E eu vou continuar vendo tudo a partir de minha rede, pois meu Reino também não mais é deste mundo.

E eu vou continuar vendo tudo a partir de minha rede, pois meu Reino também não mais é deste mundo.

Estamos navegando em um mar tempestuoso e as ondas não são para se ignorar. A corrupção não se acaba com a lavagem que é feita pela Lava-a-Jato. Os Polititicas já se arrumaram para que ela continue firmemente assentada e quem não viu isto, volte a assistir aos “debates” no revoltante cenário da falsa Reforma Política, onde tudo o que serve de canal para o crime de lesa-pátria foi mantido integralmente. A Corrupção entrará em curta hibernação a fim de que se consiga o retorno do brasileiro ao marasmo esperado pelos Donos do Poder em nosso país. Quando sentirem que a pressão sumiu, ela voltará a ser reativada com toda a força e com muito maior sofisticação, pois até no erro tem-se muito a aprender para poder errar de novo com menos perigo de vir a ser punido. E de onde virá o sinal para que ela seja reativada? Com o Minha Casa Minha Vida em plena atividade e distribuindo moradias por todo o Brasil, gratuitamente e objetivando sempre o mesmo alvo: comprar as mentes tacanhas, iletradas, dos que sempre foram e continuarão sendo desamparados pelos Polititicas que, sabem muito bem, curvarão servilmente as cabeças aos que lhes derem ao menos um teto sob o qual morrer. A seguir, com a distribuição de presentes o ano todo, fielmente todo fim de mês. Refiro-me às bolsas-esmola, que seriam desnecessárias se se desse ênfase na Instrução Nacional de Qualidade, com destaque para as Escolas Técnicas exemplarmente estruturadas em prédios, maquinários e professores.

Nossas cidades podiam ter ruas limpíssimas, como esta. Mas falta-nos Educação Cívica.

Nossas cidades, de Norte a Sul, podiam ter ruas limpíssimas, como esta. Mas falta-nos Educação Cívica.

A geração egressa de um Estado organizado, pleno em Instrução de qualidade, em Assistência à Saúde Pública satisfatória e com um país incentivado em suas Indústrias, sem Leis idiotas que mais incentivam o “apartheid” entre nós do que nos une, como é o caso das imorais e indignas “quotas raciais e quotas sexuais”; esta geração, repito, não buscaria ficar dependurado na aba do chapéu de um polititica qualquer, pois se sentiria humilhado demais para tanto. Essa geração buscaria vencer os desafios da vida e obter um lugar ao Sol por seus próprios esforços, pois nada humilha mais uma pessoa do que se sentir impotente a ponto de viver a vida dependendo de favores de gente indigna, ladra e corrupta.

Eis o Presente de José Sarney ao Maranhão. Eles ainda vivem em casas de sapé. Mas o Sarney vive no luxo e no Poder. Culpa de quem?

Em pleno Sec. XX ainda temos vilas como esta, onde falta tudo. Fica no Maranhão, onde os Sarneys roubaram até rachar.

Os miseráveis anseiam pela oportunidade de poder sair da miserabilidade de modo honesto e por seus próprios esforços. O que pedem é somente que lhes dêem as condições que um bom país, realmente digno deste nome, oferece a seus cidadãos. E desejam que os crápulas retirem de seus pescoços o pesado pé corrupto. Mas esta utopia (que devia ser nosso alvo real) está longe de nós. Ainda vamos continuar dançando conforme a música tocada pelos Polititicas encastelados ou não, no Poder Central. Estamos, agora, sendo joguetes entre os caciques do PT e os do PMDB/PSDB. E assim ficaremos até que um egresso destes dois últimos tome o Poder e mude a quadrilha nos postos chaves. Durante os arranjos para uma nova face do Crime Encastelado, muita agitação, muito disse-me-disse será levada a efeito. Talvez muitas passeatas serão feitas, ou espontaneamente ou sub-repticiamente dirigida por agentes infiltrados nos lugares certos nos momentos certos. Muito barulho. Muita Zorra. Muita informação desencontrada. Revistas vendidas ora para os Socialistas, ora para os Comunistas, ora para os Capitalistas, defenderão ardorosamente suas filosofias decrépitas e venenosas. Isto vai confundir e cansar o Zé Povão, que anseia por PAZ, SOSSEGO e GASOLINA e COMIDA BARATAS em sua casa. Aos poucos, estudadamente, isto lhe será dado e ele voltará à hipnose da preguiça e do acomodamento, ambiente delicioso para os novos quadrilheiros que vão tomar de assalto o Poder Brasileiro.

"É... Nossa Roda da Fortuna roda, roda... roda, e nós não saímos do lugar..."

“É… Nossa Roda da Fortuna roda, roda… roda, e nós não saímos do lugar…”

E tudo continuará como sempre foi. Sua grita, meu irmão, será solenemente batida para escanteio; seus filhos continuarão amargando escolas públicas em péssimas condições, pois não há interesse dos Secretários de Educação em atuar firmemente no sentido de construir um Sistema Instrucional de Primeiro Mundo. É de interesse de empresários que exploram o Ensino que este se mantenha fora do Estado. Dá lucro e propicia o desvio de verbas… Como sempre.

E assim como será com a Instrução Pública, será com a Saúde, a Segurança, a Infra-estrutura etc, etc, etc… Se se fizer tudo conforme deve ser feito, como poderão os filhotes de polititicas enricarem como seus pais e padrinhos? Não dá! O Sistema não pode ser desmontado. Então, prepare-se, você que me lê, para continuar atolado até os joelhos na caca de sempre.

Péssimo.