Cientista Político Carlos Melo.

Cientista Político Carlos Melo.

O Cientista Politico Carlos Melo foi o autor da frase. E ele está coberto de razão. O povo brasileiro não foi às ruas pedir que se faça uma Reforma Política. Ele foi às ruas gritar contra a corrupção e reclamar pelo país prometido pela Dilma Rousseff durante a campanha eleitoral para prorrogar sua estada no Palácio do Planalto, mas que, após obter esse direito, deu-lhes de presente um país totalmente contrário; aquele que seu marqueteiro mandou que ela dissesse que seria o país oferecido por seu oponente no pleito. Um país quase falido, onde, descobriu-se, o partido que lhe dá sustentação destacou-se como o maior ladrão dentre os ladrões que estão encastelados no Planalto Central.

Mas devo ser justo. Dilma nunca disse que era petista. Aliás, até onde se sabe, ela apenas aceitou, primeiro: trabalhar com o partido; segundo, o convite que lhe fez Lula para ser sua candidata prometendo-lhe o apoio irrestrito do partido que ele fundou e tem direcionado segundo seus interesses nem sempre honestos. Diz-se, sem medo de errar, que Dilma embarcou numa canoa furada. O PT parecia realmente endossar aquilo em que ela, enquanto brasileira, desejava. Só que o buraco era bem mais em baixo e ela não percebeu. Só quando se viu metida na PETROBRÁS é que, talvez, tenha dado de cara com a lama fétida que o partido que lhe dava sustentação espalhava pela Empresa.

"Caramba, onde fui amarrar minha égua!"

“Caramba, onde fui amarrar minha égua!”

Uma vez tendo descoberto que estava encalacrada e não tinha saída, pois se deixara vender como petralha convicta, a Vovozona teve de agüentar o que estava destinado a lhe cair nos ombros. Suas rusgas e desavenças com o Lula estão em todos os jornais e revistas brasileiras e não é de hoje. Já no final de seu primeiro mandato, ela “desvestiu” o vermelho-larápio e passou a trajar azul ou cinza ou branco. Mas definitivamente deixou claro, através das roupas, que tinha rompido com o PT e seu petralhismo.

"Ih!  Que sujeira, m'ermão! Como diabo vou sair disto?"

“Ih! Que sujeira, m’ermão! Como diabo vou sair disto?”

No entanto, Dilma não pôde e nunca teve podido denunciar o que provavelmente via estarrecida. Quem sabe que ameaças sofreu, já que o PT não hesita em mandar eliminar do mundo dos vivos os que são empecilhos sérios aos seus desejos? Creio que jamais saberemos. Mas a probabilidade desta situação ter sido concreta não se pode eliminar. Aqui não é os EUA, onde os Presidentes são assassinados à luz do dia. Aqui se mata ex-presidentes, ex-governadores, ex-deputados etc… na surdina, no silêncio das tramóias levadas a efeito às esconsas.

Se Dilma fosse realmente uma petralha convicta teria “regulado” a ação da PF, pois tinha e tem força para tanto. Mas não o fez e deixou que o barco corresse. Sabia, pois não é burra, que a lama espirraria de imediato em sua imagem, mas, quem sabe? decidiu que era melhor isto que deixar que a PETROBRÁS fosse à falência de uma vez por todas, sem que os cupins humanos que a devoravam levassem qualquer punição. Não nos esqueçamos que ela é tendenciosamente birrenta e teimosa.

"Eu fui traídaaaaa!"

“Eu fui traídaaaaa!”

Mas tomou um susto danado quando percebeu que toda a Nação se voltou contra ela e, não, contra quem realmente devia sofrer a fúria dos brasileiros espoliados e desrespeitados pelos petralheiros, bandalheiros, pplheiros, demlheiros e afins. E se desorientou. E se baratinou. Pudera! Não é fácil ver um país continental se levantar em grita contra a gente. Eu não queria estar no lugar da Dilma. E você?

Mas veio a lista dos polititicas envolvidos no lamaçal do PETROLÃO. E ratões gordos, rechonchudos, foram pegados pela PF. Isto jogou gasolina no fogo. O Congresso, que já anda mais sujo que pau de galinheiro na opinião e no respeito do povo, tratou de se movimentar. Estamos assistindo a uma pantomima de fazer rir a defunto, pois a lista do Paulo Roberto Costa é estarrecedora. Se você ainda não conhece todos os nomes que dela constam, ei-la, segundo o que publicou o OCC-ALERTA BRASIL:

A agenda do ex-Diretor da Petrobrás, Paulo Roberto Costa
(decodificada):
Nome Sigla UF Cargo “Doações”
ALEXANDRE LEITE DEM SP DEPUTADO FEDERAL R$420.000,00
ABELARDO CAMARINHA PSB SP DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00
ADEMIR CAMILO PROS MG DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00
AELTON FREITAS PR MG DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00
ALINE CORREA PP SP DEPUTADO FEDERAL R$863.000,00
ANA AMELIA PP RS SENADOR R$50.000,00
ANGELA PORTELA PT RR SENADOR R$1.000.000,00
ANIBAL GOMES PMDB CE DEPUTADO FEDERAL R$270.000,00
ANTONIO BALHMANN PROS CE DEPUTADO FEDERAL R$230.000,00
ANTONIO IMBASSAHY PSDB BA DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00
ARACELY DE PAULA PR MG DEPUTADO FEDERAL R$200.000,00
ARLINDO CHINAGLIA (lider do PT) PT SP DEPUTADO FEDERAL R$400.000,00
ARMANDO MONTEIRO PTB PE SENADOR R$300.000,00
ARNALDO JARDIM PPS SP DEPUTADO FEDERAL R$350.000,00
ARTHUR OLIVEIRA MAIA SDD BA DEPUTADO FEDERAL R$200.000,00
BENEDITA DA SILVA PT RJ DEPUTADO FEDERAL R$3.000,00
BENEDITO DE LIRA PP AL SENADOR R$400.000,00
BERNARDO SANTANA DE VASCONCELLOS PR MG DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00
BETINHO ROSADO PP RN DEPUTADO FEDERAL R$60.000,00
BETO ALBUQUERQUE PSB RS DEPUTADO FEDERAL R$40.000,00
BIFFI (filet mignon) PT MS DEPUTADO FEDERAL R$160.000,00
BRUNA FURLAN PSDB SP DEPUTADO FEDERAL R$400.000,00
CANDIDO VACCAREZZA (lobista) PT SP DEPUTADO FEDERAL R$675.000,00
CARLOS EDUARDO CADOCA PC do B PE DEPUTADO FEDERAL R$50.000,00
CARLOS ZARATTINI PT SP DEPUTADO FEDERAL R$480.000,00
CELSO MALDANER PMDB SC DEPUTADO FEDERAL R$20.000,00
CICERO LUCENA PSDB PB SENADOR R$25.000,00
CIRO NOGUEIRA PP PI SENADOR R$150.000,00
CRISTOVAM BUARQUE PDT DF SENADOR R$50.000,00
DEVANIR RIBEIRO PT SP DEPUTADO FEDERAL R$150.000,00
DOMINGOS NETO PROS CE DEPUTADO FEDERAL R$200.000,00
EDSON SANTOS PT RJ DEPUTADO FEDERAL R$60.000,00
EDUARDO CUNHA PMDB RJ DEPUTADO FEDERAL R$500.000,00
EDUARDO GOMES SDD TO DEPUTADO FEDERAL R$350.000,00
EPITACIO CAFETEIRA PTB MA SENADOR R$50.000,00
EUNICIO OLIVEIRA PMDB CE SENADOR R$1.000.000,00
FABIO TRAD PMDB MS DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00
FERNANDO COELHO FILHO PSB PE DEPUTADO FEDERAL R$65.000,00
FERNANDO FRANCISCHINI SDD PR DEPUTADO FEDERAL R$10.000,00
FLEXA RIBEIRO PSDB PA SENADOR R$150.000,00
GABRIEL GUIMARAES PT MG DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00
GERALDO RESENDE PEREIRA PMDB> MS DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00
GLEISI HOFFMANN PT PR SENADOR R$2.420.000,00
GUILHERME CAMPOS PSD SP DEPUTADO FEDERAL R$450.000,00
HENRIQUE EDUARDO ALVES PMDB RN DEPUTADO FEDERAL R$150.000,00
HENRIQUE OLIVEIRA SDD AM DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00
HUMBERTO COSTA (líder) PT PE SENADOR R$1.530.000,00
INACIO ARRUDA PC do B CE SENADOR R$100.000,00
IRAJA ABREU PSD TO DEPUTADO FEDERAL R$250.000,00
IRINY LOPES PT ES DEPUTADO FEDERAL R$15.000,00
JANDIRA FEGHALI (Comunista) PC do B RJ DEPUTADO FEDERAL R$260.000,00
JAYME CAMPOS DEM MT SENADOR R$25.000,00
JILMAR TATOO PT SP DEPUTADO FEDERAL R$50.000,00
JOAO PAULO LIMA PT PE DEPUTADO FEDERAL R$65.000,00
JORGE BITTAR PT RJ DEPUTADO FEDERAL R$75.000,00
JORGE CORTE REAL PTB PE DEPUTADO FEDERAL R$60.000,00
JORGE TADEU MUDALEN DEM SP DEPUTADO FEDERAL R$400.000,00
JOSE OTAVIO GERMANO PP RS DEPUTADO FEDERAL R$620.000,00
JOSE PIMENTEL PT CE SENADOR R$1.000.000,00
JOSE ROCHA PR BA DEPUTADO FEDERAL R$90.000,00
JOSE SARNEY PMDB AP SENADOR R$50.000,00
JOVAIR ARANTES PTB GO DEPUTADO FEDERAL R$150.000,00
JULIO CAMPOS DEM MT DEPUTADO FEDERAL R$20.000,00
JULIO CESAR PSD PI DEPUTADO FEDERAL R$50.000,00
JULIO LOPES PP RJ DEPUTADO FEDERAL R$350.000,00
JUNJI ABE PSD SP DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00
LAEL VARELLA DEM MG DEPUTADO FEDERAL R$50.000,00
LEANDRO VILELA PMDB GO DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00
LIDICE DA MATA PSB BA SENADOR R$200.000,00
LINDBERGH FARIAS PT RJ SENADOR R$2.300.000,00
LUCI CHOINACKI PT SC DEPUTADO FEDERAL R$30.000,00
LUCIANO CASTRO PR RR DEPUTADO FEDERAL R$50.000,00
LUIZ ALBERTO PT BA DEPUTADO FEDERAL R$150.000,00
LUIZ FERNANDO FARIA PP MG DEPUTADO FEDERAL R$600.000,00
LUIZ HENRIQUE PMDB SC SENADOR R$40.000,00
LUIZ SERGIO PT RJ DEPUTADO FEDERAL R$200.000,00
MAGELA PT DF DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00
MAGNO MALTA PR ES SENADOR R$200.000,00
MANOEL JUNIOR PMDB PB DEPUTADO FEDERAL R$50.000,00
MARA GABRILLI PSDB SP DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00
MARCELO AGUIAR DEM SP DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00
MARCELO CRIVELLA PRB RJ SENADOR R$100.000,00
MARCO MAIA PT RS DEPUTADO FEDERAL R$80.000,00
NELSON MARCHEZAN JUNIOR PSDB RS DEPUTADO FEDERAL R$25.000,00
NELSON MEURER PP PR DEPUTADO FEDERAL R$500.000,00
NEWTON LIMA PT SP DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00
ODAIR CUNHA PT MG DEPUTADO FEDERAL R$320.000,00
ONOFRE SANTO AGOSTINI PSD SC DEPUTADO FEDERAL R$15.000,00
ONYX LORENZONI DEM RS DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00
OTAVIO LEITE PSDB RJ DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00
PAUDERNEY AVELINO DEM AM DEPUTADO FEDERAL R$250.000,00
PAULO ABI ACKEL PSDB MG DEPUTADO FEDERAL R$400.000,00
PAULO PAIM (Santo.Só 2?) PT RS SENADOR R$2.000,00
PAULO PEREIRA DA SILVA SDD SP DEPUTADO FEDERAL R$80.000,00
PAULO TEIXEIRA PT SP DEPUTADO FEDERAL R$123.000,00
PEDRO EUGENIO PT PE DEPUTADO FEDERAL R$125.000,00
PEDRO PAULO PMDB RJ DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00
RAIMUNDO GOMES DE MATOS PSDB CE DEPUTADO FEDERAL R$30.000,00
RAUL HENRY PMDB PE DEPUTADO FEDERAL R$65.000,00
REBECCA GARCIA PP AM DEPUTADO FEDERAL R$250.000,00
REINALDO AZAMBUJA PSDB MS DEPUTADO FEDERAL R$330.000,00
ROBERTO BRITTO PP BA DEPUTADO FEDERAL R$150.000,00
ROBERTO FREIRE PPS SP DEPUTADO FEDERAL R$250.000,00
ROBERTO TEIXEIRA PP PE DEPUTADO FEDERAL R$500.000,00
RODRIGO DE CASTRO PSDB MG DEPUTADO FEDERAL R$300.000,00
RODRIGO GARCIA DEM SP DEPUTADO FEDERAL R$466.000,00
RODRIGO MAIA DEM RJ DEPUTADO FEDERAL R$300.000,00
ROSE DE FREITAS PMDB ES DEPUTADO FEDERAL R$20.000,00
RUI COSTA PT BA DEPUTADO FEDERAL R$2.000,00
SANDRO MABEL PMDB GO DEPUTADO FEDERAL R$100.000,00
SEBASTIAO BALA ROCHA SDD AP DEPUTADO FEDERAL R$20.000,00
SILVIO COSTA PSC PE DEPUTADO FEDERAL R$75.000,00
STEPAN NERCESSIAN PPS RJ DEPUTADO FEDERAL R$30.000,00
THIAGO PEIXOTO PSD GO DEPUTADO FEDERAL R$240.000,00
VANESSA GRAZZIOTIN PC do B AM SENADOR R$500.000,00
VICENTE CANDIDO PT SP DEPUTADO FEDERAL R$130.000,00
VICENTINHO PT SP DEPUTADO FEDERAL R$116.000,00
WALTER PINHEIRO PT BA SENADOR R$200.000,00
WELLINGTON DIAS PT PI SENADOR R$250.000,00
ZE GERALDO PT PA DEPUTADO FEDERAL R$50.000,00
ZECA DIRCEU PT PR DEPUTADO FEDERAL R$150.000,00
 
As “doações” para campanha
Grupo Parlamentares financiados Cargo Total em doações
 
ARCOENGE 3 DEPUTADO FEDERAL R$ 266.000,00
ARCOENGE 1 SENADOR R$ 100.000,00
GRUPO ALUSA 7 DEPUTADO FEDERAL R$ 1.160.000,00
GRUPO ALUSA 3 SENADOR R$ 420.000,00
GRUPO ANDRADE GUTIERREZ 1 DEPUTADO FEDERAL R$ 10.000,00
GRUPO ANDRADE GUTIERREZ 1 SENADOR R$ 100.000,00
GRUPO CAMARGO CORREA 31 DEPUTADO FEDERAL R$ 6.245.000,00
GRUPO CAMARGO CORREA 8 SENADOR R$ 5.900.000,00
GRUPO EGESA 14 DEPUTADO FEDERAL R$ 1.350.000,00
GRUPO EIT 8 DEPUTADO FEDERAL R$ 784.000,00
GRUPO ENGEVIX 11 DEPUTADO FEDERAL R$ 475.000,00
GRUPO ENGEVIX 2 SENADOR R$ 90.000,00
GRUPO GALVAO 11 DEPUTADO FEDERAL R$ 600.000,00
GRUPO GALVAO 4 SENADOR R$ 630.000,00
GRUPO HOPE 1 DEPUTADO FEDERAL R$ 30.000,00
GRUPO IESA 1 SENADOR R$ 200.000,00
GRUPO JARAGUA 4 DEPUTADO FEDERAL R$ 600.000,00
GRUPO MENDES JUNIOR 7 DEPUTADO FEDERAL R$ 552.000,00
GRUPO MENDES JUNIOR 1 SENADOR R$ 50.000,00
GRUPO OAS 24 DEPUTADO FEDERAL R$ 2.043.000,00
GRUPO OAS 7 SENADOR R$ 3.200.000,00
GRUPO QUEIROZ GALVAO 12 DEPUTADO FEDERAL R$ 1.862.000,00
GRUPO QUEIROZ GALVAO 1 SENADOR R$ 2.000,00
GRUPO TOME 1 DEPUTADO FEDERAL R$ 30.000,00
GRUPO TOYO SETAL 2 DEPUTADO FEDERAL R$ 43.000,00
GRUPO UTC 14 DEPUTADO FEDERAL R$ 1.963.000,00
GRUPO UTC 3 SENADOR R$ 1.150.000,00
RAUL ANDRES ORTUZAR RAMIREZ 1 DEPUTADO FEDERAL R$ 10.000,00
WILSON DA COSTA RITTO FILHO (sócio do grupo Hope) 1 DEPUTADO FEDERAL R$ 10.000,00

E nesta lista não estão os tubarões do Senado Federal, como RENAN CALHEIROS E FERNANDO COLLOR, pois ela só contempla os Deputados.

"Cruz credo! que qui é isso?"

“Cruz credo! que qui é isso?”

Como você reagiria, se fosse a Dilma, diante de uma lista como esta? Logicamente pensaria de imediato “Cruzes! Vai sobrar pra mim!” — E sobrou.

Claro está que a Dilma meteu os pés pelas mãos no seu primeiro mandato. Sem experiência e esperneando contra a mão pesada do “nove dedos”, ela se perdeu no emaranhado de intrigas e ameaças por que deve ter-se visto cercada. Ser marionete não fazia parte de seus ideais políticos. Mas quê fazer? Desorientou-se, fez asneiras atrás de asneiras seguindo uma cartilha rota, estudada no tempo em que era uma “revoltosa”, e abriu, sem perceber, um buracão sob os próprios pés.

Paulo Roberto Costa abriu a boca e os polititicas estão saltando por causa disto.

Paulo Roberto Costa abriu a boca e os polititicas estão saltando por causa disto.

Quando a sujeira do PETROLÃO veio à tona os Tubarões das duas Casas se mexeram e ainda se mexem rapidamente. Falam, opõem-se à Dilma — que é confundida com o PT propositadamente — e fazem aquele barulho. Claro, o berreiro das ruas está ecoando e vai continuar ecoando por muito tempo dentro daquela cúpula. Até porque o povo parece disposto a continuar berrando nas ruas. É preciso se mexer, principalmente com os cães da Lei rosnando em seus calcanhares. E os implicados, dá até pra rir, rasgam elogios entre si e lembram um bolo de formigas que descem o rio emboladas, umas subindo nas outras tentando em vão não se afogar.

"Eu não estou metido nessa camarilha. E não sei explicar o que diabo esse dinheiro fazia em minha conta. EU JURO por São Fudêncio!"

“Eu não estou metido nessa camarilha. E não sei explicar o que diabo esse dinheiro fazia em minha conta. EU JURO por São Fudêncio!”

Diz a VEJA que “engana-se, no entanto, quem enxerga nas atitudes de Renan e Eduardo Cunha altivez e independência do Legislativo em relação ao Executivo, como é recomendável nas democracias. Na verdade, ambos reagem à escassez de espaço para para EXERCER O FISIOLOGISMO — pela indicação de afilhados para cargos no governo — e lutam para se defender em um momento tétrico, em que estão entre os investigados acusados de receber um pedaço dos bilhões surrupiados da Petrobrás”. É claro que eles fazem aquele barulho danado, tentando ensurdecer o povo e desnortear a já tonta Dilma Rousseff. Há uma crise danada no Brasil. O povo esperneia. Por enquanto, comportadinho, arrumadinho, dentro das “prerrogativas democráticas”. Mas todos os políticos e polititicas sabem muito bem que isto vai-se desmanchar na medida em que as necessárias medidas de ajuste do Erário Dilapidado forem impostas sobre todos nós (não e de jeito nenhum sobre os INSOLÊNCIAS. Estes, nunca, jamais, em tempo algum poderão perder um centavo sequer). Não adiante tentar adoçar a pílula, pois ela é amarga mesmo.

Eis São Fudêncio, o des-protetor dos polititicas brasileiros.

Eis São Fudêncio, o des-protetor dos polititicas brasileiros.

Ora, o povo joga pedra na cabeça de qualquer víbora e na atual víbora política, para sua desgraça, a Dilma é a cabeça. Então, que ela seja apedrejada. Aproveitando a desorientação das multidões ainda não bem organizadas, senão no atendimento ao chamamento pela internet para protestar, os espertalhões da Câmara e do Senado tratam de, como diz a VEJA, “empurrar o elefante da crise para o Planalto”. Só que se esquecem que as duas cúpulas de suas casas também estão no PLANALTO. O que querem mesmo é empurrar o elefante para o outro lado da avenida, onde está a “cabeça da víbora” que o povo começa a odiar.

E fazem barulho. E levantam poeira. E se mexem e se rebolam, tudo na esperança de encontrar um meio de calar o “maldito” Juiz Moro que, teimosamente, continua avançando em direção aos seus calcanhares.

Dilma, mais uma vez, sacou do bolso aquele documento que é uma foice direta sobre os ganhos de qualquer Insolência e de qualquer partidão: proibição do amparo financeiro de empresas a campanhas políticas. Uma ova que os polititicas vão deixar passar esta m…! E já começaram a mexer na Lei sugerida pela coitada. Não, não. Campanha política financiada pelo Estado, jamais! Vamos deixar uma brecha bem grande: toda empresa que deseje ser “caridosa” poderá colaborar com polpudas doações a UM POLÍTICO e só a um. Não mais a políticos indiscriminadamente. Isto é tentar enganar adultos com bala para criança. Mas é o que eles vão discutir, discutir, discutir e só aprovar se e quando virem que o povo voltou às ruas, desta vez mais objetivos e mais direcionados contra eles.

Que estas vassouras varram a imundície que grassa nas nossas Casas Legislativas.

Que estas vassouras varram a imundície que grassa nas nossas Casas Legislativas.

Gente, É CONTRA O CONGRESSO QUE DEVEMOS LEVANTAR AS VASSOURAS QUE O RIO DE JANEIRO PLANTOU EM COPACABANA, NO LEBLON E NO LEME. É sobre o SUPREMO que devemos fazer intensa e incansável pressão para que realmente mande PUNIR COM RIGOR os envolvidos nas trapaças que terminaram jogando sobre nós o elefante de que fala a VEJA. Não saiamos às ruas passeando pacificamente, claramente sem um objetivo firme. É preciso ir às ruas mostrando que temos um objetivo firme: varrer do Poder os políticos corruptos e varrer com eles os partidos nanicos. MORALIZAÇÃO DO LEGISLATIVO é que deve ser a meta dos que vamos às ruas do Brasil.

"Tá dizendo asneirinha, é, f.d.p.?""

“Tá dizendo asneirinha, é, f.d.p.?””

Cassar e prender os cabeças das duas casas é fundamental, e não impedir a Dilma. Ela, mesmo tendo feito burrada atrás de burrada no período passado, tem de ter sua segunda chance, mas desta vez, livre do tacão de qualquer partido. É preciso cercear qualquer oportunidade que a dupla satânica vislumbre de retornar ao PODER. Cuidado, Brasil. Esta dupla, PMDB/PSDB, é mais mortal do que a AIDS. Nunca, jamais devemos deixar que o Brasil retorne ao jugo deles, pois não são santos e nunca o serão.

A Dilma já levou um susto danado. Pode ser que, agora, se nós a ajudarmos a se livrar dos tacões dos partidões, ela consiga fazer alguma coisa certa, que nos traga um bem. Afinal de contas, o Lulaça Cachaça o fez, ainda que sendo o cabeça da hidra chamada PT. Por que ela, não?

Vamos levar cartazes onde se leiam FORA POLÍTICOS CORRUPTOS. FORA RENAN CALHEIROS. FORA EDUARDO CUNHA. Já que se elegeu a Dilma, que ela possa tentar fazer alguma coisa sem ter os pulsos presos e a boca lacrada pelos cobra-criadas.

E olha que eu não sou petralha…