"Agora nós vamos te pegar, safado!"

“Agora nós vamos te pegar, safado!”

Por motivo de força maior, e põe maior nisto, estive fora do ar. Mas voltei. E quando a gente volta a alguma coisa, esta coisa requer novo treinamento para que a motivação desperte em nós. Aconteceu isto aqui, também. Durante o tempo em que estive afastado, li revistas e jornais para que o tempo passasse sem eu notar a situação incômoda em que me encontrava. Agora, retorno mais descrente que nunca, com o nosso Brasil. Continuamos deixando que os patifes nos comandem. E eles perderam a vergonha totalmente. O medo de ir parar atrás do xilindró ou, até pior, o pavor de perder a boca rica da mamata polititica, já correm para aprovar uma Lei que os livre do vexame de ter de explicar as fortunas depositadas em bancos no estrangeiro. E o Brasil quieto, indo na conversa mole da Rede Globo que, mais que nunca, anda abordando notícias de subúrbio, de periferia, no esforça gigantesco para afastar a atenção (fraca, por sinal) de meu povo da patifaria que rola no “Olimpo da Desfaçatez Brasileira”.

"Não fiquem alegrinhos, não. Só tem um que pode me pegar e eu não posso me defender: O lá de cima. O resto, é somente isto: resto."

“Não fiquem alegrinhos, não. Só tem um que pode me pegar e eu não posso me defender: O lá de cima. O resto, é somente isto: resto.”

É, você tem razão: voltei quente. Mas só esquentei após dois dias sentando diante da telinha sem qualquer ânimo para escrever. Claro que a saúde tem grande responsabilidade nisto, mas o desânimo vem mais da terrível revolta por não ter obedecido ao meu Tio Tonho e seguido a carreira militar. Juro que, se tivesse, nenhum dos que aí estão estaria vivo para fazer o que fazem conosco, hoje. Mas o Lá de Cima não quis assim…

Durante este tempo afastado, tive a surpresa de ver minha filha caçula mergulhar de cabeça na Política. Tivemos longas conversas sobre esta sua decisão, mas no final foi ela quem me convenceu. E com uma fundamentação inquestionável: “quando o senhor e milhões de brasileiros bons dizem que não gostam de política e fazem todo o esforço do mundo por não entrar num partido político, ABRE ESPAÇO para que os POLITITICAS deitem e rolem. É preciso que gente boa, de fibra, de coragem, entre neste poço de lama para lutar contra os bandidos engravatados que somos obrigados a chamar de Excelência, embora não passem do nível de insolência, como o senhor bem os chama. Eu sou concursada, mas empregado público deixou de ser uma boa opção de vida. Se não se lambe o saco de um Vereador ou de um Deputado, fica-se no esgoto do serviço público. Principalmente quando se é mulher, bonita e casada. Os patifes parecem ter predileção por mulheres casadas. Eu estou escanteada para este esgoto e tenho de lutar ferozmente contra o assédio que sofro. Apenas porque sou mulher, jovem e bonita. Sou casada, bem casada e, no entanto, não sou respeitada. Mulher é objeto de cama e mesa, como o senhor uma vez me disse. Mas eu me recuso a que me transformem nisto. Então, se tenho de lutar, não vou lutar contra minhocas. Vou partir pra cima do dragão. Logo, logo, vão ver que sou uma praga que eles não vão combater com facilidade. Eu me formei em Direito e sei manejar muito bem a arma da Justiça, quando necessário”.  Minha filha já foi excelente lutadora (aiki-jujutsu, tai-jutsu, capoeira, jiu-jitsu, Tai-Chi-Tchuen etc…), mas hoje acho que não sabe mais nem aplicar um “arm-lock”. E eu não tenho mais saúde para servir-lhe de guarda-costas. Mesmo assim, no que puder ajudar, vou ajudá-la. E se tiver de atacar algum atrevido que se faça de engraçadinho e a desrespeite, pode acreditar que não vou hesitar. Ainda posso matar com eficiência, se for necessário. Podem mexer comigo, mas não toquem em filho meu que o diabo sai da garrafa, como se dizia no meu Nordeste de outrora. 

Filiei-me ao seu partido – o PROS. E fui buscar a história dele. Não é muito louvável, a começar pela história de sua criação por Ciro Gomes. Este já se mandou e está buscando o PDT, pois pretende lançar-se candidato a Presidente. Mais um Ficha Suja brigando para continuar cagando em nossas cabeças. Que merda!

Aqui em Goiânia, o Presidente Municipal do PROS me pareceu um sonhador. Ouvindo-o, eu me lembro do tempo em que era um “inocente útil”. Claro que tendo militado no PMDB, no PSDB, no PDT e em mais alguns, ele não é nenhum inocente útil. Mas me parece um bom brasileiro que sonha que pode fazer com que o PROS seja realmente um Partido diferente.

A linha de pensamento do PROS é a melhor de todas: PARTIDO REPUBLICANO. Em nossa Constituição está a base do pensamento republicano: “TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI”. Mas estar na Constituição não quer dizer que valha coisa alguma, principalmente quando se trata de POLITITICA. Os republicanos são tendentemente Capitalistas, mas centrados no seu país – vejam-se os norte-americanos que abraçam o pensar Republicano. Mas como toda prática política, as filosofia partidárias terminam descambando ou para a corrupção negra, imunda e criminosa, como a do PT, ou para o canibalismo desenfreado sob o manto do NEOLIBERALISMO, como acontece com americanos e os membros da tucanada sem-vergonha brasileira. 

Enfim, eis-me no poço de merda mercê da decisão firme de minha caçula. Sei quem ela é, afinal é minha filha. E sei que não vão dobrá-la, como os milicos não me dobraram. Eram 13 coronéis e um general e não conseguiram me pôr de joelhos. Mas diante da guerra que ela acaba de comprar, minha luta, o número de meus inimigos, são “fichinhas”.

Já levantei muita coisa sobre o pessoal do Partido. Não vou revelar aqui porque ainda não é tempo. Vou esperar. Minha filha já fez um planejamento, claro que com minha participação ativa, para revirar sua Diretoria (ela já entrou como Diretora na Executiva, o que não é pouco para uma novata) e transformar o PROS no Partido mais bem aceito entre as mulheres goianas. E já está em campo, visto que uma Diretoria partidária tem liberdade para fazer o que desejar, desde que não contrarie o Regulamento do Partido. E ela não está enveredando por este caminho. Se você desejar conhecer alguma coisa do que minha filha caçula está fazendo, visite o site “www.politicaevoce.com.br”. Vai encontrar coisa nova, mas aquilo ali é somente um milésimo do que ela planeja fazer.

Eis "O Furioso" que danou os brasileiros.

“Eu não vou cair! E furioso é o diabo que te carregue!”

Seja como seja, ela tem toda razão. Ou os brasileiros (e brasileiras, como querem os racistas e separatistas) entram no covil dos lobos e os espantam com a tocha da honestidade acesa em suas mãos, ou vamos continuar neste poço de titica em que nos debatemos.

Bom, acho que é tempo de seguir os passos do “Furioso”, na casa de quem foi encontrado despacho bem nutrido contra desafetos dele no Poder. Não deu muito certo, pois até agora o bicho federal está danado em seus calos. Mas como sou da Umbanda branca, pode ser que meus protetores venham-me ajudar, como fizeram quando eu estava entre os lobos. Afinal, o caboco chefe do Gongá que eu freqüentava no Rio de Janeiro, antes de sua médium morrer, mandou um recado para mim: “Digam ao meu cambono que eu estarei com ele onde ele estiver enquanto viver e que por ele caboco pisa no fogo e na água”. E como eu vi o que ele fez, posso acreditar que não falou abobrinha. Obrigado. Preciso muito de sua ajuda, agora. Não mais para mim, mas para alguém por quem dou a vida sorrindo.

.