"Putz! É verdade mesmo? E eu? E meu leite? E minha Escola? MÃÃÃEEEEE!!! Eu quero voltar lá pra dentro!"

“Putz! É verdade mesmo? E eu? E meu leite? E minha Escola? MÃÃÃEEEEE!!! Eu quero voltar lá pra dentro!”

Eu não encontrei esta informação. Aos pedaços, encontra-se a informação de para onde foram destinados valores arrecadados pelo Estado com as loterias de números. De conformidade com o ÚLTIMO SEGUNDO, em reportagem datada de 01/11/2010 (não encontrei nada mais recente), “O valor arrecadado pela Caixa por meio dos jogos de suas loterias vem aumentando a cada ano. Só no ano passado, a instituição arrecadou R$ 7,3 bilhões com os jogos realizados, um crescimento de 28,3% em relação a 2008. A Mega-Sena, sozinha, apresentou um salto de 45% de 2008 para 2009, quando foram arrecadados R$ 3,4 bilhões nesta modalidade. Mas, afinal, para onde vai todo esse dinheiro?” 

O ÚLTIMO SEGUNDO nos informa que o Estado distribuiu assim, em 2009, a montanha de dinheiro das apostas:

Esta montanha de dinheiro foi arrecadada em 2009. E quanto foi arrecadado ano passado?

Esta montanha de dinheiro foi arrecadada em 2009. E quanto foi arrecadado ano passado?

De qualquer modo, vejamos o quanto deste dinheiro foi desperdiçado inutilmente. Comitê Olímpico Brasileiro. Ora, com o país necessitando desesperadamente de dinheiro para manter as bolsas-votos (Minha Casa Minha Vida e Bolsa Família), por que diabos se jogou fora R$ 120.000.000,00? Fora, sim, pois as despesas com esta inutilidade (para um país no sufoco, Olimpíada é um luxo absolutamente dispensável) devia ser um escândalo combatido veementemente pelos brasileiros de juízo, mas parece que eles são poucos.

Fundo Nacional de Cultura. Cultura? O que os desgovernos PTistas entendem por CULTURA? Por acaso distribuir a crianças de 5-7 anos doutrinação sobre lesbismo e homossexualismo “livre” é cultura? Em quê, realmente, o desgoverno petista investiu este dinheiro (e o dos anos subseqüentes até este final de 2015?) Se se fizer esta pergunta a algum brasileiro, tomado aleatoriamente de Norte a Sul ou de Leste a Oeste, o infeliz jamais saberá dizer. E se perguntarmos a qualquer brasileiro, também escolhido aleatoriamente, sobre o que faz o Ministério da Cultura, ele ficará certamente com cara de retardado mental com aquele sorriso idiotizado que todos os brasileiros entrevistados e pegados em perguntas embaraçosas exibem diante das câmeras de TV. No entanto, é dito por publicações oficiais, que “O Ministério da Cultura é um órgão da administração pública federal direta que tem como áreas de competência a política nacional de cultura e a proteção do patrimônio histórico e cultural”. É mesmo? Então, por que diabos os sítios arqueológicos brasileiros estão sendo depredados sem que este Ministério (gerido por um Polititica) não faz absolutamente nada para sua preservação? O Gerente político diz que “O Ministério não tem verba”. E aí, gentalha, vamos acreditar nisto? Eu não acredito. Além da absoluta incompetência gerencial, o Polititica tem outros empregos a dar ao dinheiro arrecadado, seja em loterias, seja através de impostos escorchantes. Empregos nada dignificantes para nós, brasileiros.

Comitê Pára-Olímpico Brasileiro. Outra inutilidade. Este dinheiro some nos bolsos de indivíduos que vivem eternamente nas sombras da polititicagem. E ainda leva consigo mais alguns milhõezinhos arrancado do Erário Público, eterno sangrado dos patifes que se elegeram porque nós, estúpidos, “detestamos política”. IMBECIS! Eis o que somos. A Política, brasileiros idiotas, SE INTROMETE EM NOSSAS VIDAS ATÉ QUANDO RESPIRAMOS. Ao invés de a detestar, devíamos era ENTRAR PARA OS PARTIDOS POLÍTICOS A FIM DE DESCER O PAU NOS QUE NÃO HONRAM SEUS COMPROMISSOS. Não um cacete feito de maçaranduba, que isto não funciona mais. Mas o cacete da JUSTIÇA. Povo Unido JAMAIS É VENCIDO. Mas como não o somos e, para piorar as coisas, somos cidadãos “apolíticos”, entregamos nossos destinos nas mãos dos “espertos” que fazem o que querem com o nosso dinheiro e nos deixam morrer à míngua nas portas dos hospitais. Bem feito! Merecemos!

A propósito, visite este endereço

http://www.cultura.gov.br/o-ministerio

e tente analisar e criticar, COM SUAS PRÓPRIAS PALAVRAS, o que o portal do Ministério diz. É um bom exercício cultural-instrucional, pois alguns de vocês, se forem jovens, terão que fazer um esforço danado para conseguir sair das duas linhas do twitter.

Ministério dos Esportes. Bom, no Brasil só há um esporte: o futebol. E este está tão ou mais envenenado pela corrupção que o próprio Brasil. Então, é mais uma parcela do dinheiro das loterias que some no buraco sem fundo. Em vez de ir sustentar “filhotes e apadrinhados polititicas”, que nem assinam ponto, mas recebem salários invejáveis, o dinheiro seria muito melhor empregado na construção ou na reforma de Hospitais Públicos. Se os polititicas fossem inteligentes, investiriam na SAÚDE PÚBLICA, pois o povo com saúde TRABALHA MAIS, logo, PAGA MAIS IMPOSTOS para abastecer os CAIXA-2 de seus partidos. Mas os bichos são orelhudos e se contentam com o que o Brasil lhes dá, ainda que seja pouco diante de seu incomensurável potencial.

Clubes de Futebol. Ora vejam só. A arrecadação das arquibancadas não dá para cobrir as despesas com os salários nababescos de grande parte de pernas-de-pau que zanzam pelos gramados do Brasil e as despesas administrativas de seus clubes. Então, temos de desperdiçar mais dinheiro público (e é mesmo público, visto que é arrecadado do público em geral, ricos ou pobres, na boca do caixa da Caixa). Além disto, o Ministério dos Esportes (para o Esporte Único) já levou uma fatia gorda. Então, explique o Sr. Polititica Ministraço, por que os Clubes de Futebol ainda têm de receber mais dinheiro além daquele a que não fazem jus, visto que a colheita não dependeu de qualquer esforço de jogadores para a sua coleta?

Fundo Nacional de Saúde. Olhem bem para o quadro. Este fundo é o terceiro menor em quota-parte, superando apenas os dois mais perseguidos pelos polititicas, a saber: o FIES e a Seguridade Social. Não preciso dizer quase nada quanto à Saúde Pública no Brasil. Não está mais na UTI. Está no cemitério mesmo. Mas insepulta, pois se a sepultarem, como é que os Caixa-2 dos Partidos Políticos vão-se sentir sem este tubo que nos sangra sem cessar?

Seguridade Social. A que Seguridade eles se referem? Certamente não ao INSS, pois este Instituto está apanhando que nem o Stalone em seus filmes de boxeador. Talvez à seguridade dos petralhas… Quem sabe? Claro que não àquela dos graúdos que, mesmo na PAPUDA, continuam ganhando dinheiro gordo da Máquina Institucionalizada da Corrupção. A seguridade deve ser aquele que diz respeito ao “Exército do Stédile”… Quem sabe?

FIES. Coitado do pretendente a universitário brasileiro. O FIÉS está sendo sacaneado à vontade pelos Polititicas, pois a Classe Política não interessa um povo instruído. É perigoso. É algo que pode minar as bases do Socialismo-Comunista. Então… Se o dinheiro vai para o FIÉS, onde, no meio do caminho, desaparece? Aí, Sérgio Moro, mais um enigma digno de Vossa Excelência.

Fundo Penitenciário Nacional. Ué! Cuma é qui é? Existe isto??? Onde fica? Onde está? Os presídios brasileiros são tão, mas tão, mas tão horríveis e maltratados, que ali não entra um centavo sequer para melhorar as condições dos infelizes que lá estão. Então… Para onde vai esse dinheiro? E olhem o valor: 220 milhões. Daria para, anualmente, construir algumas dez cadeias dignas para os brasileiros que não tiveram oportunidade devido mesmo à polititicagem dos patifes de colarinho branco.

Vou parar. Vou parar senão infarto.