Dilma: "Te segura, Collor, que aí vem bomba!"

Dilma: “Te segura, Collor, que aí vem bomba!”

Este artigo é escrito em preto para indicar que o Brasil está de luto. Os polititicas dos partidos malditos PMDB, PT e PP (logicamente que os associados PSDB, DEM etc… buscam um buraco para se enfiar e não serem pegados pela PF) estão fazendo fila na porta dos banheiros da “Grande Caverna dos Ladrões de Colarinho Branco” depois que a PF (sempre a maldita) resolveu mexer onde não devia (do ponto de vista deles, não dos brasileiros que levam ferro todo dia). No escândalo PETROBRÁS, onde o Brasil estava sendo sangrado violentamente pelos vampiros brasileiros (entre os quais, vejam só, o desgraçado do FERNANDO COLLOR DE MELO), todos os bandidos da Caverna do Alibabá chamada Legislativo (que de há muito perdeu sua função – LEGISLAR) fazem fila para despejar o medo verde-amarelo dos covardes que, nas sombras da IMPUNIDADE atacam gulosamente a única ESTATAL do Brasil que o quarteto satânico PMDB/PSDB/DEM e, agora também, PP, não tinha conseguido vender para os estrangeiros. Sim, a pantomima da PRIVATARIA não foi levada a efeito com a PETROBRÁS, mas foi melhor, muito melhor, principalemente para o PTzão da VOVOZONA, pois têm muito maior lucro roubando mês após mês os cofres da Empresa.

Jovens incendiários de ônibos presos no Rio. O que há por baixo desta violência tem muito haver com o sistema de construtos da sociedade relativamente às políticas públicas.

Eles trabalham duro e, ainda assim, não recebem o respeito da Lei. Por que? Ora, eles não são “Colarinho Branco”.

E a nós, os Zé nings, os que realmente trabalham duro neste país de ladrões de todos os tipos e naipes, o que nos cabe nesta ópera vampiresca? NADA, exceto, é claro, a volta da INFLAÇÃO a todo vapor. Os ladrões nacionais e estrangeiros (afinal, diz-se, o Brasil tem coração de mãe, principalmente para os ladrões estrangeiros e as montadoras, sem as quais São Paulo quebra e leva tudo de roldão consigo) meteram as mãos no melado petrolífero com a gana de sempre. ROUBARAM até não poder mais. Agora, sofrerão a pantomima da INVESTIGAÇÃO e da exposição de suas caras à Nação, já tão calejada de tantas caras safadas. É lógico que, onde impera a impunidade máxima e totalmente sem-vergonha, nenhum deles levará qualquer prejuízo. Do montante surripiado a todos nós, os apáticos nacionais, depois de uma peça bufa bem representada, onde até o SUPREMO terá ativo papel no palco da vergonha nacional, eles devolverão somente dez por cento do que roubaram (os nacionais, pois os estrangeiros, dos quais o PTzão se caga de medo, receberão o benefício da delação premiada e sairão com toda a grana nos bolsos, ou melhor, nos cofres bancários no estrangeiro) e o país (diga-se, os LADRÕES EMPOSSADOS) dar-se-á por satisfeito e, como são eles os que mandam (e desmandam) aqui, tudo ficará por isto mesmo.

"Não esqueçam de mim! Eu estrou no palco, desta vez. E sempre estarei, prometo!"

“Não esqueçam de mim! Eu estrou no palco, desta vez. E sempre estarei, prometo!”

Todos vamos deitar no dia seguinte ao final da representação bufa, a maioria esmagadora acreditando que se fez justiça, satisfeita com a devolução dos 1o por cento, sem se dar conta que mesmo estes desaparecerão logo a seguir em algumas contas dos “empossados”. Caraca, meu, o Brasil me dá vergonha!

E toda esta movimentação, toda esta exposição da merda nacional que eles nos cagam nas cabeças, servirá para quê? Não me venha dizer que servirá para a moralização da POLITITICA NACIONAL BRASILEIRA. Quem pensa assim ou é alienado total da realidade podre que vivemos, ou é cínico até as raias da incensatez. Em ambos os casos tal pessoa não pertence ao Brasil.

Esta movimentação é, toda ela, sem exceção, voltada para que uns poucos se apresentem no palco da roubalheira como “os bonzinhos”, ainda que de faz de conta. E por que? Ô, alienado patriótico, é que aí vem o “Dia da Liberdade Democrática Nacional Brasileira”, quando você e a juventude idiotizada pelo PTzão, irão com bandeiras vermelhas e a estrela branca que chora por ser tão insultada, reeleger a quadrilha toda novamente.

"Nossa" PETROBRÁS está assim: adernando. Quando, finalmente, será afundada? Pergunte aos polititicas: eles sabem a resposta...

“Nossa” PETROBRÁS está assim: adernando. Quando, finalmente, será afundada? Pergunte aos polititicas: eles sabem a resposta…

A PETROBRÁS fica desacreditada, mas o que importa? Depois do GRANDE DIA, quando todos os patifes serão novamente referendados por um povo absolutamente imbecil, os larápios de sempre correrão para se rearrumarem e logo, logo, a empresa voltará a ser dilapidada, pois onde político mete a mão APODRECE. Nenhum partido quer depor a Vovozona, pois ela é mesmo uma vovó de corpo e alma e criará tantos quantos necessários Ministérios sejam para doar de presente aos insaciáveis ladrões de colarinho branco. Afinal, gente, o brasileiro é o escravo mais produtivo do mundo. Se não acredita, veja o que pagamos em apenas três meses em impostos escorchantes (e sem espernear).

“Criança, não verás nenhum país como este”. Ele não sabia que dizia uma grande verdade… Não no sentido que desejava, mas no sentido “oculto”, pois não há país mais adepto do “ocultismo” do que o nosso.

E Orozimbo me pergunta se eu deixei de escrever sobre a polititica. Como? Ela nos invade até nos pesadelos, não é não? Vamos ao vaso sanitário e de lá de dentro vem a gargalhada macabra dos polititicas reunidos em “Comissões” que visam acima de tudo dilapidar o Brasil.

É assim em qualquer lugar do Brasil. Por que não exigimos que os de colarinho branco viagem assim, todo dia? Talvez fizessem algo para melhorar o transporte coletivo.

É assim em qualquer lugar do Brasil. Por que não exigimos que os de colarinho branco viagem assim, todo dia? Talvez fizessem algo para melhorar o transporte coletivo.

Entramos nos ônibus escangalhados, entupidos, calorentos, fedorentos, quebrados por todos os lados, e na barulheira dos ferros e dos vidros nos chegam as gargalhadas de escárnio dos patifes entronados eternamente no PODER do Brasil.

Viajamos pelas estradas brasileiras e delas nos miram os olhos vazios dos buracos que representam a cegueira propositada dos polititicas que descuram sem-vergonhamente das estradas pelas quais pagamos uma baba e, ainda assim, vamos pagar mais ainda com as “privatarias” de nossas rodovias. E ninguém reclama…

Estamos em casa, descansando e pensando que estamos a salvo e eis que o DETRAN adentra nossa intimidade com multas que nem de longe a gente fez por merecer. A gente vai reclamar e ouve de seus funcionários: “você pode até tentar, mas não vai adiantar. Terá de pagar queira ou não”. Ou seja, para os DETRANS do Brasil, o brasileiro é, antes de tudo, um criminoso (exatamente o contrário do que afirma a Constituição).

Como esquecer da POLITITICA NACIONAL BRASILEIRA? Impossível.

Abrimos qualquer revista, mesmo as pornográficas, e em algum lugar está uma notícia, nem que seja uma pequena chamada, sobre algum patife de colarinho branco.

Ligamos a TV (no Brasil, para quem ainda não está sob o jugo do Evangelismo sem-ética e sem-vergonha, só temos INFELIZMENTE a TV  GLOBO, sempre vendida aos que estão lá em cima). E o que ouvimos? Os repórteres se esforçando para privilegiar os que estão no Poder, custe o que custar. A TV Globo é sempre comprometida com quem pode mais.

Não, gente, não dá para que eu me esqueça da POLITITICA NACIONAL BRASILEIRA. E como se não bastasse, revistas e noticiários ainda nos servem de bandeja, os patifes “lá de fora”.

É mole ou quer mais?

Pra mim, chega, por enquanto. Vou respirar que já estou-me sentindo envenenado pelo petróleo…