Para onde vamos sendo conduzidos?

Para onde vamos sendo conduzidos?

Nosso Brasil está no sufoco. E não é somente político, não. É verdade que o petrolão estarreceu o mundo todo. Mesmo a França, cuja História é prenhe de lances macabros, com muito sangue derramado atavés de manobras levadas a cabo por detrás das coxias da História, nem de leve se aproximou, mesmo em seus períodos mais negros, da avassaladora onda de Crimes de Lesa-Pátria e de Traição que por aqui se comete depois que os militares entregaram o Poder de volta às mãos dos “coitadinhos” que tinham sido cassados por eles.

Ninguém mais sabe quem é pior: o polititica venal, que vendeu sua consciência e o país junto com ela a troco de alguns milhões de reais, ou os empresários praticantes do Neoliberalismo com seu Mercado Selvagem, Destruidor, Desumano, e Perverso até os cornos de Belzebu. Sabemos tão-só que depois do Lulaça Cachaça e seu horrível PT, nosso país tornou-se um leproso fétido, com o corpo de seu território explodindo em pústulas de corrupção por todos os lados. E quando a Polícia Federal decidiu mexer nestes ninhos de vibriões coléricos políticos, descobriu que onde havia um destes ninhos, também sempre havia um êmulo do PT embrulhado na História.

Mas tinha de ser um negro a me sacanear? Que sorte ingrata, meu PT, que sorte ingrata!"

“Ai meu Deus! Que confusão! Por que simplesmente não me deixou dirigir?”

Lulaça e sua afilhada, a atual Aloprada do Palácio, afirmam de pés juntos que se a PF anda mexendo na latrina chamada “brasil” é porque o PT açambarcou o Poder. Se no lugar deles, Lulaça e Aloprada, tivéssemos eleito adversários oriundos de quaisquer dos quatro horríveis e diabólicos opositores (PMDB/PSDB/PP/DEM) dos santos petralhas, as pústulas brasileiras continuariam ocultas; os roubos continuariam a acontecer; e o Brasil continuaria a ser entregue de bandeja aos gananciosos internacionais até que nem um grão de areia deste imenso torrão sobrasse para os brasileiros. Ninguém mais sabe em quem acreditar, pois, a bem da verdade, quando uma pústula gigantesca, como é esta do petrolão, é sarjada pela PF, sai polititica de todos os partidos correndo pra todo lado e buscando qualquer brecha para se esconder dos holofotes da maldita Imprensa que, infelizmente até agora, a Aloprada não conseguiu amordaçar.

A par com o descontrole político (e polititica) que nos assola, estamos encarando outro bem mais ameaçador. Este, vem da Mãe Natureza. A chuva não cai onde é necessária urgentemente, deixando os reservatórios secando assustadoramente. Toneladas de peixes morrem da noite para o dia, graças a medidas desastradas da má administração pública, em desespero com a urgência de abastecer metrópole como São Paulo. Retirando a lama que restou em algum reservatório para suprir a lama que ainda resta em outro, os péssimos administradores públicos não pensaram nos peixes que ainda lutavam por sobrevivência no que lhes restava de água. Resultado: não podendo passar pelos canos que lhes roubava a água lamacenta onde ainda viviam, entulharam-se nas bocas das tubulações e ali ficaram com suas escamas a brilhar ao sol, num espetáculo dantesco. Eles são o aviso de que a Fome aproxima-se a galope deste povo que tinha as terras mais férteis e os rios mais psicosos do mundo.