Em todos os tempos, os ricos e poderosos sempre caíram através do triângulo púbico feminino. E o exemplo de que isto ainda é muito válido está com a moça ai em cima.

Em todos os tempos, os ricos e poderosos sempre caíram através do triângulo púbico feminino. E o exemplo de que isto ainda é muito válido está com a moça ai em cima.

Vá saber. No Brasil da atualidade nem sei se a gente ainda pode acreditar que isto exista entre nossos polititicas e a cambada de safados que apadrinharam, apadrinham e continuarão apadrinhando pelos séculos futuros… Isto é: se no futuro ainda existir este país chamado Brasil. Um país que não devia ter dado certo desde o princípio.

Eis que uma senhora chamada Vanessa botou a boca no trombone e o ladrão de terceiro escalão se ferrou. O peste vinha enchendo a burra imitando os Reis da Corrupção, “nossos” Polititicas, mas caiu no canto de sereia — a beleza física da moça (aliás, este canto só vai cessar quando o mundo deixar de existir). E sendo brasileiro, pavão por natureza e imprevidente por ignorância total e absoluta, cantou de galo e fez pose de pavão idiotamente. Aí, quando a paixão esfriou e o triângulo púbico da moça deixou de ser atrativo, ele, esquecido de que tinha sido bocudo demais, se ferrou. Ela dedurou as besteiras que o idiota fez e, por causa disto, a gangue toda se deu mal. Agora, a moça está perdendo o sono temendo ser mandada assassinar por um dos prejudicados. Bom, sua história, se terminar num cadáver mesmo, todo ferrado e abandonado num local qualquer, poderia fazer parte da série CSI-SP (a ser criada) na TV. Mas com o tempero americano, pois se colocar o tempero brasileiro vai haver beijação até enojar, esfregação até os machos molharem as calças diante da TV e tudo vai terminar em conto de fada, como acontece com as novelas da Globo. Todos se dão bem e tudo termina numa grande pizza de amor, fraternidade e confraternização. Amém. Arre égua!

Mas voltando ao nosso quotidiano, onde a corrupção de tanto ser apontada já está desbotadinha, desbotadinha, vamos acompanhar as declarações sem-vergonhas dos advogados títeres, que adotam a mentira e a desfaçatez como desculpa para cumprir seu papel de defensor do criminoso. Tudo bem que eles tenham garantido todo direito à defesa e procurem provar, através de seus advogados, que não são o que se acusa que sejam: criminosos. Mas os advogados, que de há muito deixaram de seguir os passos de luminares como Rui Barbosa, apelam logo para a rudeza do descaramento repulsivo: dão declarações absurdas, buscando contradizer na marra e no grito o que as provas cuidadosamente recolhidas pela Polícia berram como verdade. No presente caso, a moça dedo-duro já está sendo achincalhada pelo advogado de defesa do larápio que ela dedou. Com a maior cara de pau o advogado diz que nada do que Vanessa diz merece credibilidade. “Vanessa perdeu a guarda de dois filhos [um é de outro pai] porque não tem a menor condição de cuidar de crianças. Foi o juiz que disse isso.”Segundo Ricca, há relatórios médicos indicando que ela tem problemas psiquiátricos, entre os quais transtorno bipolar, e recomendação para que fosse internada, o que ocorreu.Na verdade, quando a jiripoca berra, o malandro afirma, como faz o da música: “eu não sei; nunca vi; isto nasceu aí”. Carrão na minha garagem? Não é meu. Apareceu aí por brincadeira de mau gosto de Papai Noel. “Motocona” de 5 mil cilindradas? Gente! Eu nem sei andar de moto! Lancha mais cara que a do Roberto Carlos? Meu Deus! Pobrezinho de mim! Eu não sei pilotar nem uma canoa, quanto mais uma lancha!”.

Ele também teve surtos característicos de Transtorno Bipolar. Mas ainda assim não deixou de ser um Deus...

Ele também teve surtos característicos de Transtorno Bipolar. Mas ainda assim não deixou de ser um Deus…

“Tudo é mentira da desgraçada dedo-duro. Eu juro em nome de meu cliente! Ele é mais inocente que recém-nascido. Tudo isso aí é armação da polícia. Meu cliente sempre foi absolutamente honesto e impoluto. Ele jamais roubou e vai provar isto ao povo. Tudo o que tem ele ganhou honestamente. Fez economia, ganhou na loteria e recebeu de herança de um parente lá da França e outro de Portugal. Gente que morreu há três séculos, mas deixou a herança através de testamento e isto vai ser provado… Ele jamais disse essa coisa absurda: ‘Eu sou corrupto. Eu sei roubar.’ Isto é coisa inventada pela mulher despeitada porque foi descartada pelo santo de meu cliente…” Eta capeta!

Uma pessoa que sofra de transtorno bipolar não é inválida para a vida do dia-a-dia. Ela não tem tendência à mentira contumaz. Aliás, a alegação do advogado em defesa de seu cliente “inocente” é uma faca de dois gumes, pois o transtorno bipolar afeta homens e mulheres igualmente. O transtorno bipolar geralmente tem início entre os 15 e 25 anos. A causa exata do transtorno bipolar ainda é desconhecida, mas ocorre com mais frequência em familiares de pessoas com histórico de transtorno bipolar (antigamente conhecido como transtorno Maníaco-Depressivo). Seu cliente pode apelar para esta desculpa afirmando que quando estava na fase maníaca cometia os atos criminosos por compulsão, logo, não pode ser preso por isto. Se alguém tem de ir em cana é o maldito Transtorno Bipolar, não ele. E a mocinha pode usar as palavras do advogado idiota e afirmar que ela também acusou o inocente quando estava na fase Depressiva. E daí? Ela ainda pode estar falando a verdade. A fase Depressiva apenas fez que mandasse à m… a cautela e o medo de perder a vida e soltasse a língua, com raiva porque não ganhou nada da fatia gorda que tocou ao maracutaieiro e seu ex-companheiro.

É… O advogado do sujeito tem de retornar aos bancos escolares, senão…

A título de esclarecimento para os que não sabem nada a respeito disto, as pessoas com transtorno bipolar do tipo I apresentam pelo menos um episódio maníaco e períodos de depressão profunda. Antigamente, o transtorno bipolar do tipo I era chamado de depressão maníaca. As pessoas com transtorno bipolar do tipo II nunca apresentaram episódios maníacos completos. Em vez disso, elas apresentam períodos de níveis elevados de energia e impulsividade que não são tão intensos como os da mania (chamado de hipomania). Esses episódios se alternam com episódios de depressão, quando se tornam misantropos e arredios. Mas em nenhum dos casos a pessoa perde seu senso de realidade. Pelo menos não, até quando mergulhe em profunda depressão, quando, então, se torna pessimista, descrente e pode tender ao suicídio.

Na população brasileira deve existir algo em torno de 15% do total com Transtorno Bipolar e, talvez, disso até mesmo o advogado do rapineiro sofra e não saiba. A característica de personalidade chamada de Ciclotimia está entre os abençoados pelo T.B, mas nem por isto são pessoas incapazes. Eu mesmo tenho Identidade caracteristicamente Ciclotímica. Nem por isto minha palavra merece menos crédito que a de qualquer outra pessoa, até mesmo aquela dos tradicionais “inocentes até que se prove o contrário”, os eternos maracutaieiros blindados pela Lei corrupta que nos rege a vida.

O certo é que a arraia miúda está sendo queimada para livrar a pele dos graúdos. Eles, apesar da grita da população, continuam mandando e desmandando à vontade. Há, até, os que, rancorosos e vingativos, usem do Poder que o Povo lhes outorgou para esmagar este mesmo povo com medidas retaliativas que os sufocam, como fez o Prefeito de São Paulo. Danado da vida com a grita justa da população, ele não contou conversa: aumentou escandalosamente o imposto predial, colocando muitos paulista em risco de perderem suas casas. Se a moda pega (e vai pegar, pois no Brasil tudo o que não presta, em se plantando dá) é tempo de se dizer: se segura Rio! E se segura qualquer Estado brasileiro, que os “Poderosos” vão cair matando sobre vocês. Têm de aprender que quem manda são eles. Eles são os senhores feudais modernos e para serem tirados lá de cima, só no tiro e na porrada.

Mesmo assim, não apoio os Black Blocs. Apoio, no entanto, o cidadão que tome da arma e atire na cabeça de político para retirar dele o voto que estupidamente lhe deu e que, agora, faz que sapateie sobre sua vida. POLITITICA BOM É POLITITICA MORTO. Esta é a grande verdade.

Ih! Se a moda pega, a temporada de caça a político vai ser deflagrada…

Tomara, gente. Tomara!