"Mas é fácil de entender a inocência dos Prefeitos. Ele é um só e seus subordinados são muitos!"

“Mas é fácil de entender a inocência dos Prefeitos. Ele é um só e seus subordinados são muitos!”

O descaramento, a desfaçatez e a pouca-vergonha dos polititicas e seus indignos advogados no “enrolar e procrastinar” os processos do tão cantado MENSALÃO DO PT é de estarrecer. Leio na FOLHA que: Advogados que atuam no caso entendem que é preciso relativizar os critérios para a apresentação desse recurso. A defesa do ex-vice-presidente do Banco Rural, Vinícius Samarane, diz que o STF não estava com os 11 ministros presentes em algumas partes do julgamento e por isso deveria haver a possibilidade de apresentação dos novos recursos mesmo em situações em que não houve quatro votos favoráveis aos réus. O advogado do deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP), por sua vez, diz que a decisão do Supremo na primeira fase do julgamento –quando foi determinada a perda dos mandatos dos congressistas condenados– foi apertada, o que viabilizaria a apresentação dos novos embargos. A defesa de Rogério Tolentino, ex-advogado de Marcos Valério –o operador do mensalão– apresentou um outro argumento. No julgamento do primeiro recurso questionado a condenação e o tamanho da pena imposta, apesar dos ministros terem negado o pedido, a decisão foi tomada por seis votos a cinco. Por isso, caberia o pedido de reanálise de sua condenação”E assim, de recurso em recurso, os patifes vão envelhecendo no MANDO, “fazendo e andando” para os eleitores que, mesmo burros de pai e mãe, ainda assim são os verdadeiros donos do PODER, pois isto lhes é garantido pela CONSTITUIÇÃO. Mas mais uma vez se comprova que, no Brasil, quando um Zé Ning ou um Abençoado da Deusa Fortuna é agraciado com a alavancagem partidária, nunca mais sairá do Olimpo da Sacanagem – A Polititica Nacional Brasileira. 

"Acertou em cheio! Eu, por exemplo, jamais vou ver o sol nascer quadrado!"

“Acertou em cheio! Eu, por exemplo, jamais vou ver o sol nascer quadrado!”

Quem vai conseguir meter na cadeia um “engravatado”? No Brasil, NINGUÉM. O que foi parar atrás das grades é tão-só boi de piranha. Um “aperitivo” para sossegar os Zé Nings. Um infeliz que não agradou a alguma cúpula partidária. Fora isto, os petistas e apaniguados que meteram a mão no pote de melado vão ficar do lado de cá das grades. E com eles muitos dos seus financiadores nas maracutaias descaradas, sem-vergonhas, imorais etc, etc, etc…

Pipoca escândalo em Prefeituras e em órgãos estaduais. O pessoal “arraia miúda” está desesperado se debatendo contra as “pinças de caranguejo” que a PF e o Ministério Público fecham em redor deles, haja vista o desespero dos fiscais em São Paulo, enricados à custa do erário paulista. Agora, vão amargar a roubalheira. Mas e o Prefeito? É SANTO! Ele jamais, em tempo algum, de modo nenhum soube que debaixo de sua arrogância governamental e, claro, de seu propinoduto descarado onde um dos canos, o de maior calibre, certamente, desaguou durante anos em sua conta bancária a arraia miúda se sevava à grande. A propósito disto, também na FOLHA, leio que O prefeito Fernando Haddad (PT) disse que a Controladoria Geral do Município encontrou dois novos esquemas de corrupção na administração de São Paulo. Segundo ele, há indícios de irregularidade também na cobrança de IPTU e na dívida ativa de devedores. Haddad não deu mais informações sobre os dois esquemas, porém, afirmou que parte do grupo acusado de cobrar propinas para a liberação de imóveis novos na capital está envolvida em um dos golpes. “Há indícios da participação de parte da quadrilha no caso de adulteração de endereços na cobrança de IPTU”, disse o prefeito.”

"Cumpãeiro, não esquece de mim. A estrela sou eu, tá legal?"

“Cumpãeiro, não esquece de mim. A estrela sou eu, tá legal?”

É fantástico como os Prefeitos SEMPRE aparecem de mãos LIMPAS. Isto não é mágica, cambada de bobocas. Isto é o PODER DO MANDO. Sabe como é que fazem? Vamos tomar, por exemplo, o município de Senador Canedo, aqui em Goiás. O Prefeito, ex-deputado federal, truculento e, dizem as más línguas e à boca pequena, assassino a mando, admite 90% do pessoal da prefeitura como CONTRATADO. Quase ninguém é CONCURSADO. Então, com os pobres nas garras, ORDENA VERBALMENTE que eles cometam todos os tipos de crimes que lhe favoreça a maracutaia grossa. Mas quando a PF esteve lá e andou dando sua primeira fuçada no poço de m…, o Prefeito estava (por enquanto) limpinho, limpinho. Como todos os seus cupinchas, ele não assinada nada. As ordens são verbais e como é truculento e se diz a boca pequena que costuma mandar matar seus desafetos, os empregados, ainda que sabendo que estão colocando a corda no pescoço, são obrigados a fazer o que lhes é ordenado, pois além de correr o risco da perda do “galho” (o empreguinho, que só tem garantia por 4 anos), suspeitam que também podem correr perigo de vida. E se é assim aqui, que é um Município pequeno, que dirá num Município como a cidade de São Paulo. No Tocantins a música é a mesma: concursado? NÃO! Contratado? SIM!!!

Todo mundo sabe disto. Todo o Sistema de Justiça sabe disto. Mas só quando a Imprensa põe gasolina no braseiro e as labaredas surgem é que se corre para tentar manter o fogo restrito apenas àquele Município, senão…

"Te prepara que eu tô de olho em ti!"

“Te prepara que eu tô de olho em ti!”

Gente, ontem eu levei um susto daqueles. Sonhei — se é que foi um sonho, pois a coisa era tão real e palpável que quase uma hora depois eu ainda estava com a sensação de que minhas visitas estavam dentro do meu quarto — que uma mulher, que eu conhecia e que já está do lado de lá, acompanhada por uma sombra gigante, que me parecia um tremendo zumbi magrela, mas não posso garantir isto, vieram até minha cama e me cutucaram. Quando abri os olhos a mulher me mandou sentar e disse: “Preste atenção que é sério. Não pense mais em automóvel, nem em moto, nem em implante dentário. Você não tem mais tempo para isto. Está perto de vir para o lado de cá”. Eu, então, assustado, perguntei: E para quando é isto? Quando é que vou?” Ela me respondeu: Breve. A data não sabemos, mas sabemos que é breve. Ponha tudo em ordem. Quite suas dívidas. Esforce-se para zerar tudo, pois vir para cá devendo, mesmo que seja dinheiro, não é nada bom. Perdoe quem lhe ofendeu e faça isto de coração. Venha sem rancor. Venha sem raiva de ninguém. E foi aí que eu acordei com o coração aos pinotes. Pois bem, ainda agora, quase dezesseis horas depois, sob o efeito nada agradável da recordação daquela “visita”, não consigo deixar de me revoltar com o que leio nos jornais e assisto na TV. E isto me mostra o quanto estou preso a este mundinho danado de ruim e podre. Eu bem que gostaria de ler e ouvir o que leio e ouço sem me abalar, sem me emocionar e me revoltar, mas não dá. São sete décadas dentro das quais durante muitos anos eu lutei contra os corruptos que me atacaram. Não ganhei nada, materialmente, pois eles morreram ricos e eu continuei aqui, mourejando como um burro de carga. Mas ao acompanhar os descaminhos políticos dos polititicas brasileiros não consigo deixar de me revoltar. Que Deus me perdoe, mas vou passar ainda sob o impacto desta revolta, tenho certeza. E isto me preocupa de verdade.

Esta figura encarna à perfeição o pensamento e o "way of live" do Governo Secreto que age dentro da América do Norte e é desconhecido pelos cidadãos americanos.

“Eu quero tudo o que é teu. Inclusive tua vida!”

A Luta do Bem contra o Mal está a Pleno Vapor no ASTRAL. E aqui embaixo a gente vê claramente o reflexo disto: Polititicas X Povo. Este último, ainda que seja o dono, não usufrui do que é seu. E isto, graças a ele mesmo, visto que VOTOU IRRESPONSAVELMENTE em quem não prestava, não presta e vai morrer não prestando: o POLITITICA.

Não sei se meu “sonho” foi resultado dos desacertos que passei a sofrer desde que arranquei fora minha vesícula. Mas seja como seja, eu não desejo a ninguém que receba uma visita como a que recebi. A gente desperta sem sentir o chão sob os pés. E quando há uma advogada na família, que, ao saber de seu sonho, pinta um quadro apavorante do que vai cair sobre quem fica, se o desgraçado partir desta para o outro lado deixando dívidas com bancos, aí mesmo é que o chão foge de debaixo dos pés. É horrível! Até agora não sei dizer quem mais me fez mal: a visita ou a advogada.

E neste momento, quando vou encerrar o artigo, meu diabinho, gargalhando, me sussurra ao ouvido esquerdo: “Deseja para os polititicas que recebam, ao menos uma vez por mês, a visita dos dois que te vieram azucrinar com a notícia macabra. Talvez eles endoidem de vez e, assim, abandonem o osso!”

Sei não. Esse osso aí é danado de gostoso…