Nisto desapareceu dinheiro destinado a hospitais, escolas, infraestrutura, segurança etc... Quem se importa?

Nisto desapareceu dinheiro destinado a hospitais, escolas, infraestrutura, segurança etc… Quem se importa?

A COPA está bem aí, na varanda da casa ou do prédio de apartamentos de todos os brasileiros. Os movimentos sociais arrefeceram bastante, apesar dos grevistas que, isolados e ensombrados pelo fantasma das “Arenas”, nada se vê do que se dizia há dois meses atrás. O “Não vai haver Copa” está fraquinho, fraquinho. Dificilmente, nem com a ajuda de São Francisco de Assis, eles conseguirão alguma coisa, pois todo o país mergulhou de cabeça no fascínio dos pés dos que calçam chuteiras. Lulaça está vencendo. A Aloprada do Planalto está espadanando água fora da banheira como pode, tentando por todos os meios captar votos e recapturar a confiança já tão esgarçada dos que, antes, achavam os PETRALHAS a salvação da pátria.

"Tô em queda mas vou ganhar. Vocês não vão se livrar de mim, gentalha!"

“Tô em queda mas vou ganhar. Vocês não vão se livrar de mim, gentalha!”

Leio na Folha de São Paulo que “A nova rodada do Datafolha mostra que o que cresceu de forma notável entre maio e agora foi o total de eleitores que não sabem em quem votar, de 8% para 13%. Além disso, outros 17% afirmam que pretendem votar nulo, em branco ou em nenhum dos candidatos apresentados“. Eu já disse aqui e repito: não anulem seus votos nem votem em branco. Os espertos polititicas fizeram a Lei das Eleições de tal modo que VOTOS NULOS E VOTOS EM BRANCO não fedem nem cheiram na contagem final. É como se, hoje, seus donos tivessem cometido suicídio já há dois anos e ninguém mais se lembrasse nem mesmo de como era seu rosto naquele tempo. Não votar ou anular o voto ou votar em branco VAI REFORÇAR O POLITITICA CONTRA O QUAL O NÃO VOTANTE deseja exarar seu descontentamento. É abandonar a corrida e ser esquecido logo na primeira curva.

NÃO ANULEM O VOTO NEM VOTEM EM BRANCO. Também não deixem de votar. Votem no que tem somente 1%, pois este nunca irá ganhar, mas pelo menos seu IBOPE  crescerá e o resultado, aí sim, vai preocupar os bandidões de nossos covis de ladrões: os Partidos Políticos.

Diante do vício a Vontade humana é fraca. E futebol é vício nacional brasileiro. Os crânios dos PETRALHAS trabalharam muito bem e tiveram uma sacada de gênio: trazer a Copa para o Brasil, mesmo sabendo que este nunca estaria pronto para recebê-la. Azar para os Tucanos que jamais pensaram nisto. Pudera! Eles se julgavam a elite das elites. Mas, como diz o “velho deitado”: “quanto maior a coisa, maior é o tombo”. E o tombo já está surgindo, com caciques dos elitistas se vendo às voltas com os tentáculos da Lei. Mesmo sendo um lamaçal nunca dantes visto no mundo, nossas Leis ainda conseguem infernizar o sossêgo da “elite”.

Neste momento os brasileiros são como o convidado tímido que após o primeiro copo da “marvada” já está zonzo e dizendo besteira. Pois bem, é o que se vê de Norte a Sul. Todos embriagados pelo vinho da Copa, mesmo conscientes de que a garrava deste vinho foi enchida com bilhões e bilhões que jamais retornarão ao Erário Público.

Mas é o Brasil e, como já disse o sábio missivista de Cabral, “aqui, em se plantando, tudo dá”.

E dá até dor de cabeça nos Zé Nings, os únicos que têm o privilégio de ver e interagir bem intimamente com as belezas naturais do Brasil que eles, por pura estupidez e ignorância, vão destruindo na medida em que entram em contato com elas. É poluição a mais não poder. E o que era bonito fica feio e de feio passa a horrível e insuportável.

Mas é Brasil e aqui se plantou a pior escória européia que podia chegar por estas plagas lá pelos idos de 1500…

Que pena.