"Aproveita e me esquece. A mim e aos meus queridos filhos Dilma e Lula, que você insulta a mais não poder só porque querem o bem de CUBA que, no passado, eu destruí."

“Aproveita e me esquece. A mim e aos meus queridos filhos Dilma e Lula, que você insulta a mais não poder só porque querem o bem de CUBA que, no passado, eu destruí.”

Que tema abordar? São tantos que nem sei qual escolher. Por exemplo: a esculhambação PTralha é tão grande que os bolsistas brasileiros que estudavam no Canadá e na Austrália foram orientados a “racionar comida”. Além disto, muitos tiveram suas bolsas suspensas numa confusão danada devido à má organização dos Petralhas. Os coitados, alunos do Ciência Sem Fronteiras, terminaram sendo obrigados a retornar ao Brasil perdidos e desrespeitados pelo CAPES.  Em São Paulo, mesmo com as torneiras pingando água de dois em dois dias (ou mais), o novo Secretário de Saneamento e Recursos Hídricos afirma que não vai haver racionamento de água no Estado. Pudera! Não há mais água que racionar!  A crise preocupa o Alkimin não porque o povo esteja sofrendo, mas porque ela vai ser explorada por seu adversário para “cair matando sobre ele” na lenga-lenga vagabunda do Horário Obrigatório na TV, a que ninguém mais presta atenção. Que merda! Aguenta, paulista! Atrás vem mais! Do outro lado do melodrama amargo que é a maldita saga petralheira no Brasil, o Cachaça salta de banda e se espreme contra a parede para, finalmente, resolver dar um basta no tal movimento “Volta Lula”. Ele não é besta de sentar na Cadeira Quente de novo, para remendar os estragos que sua distinta protegida, a Aloprada do Planalto, fez nestes 4 anos de des-mando governamental. Além disto, já enricou para três encarnações e tornou ricos seus parentes. Para que retonar ao inferno?

"Arre diabo! Ele se lembrou de mexer na ferida, de novo!"

“Arre diabo! Ele se lembrou de mexer na ferida, de novo!”

E há o previsível fiasco da Copa do Mundo de Futebol. Planejada para ser o trampolim invencível do PT para a renovação do Des-governo da Aloprada do Planalto, a danada tanto fez junto com os descabeçados chefes de gangues petralhas que sua populardade despencou pra valer. Até no reduto mais forte dos petralhas, a CUT, há muitos que estão andando de lado, quando ouvem o nome da velhota. Na verdade, a Aloprada do Plantalto não tinha que estar lá em cima. Devia, isto sim, estar freqüentando uma “chaise longue” de psicanalista há anos para ver se consegue safar-se do ódio que a envolve dos pés à cabeça. Pior, devia obter do seu psicanalista que a livrasse da doutrinação hipnótica sobre a filosofia comunista, que dirige seu pensamento. O que ela está fazendo com nosso país segue à risca o que foi ditado por Lênine ou sei lá por quem. O certo é que para impor o comunismo a besta comunista orienta que o pretendente deve liberar a inflação; desorganizar o serviço público; abandonar o povo à própria sorte, principalmente os da classe média, os que pensam de verdade; endividar o país e fazer que perca a confiança internacional. Deste modo, quando o país estiver no fundo do poço, fica fácil fazer que adotem o Partido como a única salvação. Então, é hora de lançar o país na guerra, pois é dos escombros que nascerá uma nação realmente Socialista, sem frescuras democráticas etc, etc, etc…

"NÃO, NÃO, NÃO, NÃO, NÃO!  Não ei de nenhuma cartilha com tais diretrizes. Eu faço isto porque sou criativa. Eu sou a Tal, demônios!!!"

“NÃO, NÃO, NÃO, NÃO, NÃO! Não sei de nenhuma cartilha com tais diretrizes. Eu faço isto porque sou criativa. Eu sou a Tal, demônios!!!”

A Aloprada do Planalto acredita piamente que é assim que imporá o Socialismo troncho no Brasil. Ela até parece desconhecer que aqui a miséria não vinga, pois a terra é rica e nela em se plantando tudo dá. No entanto, as porcarias aqui plantadas, como o PT, sempre se desmancham em nada porque não encontram guarida no coração dos brasileiros. Por isto é que este país, que tinha tudo para não dar certo (leiam o excelente livro 1822), deu e continua dando. Não há como fazer um continente curvar os joelhos diante de uma “meldinha de nada”, encastelada num palácio totalmente vulnerável no meio do Planalto Central, e mal-querida pela maioria que pensa. Logicamente que a “meldinha de nada” conta com o jogo sujo dos Partidos Políticos e sabe que os votos são manipulados descaradamente por eles. Não é aquele em quem o brasileiro votou que será eleito, mas aquele que garante verba pública para as agremiações partidárias. Assim, as caras dos polititicas que são apresentadas na TV e nas maquinhinhas imorais servem tão-só de iscas para os ignorantes eleitores do Brasil. Eles vão às maquinhinhas safadas pensando que estão votando naquele sujeito, quando, na verdade, estão cedendo ao Partido político ao qual o sujeito está filiado, o direito de determinar para quem aqueles votos serão computados. Assim, jamais, pensam os aloprados do Brasil, eles serão retirados lá de cima, pois são eles, os”cobras-criadas” os que sabem direitinho como meter a mão no melado com a maior cara de pau. Quem duvida espere para ver. Genoíno e curriola logo, logo, estarão de volta ao Castelo de Bandidos Engravatados, a Casa Legislativa brasileira, que só legisla em prol dos criminosos. Haja vista o imoral Código Penal que eles bolaram e no qual não vão mexer nem que a vaca tussa. Ele garante a impunidade para todo e qualquer bandido… Perdão, cidadão “trabalhador” das comunidades cariocas, tanto quanto do Paraíso do Planalto, livrando-os da desgraçada e infame Polícia. Ele garante que nem todos os brasileiros sejam iguais perante as Leis. Principalmente se são de “colarinho branco”. Perguntem aos petralhas, se duvidam de mim!

"Olha eu aqui de novo! Eu sou a salvação do Brasil, gente. Acreditem no meu partido. Ele é ótimo!"

“Olha eu aqui de novo! Eu sou a salvação do Brasil, gente. Acreditem no meu partido. Ele é ótimo!”

Não, não. Chega de dar cartaz aos aloprados do Planalto. Eles, uma vez que são maus, por si se destruirão. Não foi isto o que disse Aquele que é tido por Único Filho de Deus?

Mas sobre o quê vou escrever, se a vedete do momento, em todos os pasquins, jornais sérios e revistas mais ou menos não comprometidas, é justamente a Vovozona, agora promovida a Aloprada do Planalto? Cara, desde de manhã que penso em outro tema, mas nenhum me cativou. Eu estou tão fissurado na torcida para que a Aloprada e seu Tutor, o Cachaça, levem a breca, que não acho nenhum tema que me inflame mais. Nem a história da guerra do Jenipapo, nem a saga de Yehoshua, nada. Só tenho olhos para o drama que vivemos e no qual, contra minha vontade, estou mergulhado. E quanto mais se aproximam os tais jogos da Copa, mais cresce minha expectativa. Torço, e torço muuuuiiiitooooo para que dê tudo errado. Mesmo os desmiolados torcedores brasileiros que se deixarem vencer pela tentação do quadrilátero verde, é minha torcida, não desanimem de mandar ver na grita contra os desmandos sem-vergonha do des-Governo atual. Eu torço imoralmente para que o Brasil seja eliminado logo de saída. E que seja pelos espanóis, país que nos tem insultado até as raias do absurdo, quando desgraçadamente somos obrigados a pousar em seus aeroportos.

Vai ser a glória, gente! Já pensou o Maraca silencioso enquanto Neimar e Cia levam aquela lavada de 5X0 dos espanhóis? Nem precisa ser no jogo final. A turma de fissurados vai soltar o diabo ali dentro mesmo. E vai ser delicioso ver a porrada comer solta nas oiças dos estrangeiros aparvalhados com a selvageriam que explodirá na platéia revoltada. E nas ruas? O PCC vai lavar a égua! Não terá polícia que consiga sustar a ação dos bandidões mais perigosos do Brasil e que concorrem com outras gangues para conseguir a taça de os maios danados da América do Sul. Onde estará escondida, então, a “nossa” Aloprada?

Um doce para quem acertar o lugar…