A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO – XV YEHOSHUA, SEUS DISCÍPULOS E OS FARISEUS – Parte 2

Deixe um comentário

Ele andou pela terra da Palestina e fez grande arruaça; e perturbou o maior império de todos os tempos; e foi crucificado. Mas sua história é desconhecida até hoje...

Ele andou pela terra da Palestina e fez grande arruaça; e perturbou o maior império de todos os tempos; e foi crucificado. Mas sua história é desconhecida até hoje…

Yehoshua permaneceu em Nazaré por toda a semana. Por duas vezes pregou na sinagoga da cidade, sempre acompanhado pelo rabi Ezequiel, que o havia acompanhado durante a viagem para ali. Os dois conversavam muito animadamente e o rabi estava sumamente curioso sobre as técnicas iogues em que o Mestre treinava seus discípulos. Inclusive, incluiu seus jovens estudantes no grupo de exercícios, com a permissão de Yehoshua. Isto mostra que reinava paz entre o Mestre e os rabis farisaicos. Embora Yehoshua condenasse veementemente as Leis (que não pertenciam à Torá, mas eram escritas em livro à parte ou eram orais e transmitidas de boca a boca), ele não provocava senão alguns aborrecimentos em pequenos grupos de rabis mais afeitos à rigidez da obediência cega. No entanto, estes não o entregariam à sanha romana nem que fossem eles mesmos ameaçados da crucificação, pois todos, povo e religiosos, votavam ódio mortal aos romanos e seus costumes depravados e censurados.

Mais

A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO – XIV YEHOSHUA, SEUS DISCÍPULOS E OS FARISEUS

Deixe um comentário

Pacífico, ele não necessitava de armas para se impor. Nem as temia.

Pacífico, ele  se esforçou ao máximo para fazer entender que não são as armas humanas que criarão nações e lhes concederão a Liberdade.

Yehoshua caminhava sem pressa, o que não era seu costume. Vinha entretido com uma animada conversa com seus discípulos mais chegados – Judas Iscariotes e Pedro. João, a quem o Mestre sempre dedicara maior afeto, vinha atrás, também entretido em uma animada conversa com Tomé. Este, questionador e “pé no chão”, como ele mesmo dizia, discorria sobre o exercício de Yoga que Yehoshua lhes tinha ensinado. Dizia que não sentira nenhuma diferença em si, em seu corpo, durante a prática e, por isto, não acreditava que ele pudesse levar a qualquer resultado prático. Já o jovem João defendia ardorosamente o exercício e afirmava ter sentido muitas sensações estranhas durante ele. Naquele momento, à  altura da 4ª hora, quando passavam por um campo de milho cujas espigas já estavam no ponto de colheita, ouviram que alguém chamava pelo Mestre.

Mais

A PSICOLOGIA CONSTRUTIVISTA (II)

Deixe um comentário

Eis um processo interativo que pode ser visto tanto do ponto formista quanto do mecanicista.

Eis um processo interativo que pode ser visto tanto do ponto de vista formista quanto do mecanicista.

Bom, estamos de volta. Você viu que Pepper consegue identificar quatro hipóteses autônomas de apreensão do mundo psíquico humano: a) o formismo; b) o mecanicismo; c) o contextualismo e d) o organicismo.

No artigo anterior a gente viu um pouco do que é o formismo. Recapitulando, o formista tende a agrupar os fenômenos psicológicos percepto-cognitivos em categorias e estas compreendem duas grandes vertentes: a dos fenômenos similares e a dos fenômenos dissimilares.

Em ambas as vertentes os fenômenos são também classificados nas categorias agradáveis (ou sexuais) e desagradáveis (ou anti-sexuais). O resultado deste modo de apreender o mundo é que o formista entende os fenômenos como sendo puramente de causa material. Acreditam que as propriedades que possuem são intrínsecas e estáveis e, por isto, explica-os e lhes dá a capacidade de serem generalizáveis para todo e qualquer fenômeno igual ou semelhante, independentemente de quaisquer outras condições, sejam elas ambientais, psíquicas, temporais ou históricas.

Mais

TÔ KA MAKAKA

Deixe um comentário

Ele era tão rígido com o idioma que chegou a dispensar uma repórter que o entrevistava porque ela, paulista, só falava asneira. Quem era ele? O Presidente Jânio Quadros.

Ele era tão rígido com o idioma que chegou a dispensar uma repórter que o entrevistava porque ela, paulista, só falava asneira. Quem era ele? O Presidente Jânio Quadros.

Não estranhe não que eu ‘tô falando “paulistanês”. Todo dia de manhã tomo minha dose de veneno. É quando vejo o BOM-DIA BRASIL. Ouço cada burrada gramatical que dá nó nas tripas. Hoje, uma mulata que pensa que é bonita e, por isto, está sempre lá na telinha, lascou esta:  A escola, CREDENCIADA AO DETRAN…” Êta, pai d’égua! Saravá todos os santos do Candomblé! Acuda-me São Camões que o bicho tá solto!

Ô, idiota! Jumenta! Anta desbatizada paulistana! Cretina! Burra! Credenciar quer dizer habilitar; candidatar; capacitar. O verbo tem regência prepositiva com em,  e per+o (pelo). Assim, diz-se CREDENCIADO PELO DETRAN  ou CREDENCIADO NO DETRAN. Mas só uma anta batizada burrona paulista diz CREDENCIADA AO. 

Ontem, a mesma cidadã lascou estoutra: “CINCO DELAS estavam na rua”. Uma pérola de paulistanês, né não? Se seu ouvido já está assaz corrompido, então vou passar o espanador gramatical nele. HÁ UMA BAITA CACOFONIA nesta oração, ô sujeito! Coisas como CINCO DELAS; CASA DELAS; TAPA NELAS; PERFEITA DELAS e outras asneiras inomináveis que aparecem todo dia na REDE BOBO DE TELEVISÃO não deviam ser pronunciadas por quem tem o dever de falar corretamente. Não é à-toa que as Câmara de Deputados e Vereadores do Brasil estão entupidas de burraldos que, quando abrem as bocas, só dizem asneiras.

E TOME GLOBO!

Mais

VOTO ABERTO, VOTO FECHADO, VOTO EMPACOTADO… ENFIM, COMO VAI SER?

Deixe um comentário

"Irra! E agora, José Genoíno? Como é que vão te tirar dessa fria?!"

“Irra! E agora, José Genoíno? Como é que vão te tirar dessa fria?!”

Dando continuidade à peça bufa que, no final das contas, servirá para remexer o caldeirão da bruxa brasileira, os senhores deputados e senadores estão às voltas com o dilema: manter ou não manter o maldito voto secreto? Claro está que os ladrões de colarinho branco e os corruptos de carteirinha se esforçam e oram a “São Genoíno” pedindo-lhe que se mantenha de pé a qualquer custo, pois só ele poderá salvar-lhes as “mãos leves”. Só que São Genoíno está enroladinho, enroladinho com sua própria causa. Vai daí que…

Mais

E O BICHO TÁ PEGANDO PRO COITADINHO DO GENOÍNO, Ô XENTE!

Deixe um comentário

Eles não aliviaram pro lado do Santo Petista...

Eles não aliviaram pro lado do Santo Petista…

É… Os médicos formaram uma gangue sem-vergonha e não estão aliviando pro lado do “santo” Petista, para desespero de seus pares que, no Congresso, fazem de tudo para que ele se dê bem no final do imbróglio em que se meteu e termine zombando do “Bat-Man”. Você deve estar sabendo que os Congressistas, açulados e acossados pela nossa “Dama de Ferro Enferrujado” e seu partidinho safadão, à revelia do SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, mandaram fazer outro laudo médico de “São” Genoíno para aposentá-lo com um salário nababesco e mais todas as regalias que os distintos “safardanas” se deram durante estes poucos anos em que criaram nossa Carta Magna. Provavelmente foram médicos escolhidos a dedos pelos petistas, certos de que os fariam desdizer o laudo que seus pares enviaram para o Bat-Man Joaquim Barbosa.

Mais

OS POLÍTICOS SE PROTEGEM ATÉ DA JUSTIÇA. ÊTA CAMBADA BOA, SÔ!

Deixe um comentário

NOTA: A sétima letra do alfabeto grego, correspondente ao nosso E (pronuncie, pelo Amor de Deus, É e não Ê como querem os paulistas) chama-se ETA (com a tonicidade do E aberto). Por isto, a expressão “ÊTA” em nosso idioma deve levar o sinal diacrítico circunflexo. Mesmo que uma Lei idiota tenha eliminado esta sinalização, eu a mantenho porque discordo em prosa e verso do que foi feito. Dito isto, vamos ao que interessa.

O STJ decidiu que um político corrupto, uma vez recebida a sentença tramitada em julgado, tem seu direito ao exercício do cargo eletivo, deputado ou senador, imediatamente cassado. Mas não é assim que o Congresso entende isto. Ou é burro, ou é safado mesmo. Eu opto pela segunda alternativa.

Mais

Older Entries