"Meu santinho sagradinho. Eu prometo que subo as escadarias da Penha sentada em meu trono e com o Lula de joelhos, se o senhor me livrar do dia 16 de agosto"

“Meu santinho sagradinho. Eu prometo que subo as escadarias da Penha sentada em meu trono e com o Lula de joelhos, se o senhor me livrar do dia 16 de agosto”

Todos estamos ansiosos para saber o que vai resultar depois da grita nacional contra toda a podridão que está aí desde o famigerado COLLOR DE MELO. Segundo o homem que se diz que foi quem apertou o gatilho para disparar a Lava a Jato e que, com medo, vive, hoje, em Portugal, há muito mais podridão a ser exposta a público. Então, gente, comprem máscara contra gases venenosos, pois o que os Polititicas têm aprontado desde que os militares lhes entregaram o Poder de nossa Terra Brasilis será de envenenar.

José Dirceu, o herói petralha, está, novamente na jaula (e esperemos que lá permaneça até cair todos os dentes). Mais gente se enfileira para fazer delação premiada e mais gente se perfilha para tentar barrar esta arma contra eles mesmos. É de Lei. Os bandidos também devem se proteger da Lei. Só não podem é vencer a Justiça.

Carnaval, Futebol e Mulata... Esta história já passou, gente. Agora a vida tem de ser levada a sério, muito sério. Senão...

Cantar, brincar, divertir-se, mas ser sério e irredutível quando preciso. Este é nosso país. Graças a Deus!

Nosso belíssimo país – e falo da Nação Brasileira mesmo, aquela que leva tudo no canto e na alegria, até o combate à corrupção dos petralhas – está pronta para voltar às ruas onde, descobriu, é melhor combater a guerra sagrada contra a defesa de nosso torrão, do que de arma em punho e mergulhado em um mar de sangue e destruição, como era o sonho de muitos aloprados trazidos para cá pela irresponsabilidade dos Petralhas entronados. Bendito seja Deus que continua brasileiro da gema, gente. Só ele para nos apontar o Caminho do Cristo que, sem armas nas mãos, combateu o crime em Sua época. Só que o Cristo trouxe consigo a determinação de se deixar matar, para que suas mensagens brilhassem nas mentes dos homens por todos os tempos futuros até o momento final, que, pelos misteriosos sinais que intrigam os cientistas, já estão sendo anunciados. E nós, brasileiros, não podemos dar-nos este luxo, ou esta Pátria que é do Criador por excelência, desapareceria, pois uma pátria é constituída por pessoas unidas em um só coração. Só assim é possível gritar bem alto: Todos juntos vamos, pra frente Brasil! Brasil!

Eis o empresário que, lutando heroicamente, conseguiu por a girar para o lado certo a roda da Justiça em nosso país.

Eis o empresário que, lutando heroicamente, conseguiu pôr a girar para o lado certo a roda da Justiça em nosso país.

Vamos para as ruas. Vamos com nossos corações unidos e nossos gritos em harmonia. Não apenas contra uma velha caquética, pois sozinha ela não poderia ter feito absolutamente nada do que nos acontece. Vamos com nossos corações unidos e nossos gritos de protesto contra a União Nacional dos Ladrões de Colarinho Branco, cujo verdadeiro Líder é Fernando Collor de Melo, segundo Hermes Magno numa entrevista à Band. NO blog Verdadegospel.com, podemos ler também a respeito de Hermes Magnus: “Em 2009, Magnus deixou o país pela primeira vez e foi para os Estados Unidos por dois anos. Ele diz que na época estava sofrendo ameaças. A partir do ano passado, quando a Lava Jato foi deflagrada, ele liquidou seus últimos negócios no Brasil e passou a preparar sua mudança para Portugal, onde já havia aberto uma filial da empresa em 2013. (Ver em https://youtu.be/bLXO0Ir2ouw)

E veja também em (https://youtu.be/BWg9AtDx-Q8).

É triste que um brasileiro tenha de fugir de seu país e buscar asilo no estrangeiro porque é perseguido entre nós por uma corja de covardes engravatados. Aliás, todo mafioso gosta de paletó e roupas finas. Acho que é para não respirar o próprio fedor que suas almas podres exalam…

Mas esperemos que nenhum outro de nós tenha de fugir “de rabo entre as pernas por ter denunciado corruptos”. Esperemos que nossas ruas sejam o trono da Justiça e que outros juízes, como os da equipe Moro, não egressos do lamaçal que também grassa entre os “MIB’s da Lei brasileira, se levantem como gigantes despertados, balança em punho contra os que nos apodrecem as vidas e destroem nosso patriotismo.

Minha guerreira. Ela leva em si muito de mim no gênio e no modo de pensar, burilado com o cinzel da Justiça - é Advogada.

Minha guerreira. Ela leva em si muito de mim no gênio e no modo de pensar, burilado com o cinzel da Justiça – é Advogada.

Minha filha está toda envolvida no movimento e eu lhe dou todo apoio moral e a incentivo com palavras de encorajamento. Não posso ir pessoalmente, pois minha coluna não aguentaria mais de trinta minutos andando e pulando entre a gente, mas sinto-me orgulhoso de que um pedaço de mim esteja lá, na grita nacional, o que significa que a velhice não me tirou do páreo. Eu me orgulho de minha garota, de minha guerreira.

Os jovens que me lerem prestem bem atenção neste rostinho angelical. Um dia, acredito, ele será admirado por todo o Brasil.

Não estou sendo pai coruja, pois eu o sou do princípio ao fim. E sou apaixonado por meus filhos. Verdadeiro tesouro que Deus me deu, sorrindo, quando eu, atrapalhado, dizia à primeira mãe: “Pára com isto! Não é hora para parir! segura isto aí dentro!”. Eu estava, naquela época, enfrentando a mais dura batalha de minha vida; uma luta de vida ou morte contra os coronéis corruptos que mandavam na EMBRATEL, quando os bons dali se retiraram.

O Criador se divertia comigo, pois sabia perfeitamente que eu viria a ser um apaixonado “doente” e um admirador obsessivo de meus rebentos. Não os distinguo em homens e mulheres. Só os vejo como meus filhos e pronto. E sei que eles estão, todos, engajados na Luta contra o Mal que se escondeu por anos dentro dos vetustos prédios do Poder no Planalto.

Eu cumpri minha missão: gerá-los e educá-los dignamente. Agora, é com eles. E com todos os jovens bem criados que têm uma herança pela qual lutar:

O BRASIL! IL! IL! IL!