Tucunaré no anzol. Dá um trabalhão vencer o peixão amazônico.

Tucunaré no anzol. Dá um trabalhão vencer o peixão amazônico. Tão brigão quanto ele é Renanzinho, espantado porque o arpão da PF está cutucando as tocas do Olimpo em que todos os meliantes de colarinho branco se escondem neste país.

É claro que estou de mau humor. E quando estou assim, mais aperreado que nordestino em tempo de seca e montando jumento empacado, tenho de malhar o Judas e, hoje, o Judas não podia deixar de ser um polititica, pois eles são meus Judas prediletos. E quem é o da vez, agora? Renanzinho, Primeiro dos Últimos. E é primeiro dos últimos porque ele é o primeiro chefão no Olimpo dos Polititicas que foi fisgado pela PF e está, há anos, batalhando feito o peixe amazônico preso no anzol. O tucunaré não é presa para qualquer um, não. Tem de ser é bom de braço e resistência física, senão babau. Pois bem, Renanzinho é dos últimos grandões fisgados pela “desgraçada” PF. Aliás, ele se pergunta que diabos deu na Socorro-que-não-sei-mais-o-que-fazer para deixar que os zangões desta Policiazinha fulera crescessem deste jeito. Como se lá dentro não houvesse corruptos também. Eles deviam ser religiosos e obedecer à máxima de Jesus: “Retira primeiro a trave de teu olho, antes de apontar o argueiro no olho do teu irmão”.  Mas não. Sob a batuta do aloprado fu… chamado Moro e acossado pelo mais traíra ainda Rodrigo Janot, Renanzinho anda com uma úlcera se apresentando como a primeira das dores que ele está na iminência de sofrer. Que bom! Que maravilha! Só pra ver isto já valeu ter sobrevivido a muita gente “fina” que fez de tudo e cantou de tudo pra me mandar subir mais cedo.

Alegria de São Fudêncio é o desespero de seus enganados...

Alegria de São Fudêncio é o desespero de seus enganados…

A Socorro-que-não-sei-mais-o-que-fazer, nos tempos áureos, quando julgava que podia pedalar impunemente sob o guarda-sol de São Fudêncio,  deu as costas a Renanzinho. E ele, mal-acostumado a ser o senhor da cocada preta (e branca, e cinza e parda e azul e de qualquer cor) detestou o isolamento em que ela o renegou. Agora, assustado com a ponta afiada do arpão da PF que anda que anda nos seus calos, Renanzinho adotou a estratégia de seu comparsa inoportuno, mas necessário, Eduardinho I e Único e tratou de espadanar água fora da banheira, buscando molhar todo mundo com aquela imundície.

É claro que  a Socorro-que-não-sei-mais-o-que-fazer não tem liberdade de ser ela mesma, de fazer as m… que desejava ardentemente. Uma vez Presidenta, pensou que tinha as rédeas do “brasil” nas mãos e ficou embriagada. Foi afagar o Fidelzão, foi beijar o agora falecido tiranete venezuelano e seu herdeiro que, atualmente, anda montando todo mundo na Venezuela sem choro nem vela. É crau aqui e crau ali, sem considerar esperneios. O negócio é crauar a nação venezuelana toda e, em seguida, tentar crauar os brasileiros, já crauados pela coca que para cá é mandada às toneladas, com o apoio de gente que eu jamais pensei que fosse adepta da liberação total, ampla e irrestrita desta desgraça entre nós. 

A Socorro-que-não-sei-mais-o-que-fazer toda cheia de amores para o tiranete II venezuelano. Ah, que tempos bons... Pena que não voltarão jamais!

A “Socorro-que-não-sei-mais-o-que-fazer” toda cheia de amores para com o tiranete II venezuelano. Ah, que tempos bons… Pena que não voltarão jamais!

E também fez afagos e mais afagos no tiranete II venezuelano, pois, afinal de contas, todos comungam da mesma diretriz do Partido do Lulaça: Anarquia Plena para os Chefões Socialistas dos Partidos dos Trabalhadores. É claro que Socialismo é o que menos há no PTralhão. Mas é disto que nós gostamos, não é não? Eles bagunçam lá em cima e todo mundo bagunça cá em baixo. É a treva!

Sem direito a pensar por si mesma e sim segundo a Cartilha do Partidaço, a Socorro-que-não-sei-mais-o-que-fazer teve de escolher um Juiz de Direito que, em passado recente, era vermelhão de carteirinha e tudo. Para quê? Para mandá-lo a engrossar a quadrilha deles no STF. Em vingança pelo abandono e buscando não deixar a ribalta e ir para o camarim, pois há o perigo de a PF dar-lhe um crau sem dó nem piedade, Rananzinho não contou conversa: tratou de mover guerra acirrada contra a aprovação do nome do tal Juiz (não escrevo seu nome aqui porque ainda não sei de que lado ele milita de verdade, se do lado dos vermelhões ou se do lado da maioria de verde-amarelões, os Zé Nings que não valem para mais nada que não seja dar voto para bandido de colarinho branco). Pois bem, a zoeira tá danada “lá no Olimpo” dos Lalaus Polititicas. Aprovar ou não aprovar o nome escolhido pelo partiçado e indicado pela Socorro-que-não-sei-mais-o-que-fazer? 

O juizinho é até engraçadinho fazendo pose, mas de pose vivem os patifes... E é aí que entra minha desconfiança.

O juizinho é até engraçadinho fazendo pose, mas de pose vivem os patifes… E é aí que entra minha desconfiança.

O tal juiz, dizem as más línguas, é muuuuuiiiiittttoooooo identificado com o PTralhaço. Andou até tecendo loas à Socorro-que-não-sei-mais-o-que-fazer em tempos não muito idos. Ora, o PTralhaço tá mais sujo que pau de galinheiro diante da opinião dos votantes (e isto é tocar barata voa entre os Polititicas de carteirinha, pois VOTO é o que nenhum deles quer perder nem pelo diabo em pessoa). 

Renanzinho anda bufando porque a Socorro-que-não-sei-mais-o-que-fazer está desconsiderando que o filhote do Senador é GOVERNADOR do Estado de Alagoas e ela não tem dado a mínima para o filhote de dragão. Como se não bastasse, ela ousou escolher o Múmia Paralítica e seu vice Michel Temer para Articulador Político do Palácio (esse troço parece ser muito importante entre os bichões lá de cima). E disparou uma acusação que, se ele também não fosse membro do Olimpo, certamente estaria enrolado com um processo: O Michel só trata de cargos evidentemente delatando (antes do tempo, pois a hora de fazer delação é quando ela pode ser premiada) na cara de pau que o Vice é useiro e vezeiro no toma-lá-dá-cá.

"Eu saí porque estava dodói, diabo. O dinheirinho do Maranhão era minguado e não dava para pagar os médicos europeus. Por isto meu paizinho veio atrás de mim para me socorrer. Eu Juro!"

“Eu saí porque estava dodói, diabo. O dinheirinho do Maranhão era minguado e não dava para pagar os médicos europeus. Por isto meu paizinho veio atrás de mim para me socorrer. Eu Juro!”

O certo é que até que está engraçado o corre-corre de última hora que tanto Renanzinho quanto  Dom Eduardo I e Único estão aprontando lá no Olimpo do Colarinho Branco. Será que lá em cima não há mais alguém que aponte a porta dos fundos para ele, como fizeram com Dom Sarney, o Silencioso? Este, quando o bicho pegou, tratou de sair de fininho pela porta dos fundos para retornar, triunfante, um ano depois e colocar a bundaça na cadeiraça do Poder Celestial “Bandalha”. Dom Sarney, o Silencioso, esperto como piranha em rio com jacaré, se escafedeu rapidinho quando percebeu que o caldo ia entornar. Sua cria também se mandou depressinha e sumiu no braquiara europeu. O Silêncio Maranhense se fez sobre eles como terra sobre túmulo. Mas será que a dondoca feiosa vai mesmo ficar incólume? Sei não…

Mas sei que a opereta de má qualidade vai continuar, a despeito de todos os Zé Nings terem voltado as costas para aquela ribalta fedorenta. Os atores estão lá, descabelando-se e tentando por todos os meios encontrar uma sardinha para oferecer em holocausto à fúria dos traidores Zé Nings. Se eles aceitarem, estará aberta para eles a continuação da festança com peixões graúdos das Empresas Corrompedoras.

E tudo será como era dantes…