Eu grito, esperneio e boto a boca no trombone. Como eu, muitos milhares de outros. Mas sou idoso e não tenho mais a resistência dos meus vinte anos... Que lástima!

Eu grito, esperneio e boto a boca no trombone. Como eu, muitos milhares de outros. Mas sou idoso e não tenho mais a resistência dos meus vinte anos… Que lástima!

Ouvi, ontem, no Jornal da Globo, que os polititicas haviam aprovado as doações de empresas para suas campanhas eleitorais. Desta feita, não diretamente a candidatos, mas diretamente aos partidos E SEM IDENTIFICAÇÃO DAS DOADORAS. Em outras palavras, a roubalheira encontrou um meio bem urdido de se manter após o tsunami chamado Lava-a-Jato.

Ora, muita gente me critica porque eu chamo os tais “parlamentares” de Polititicas. Alguns amigos petralhas dizem que se no Brasil não houvesse a Democracia Petista eu já estaria preso. Não, não mesmo. Tenho meu direito à expressão livre de meu pensamento garantido na Constituição. Não estou atingindo diretamente a um desafeto singular, com nome, identidade, CPF etc, etc, etc… mas a uma “classe” espúria, que devia ser presa para a Eternidade num buraco bem fundo e de preferência sem saída. Há POLÍTICOS de verdade, mas são minoria e não têm a coragem de entrar em choque com os Manda-Chuvas ou serão defenestrados de seus partidos. Eles precisam ficar quietos e tentar rebolar (o tal jogo de cintura) para ver se conseguem emplacar alguma idéia que preste. O resto… é somente isto: RESTO.  E quem se sentir ofendido e reagir contra mim estará confessando a toda a Nação que realmente é um dos patifes que condeno com veemência aqui. 

"Faz como eu. Vira palhaço e vem cá pra riba! Se não adianta lutar contra o inimigo, junte-se a ele, não é?"

“Faz como eu. Vira palhaço e vem cá pra riba! Se não adianta lutar contra o inimigo, junte-se a ele, não é?”

Os Patifes de Colarinho Branco e Alma Preta (que me desculpem os negões brasileiros pelo uso do vocábulo preto com esta conotação pejorativa) já emplacaram a derrota do Brasil e do Moro. Resta, agora, a Nação se rebelar contra esta patifaria e ir às ruas com panelas, pratos, penicos, vasos sanitários (joguem alguns das galerias da Câmara para ver se acertam o cocuruto de alguns “patifaços”. Faria tão bem à Nação…) e o mais que puderem levar, fazendo a zoeira mais doida da Terra. Preferentemente vão para a frente do Senado e da Câmara e caguem, mijem e joguem tudo sobre os sem-vergonhas. Espalhem “vovós” (pregos ou algo semelhante, dobrados ao meio, soldados e com pontas em lugar de suas cabeças) por todas as avenidas em torno daqueles antros de patifes para impedir que a PM consiga trazer suas motos e seus carros contra nós, brasileiros escravos dos patifes. Façam pacotes de fezes e joguem com fundas sobre os pobres coitados que são obrigados por Lei a defenderem os larápios que se escondem dentro das panelas de pedra. Covardes, jamais sairão de lá para enfrentar o povo. Preferem mandar que tolos fardados se joguem contra seus iguais — digo, familiares. Não os julgo iguais aos covardes engravatados. Seria insulto demais.

Enfim, está por um fio a sacralização do roubo ad infinitum. Basta apenas que a Dilma assine a imoralidade e pronto. O País perdeu de Norte a Sul e de Leste a Oeste.

A “briga” entre PT e dupla satânica (PMDB/PSDB) através de seus êmulos destacados serve, tão-só, para ocultar a luta feroz entre os criminosos de colarinho branco e nós, os Zé Nings burraldos que os elegemos. Mesmo que não votemos neles nas próximas eleições, seus filhos, netos, netas, bisnetos etc… estão lá ou estarão se candidatando e, podem crer, sempre haverá trouxas que vão-se vender por qualquer dez “merréis” e votar nos desgraçados. Fomos feudos e continuamos feudos. Que bosta, meu!

Eu digo o mesmo, senhores. Aqui pr'ocês, ó!

“O PT morreu coisa nenhuma. Partido Político sempre retorna. E nós com ele!”

O PT foi morto. Suicidou-se pelas próprias mãos e deu a ponta da corda para que a Dupla Satânica puxasse a forca. Agora será a farra do boi. Os êmulos da Dupla Satânica já se sentem seguros para avançar com medidas que vão-nos tornar mais manietados que nunca. E vão voltar com toda a força, conforme eu já disse aqui. E aí nós estamos fu… e mal pagos. O PT foi fraco, mas a Dupla Satânica, com Satã em pessoa a defendê-los, vai dar trabalho. Até porque a bancada evangélica tem muitos êmulos de suas falanges.

Perdi meu sono às 4:30 h pensando nesta bosta. A irritação não me deixou dormir. Li a VEJA e fiquei mais mal-humorado ainda. Li a ÉPOCA e quase babei feito cão raivoso. Aí, levantei, passeei pela casa no escuro e finalmente vim para cá, desabafar. Afinal, é só o que posso fazer. Velhice é mesmo uma merda, meu!

E chega! Que se danem os Zé Nings burros que vão eleger novos dirigentes egressos da dupla satânica. Eles merecem. A merda é que eu estou no meio desta gentalha, gentalha, gentalha!

Isto é que é azar…