"E daí que eu sou amado pelos pé-rapado? Sou populista, comunista e socialista. Tudo de araque, mas sou, ué!"

“E daí que eu sou amado pelos pé-rapado? Sou populista, comunista e socialista. Tudo de araque, mas sou, ué!”

Vermelho-vergonha, a mesma coisa que vermelho-PT, visto que este maldito Partido Político escrachou nosso país até onde nem era possível imaginar. Será que o Luís Inácio “Lula” da Silva não se peja de pertencer à cúpula de um Partido Político prenhe de criminosos abjetos da mais imunda escória do Mundo? Sim, pois os filiados a partidos políticos e os que exercem o Poder através do voto da nação e que se entregam a dilapidar o dinheiro do Erário PÚBLICO, isto é, que pertence a todos nós que ajudamos a formá-lo para que seu dinheiro seja empregado em nosso benefício, não podem receber outro tratamento que não o de LADRÕES ANTI-PATRIÓTICOS. Malditos sejam todos eles. Todos os que, assenhoreando-se da cúpula dos Partidos Políticos deste imenso país, enxovalham-nos e os aviltam de modo abjeto. Não há como gritar contra esta imundície. Fora Lula! Fora Dilma! é pouco. Pouquíssimo mesmo. Devíamos gritar a plenos pulmões FORA PARTIDOS POLÍTICOS! Pois nenhum, absolutamente nenhum dos que aí estão, presta para nada, senão para serem todos atirados na mais profunda cloaca do mundo.

O “affaire” Petrobrás ainda vai jogar lama na bandeira do Brasil por mais dois ou três mandatos, podem ficar certos. Há tanta fedentina, tanta podridão por debaixo desse cadáver nacional que três mandatos petistas foi pouco para se levantar ao menos a ponta da lona que maus políticos jogaram sobre o CRIME ORGANIZADO no nosso Brasil.

E desgraçadamente os Zé Nings mendigos reelegeram a Aloprada do Planalto “traveis”. Mais quatro anos concedidos aos bandidos nacionais brasileiros para ajeitarem as coisas e deixarem tudo pronto para quem quer que seja o próximo a sentar na cadeira quente. PSDB, PP, PMDB, PC do B, PCB, PUTA QUE PARIU e vai por aí, seja lá quem seja o próximo desgraçado com toda a certeza não mexerá uma única palha para varrer a poderidão que há séculos assola esta terra de ninguém.

Provavelmente será GERALDO ALKIMIN o próximo candidato a sentar a bunda polititica na Cadeira Quente brasileira. Dentre todos, ele é quem tem maior chance de alcançar tão enorme poder sobre nossos destinos. Logo ele, que de há muito vem esculachando São Paulo. Mas os paulistas e paulistanos são useiros e vezeiros em escolher maus políticos para os guiar. E, infelizmente, quem tem aquele “curral eleitoral” gigantesco, tem quase 50% de chances de chegar “lá em cima”, para nos jogar “cá pra baixo”.

Vergonha! Continue lendo em

http://lavsiro1.wix.com/pensando-bem.