas da pregação histérica cuidadosamente aprendida nas Faculdades de Teologia evangélicas pelos adoradores do Diabo (nas igrejas evangélicas fala-se mais do Demônio que de Deus). Muitos destes coitados venderam suas pobres casas, que levaram anos para conseguir construir, a fim de PAGAR O DÍZIMO À IGREJA. À mesma igreja que, quando eles estão na pior situação social possível, NÃO LHES DÁ NEM UMA MIGALHA DE ESMOLA. Se seus filhos adoecem, que morram à míngua às portas dos péssimos hospitais públicos, pois a esmagadora maioria das “quitandas da fé” não lhes prestará o mais mínimo socorro, mesmo que tenham permanecido anos preciosos de suas vidas pagando religiosamente o tal dízimo. E fico embasbacado quando ouço, de alguns deles, que o dízimo pago lhes assegura um lugar junto a Deus, quando morrerem e que é por isto que o Pastor não pode ajudá-los com seus sofrimentos na terra. Estes sofrimentos são a purgação de seus pecados e o pastor não deve interferir com eles. É o absurdo dos absurdos. E mais absurdo ainda é que em pleno Século XXI se mantenha o povo em tão baixo nível de instrução e informação, que se encontra entre ele milhares de inocentes ignorantes como estes. Aqui eu vejo que o Verdadeiro Jesus continua na mesa da queda de braço com o Demônio — O Mau Homem. E é aqui que eu torço intimamente, ferozmente, para que a Lei do Karma realmente exista e seja tão inflexível quanto possível. Só ela poderá deitar por terra o Demônio que se esconde nas Identidades mesquinhas, mentirosas e espertalhonas da maioria esmagadora dos pastores evangélicos.

Os corruptos cagam em nossas cabeças, pois a maioria de nós vive mergulhado no vaso sanitário da ignorância.

Os corruptos cagam em nossas cabeças, pois a maioria de nós vive mergulhada no vaso sanitário da ignorância.

Diz a Folha de São Paulo que “A repercussão negativa da decisão da Câmara assustou os líderes partidários e reacendeu a memória dos protestos de junho, em que manifestantes cercaram o Congresso e o forçaram a encerrar suas atividades em duas ocasiões”. Eu até creio que isto seja verdade, pois todo corrupto é, por natureza, COVARDE. Na hora do “sapeca Iaiá” eles tremem nas calças e fazem na latinha. Mas UNEM-SE como caroços de jenipapo nas fezes dos gulosos. Entre eles é totalmente verdadeiro o aforisma que diz que “a união faz a força”. E tanto é verdade que, escondidos e acobertados pelo aleijão constitucional chamado de “Voto Secreto”, literalmente DEFECAM em nossas cabeças. E a gente não pode enfiar um aguilhão bem enferrujado nos seus ânus… Que lástima!

Os brasilienses parece que se cansaram. Ou isto ou o medo à baderna dos infelizes adeptos dos “Black bloc” idiotizados pela incapacidade de pensar Brasil.

Eles, os brasilienses, não foram imediatamente às ruas, ao Congresso, para gritar contra a desfaçatez dos bandidos de colarinho branco que venceram esta rodada contra o nosso país. À sorrelfa certamente estão tomando champanhe para comemorar sua vitória covarde e mesquinha.

Mas “a luta continua, companheiros!” — que me perdoem os petistas por usar o seu bordão. A luta tem de voltar às ruas EM TODO O BRASIL. Os maus evangélicos têm de tremer de medo e vomitar de terror o champanhe que beberam, agora, em homenagem à vitória mesquinha contra toda a nação brasileira.

Quero ver os determinados cariocas e os corajosos paulistas de volta às ruas. Não apenas um punhado de teimosos, mas toda a cidade, jovens, idosos, homens e mulheres. Com cartazes que exijam a Moralidade no Congresso Nacional. Quero ler em todas as páginas de relacionamento uma união nacional dos brasileiros contra os traidores do nosso país.

Quero, enfim, ver os covardes tremendo e correndo para aprovarem a FORCA para seus próprios pescoços. E viva o Brasil! Abaixo a Traição!

.