"É tua culpa, Mané! Agora, eu estou com a cadeira quente pegando fogo! "E eu? E eu? O que tu pensas que está acontecendo comigo? De quem é a culpa, hein? Do Lula?"

“É tua culpa, Mané! Agora, eu estou com a cadeira quente pegando fogo!
“E eu? E eu? O que tu pensas que está acontecendo comigo? De quem é a culpa, hein? Do Lula?

Cara, a casa caiu para o lado do PMDB. Temer está andando de lado e saltando de banda mais que capoeirista em pleno jogo. Mas o negócio pegou feio foi para o Porca Gorda. Desta vez, o picote no pescoço, tão cantado aqui, começou a brilhar incomodamente, pois o carrasco pode enxergá-lo mais claramente. Será que o Porca Gorda está mesmo encurralado?

É difícil saber. O cara tem uma porção de manobras escondidas sob a manga. E vai tentar reverter a jogada pra cima de sua desafeta de mentirinha – a Socorro-Que-Não-Sei-Mais-O-Que-Fazer – e creio que isto vai tirar o sono da pobrezinha (?). Bom, pobrezinha é um tanto exagerado, concordo. A Doidona deve contar com um auxílio e tanto do Crime Organizado Internacional. Não nos esqueçamos que ela é assim com os Colombianos e os Venezuelanos. E os dirigentes daqueles pobres povos não são nada limpos com a Lei. Em muitos lugares fede a cocaína e outras drogas mais pesadas. O PT, não estou dizendo nada que não seja do conhecimento da maioria de todos, é “assim” com “os home” do crime. O sonho da ralé petralha é implantar aqui o império do Crime Legalizado. Mas… O diabo é que o Brasil é povoado por um povinho danado de anarquista por natureza. Aqui, o lema é: há ordem? Eu bagunço. Ordem, mesmo, só na Bandeira. Nem sei se isto é um chiste de mau gosto. Coisa pra inglês ver. A gente brasileira, a base da pirâmide social, é chegadinha pra diabo à branquinha e sua borra, o crack. Mas quando se trata de marchar comportadinho defendendo um ideal idiota, aí a coisa muda de figura. O brasileiro adora a bagunça e detesta totalmente qualquer controle. Principalmente se este controle vem imposto por armas de fogo e “pombos sem asa”.

Mas se você pensa que o PMDB ou o PSDB seriam a opção mais viável é um idiota de carteirinha. Na atual política nacional brasileira, não há nada que preste. Tudo está podre. Tudo fede. Nenhum tem ficha limpa. O que fede menos fede a merda de bêbado com diarréia. 

A primeira coisa que se deve fazer, agora, é uma limpeza em regra nas “cavernas de Ali-Babá”, os Partidos Políticos. É dentro dele que a Polícia Federal tem de descer com tudo. É ali que está a estufa onde as sementes do mal germinam com pujança. Ou se faz uma varrição dentro dos Partidos Políticos, ou esta novela vai chegar até o fim dos tempos, que, a bem da verdade, já se faz anunciar na elevação da temperatura da Terra.

Mas nosso país é sempre inovador e para nós o fim dos tempos pode já estar a pleno vapor. Aqui, a Zorra (que não é a esposa do Zorro) está solta. Ninguém compreende mais nada. Ninguém acredita em mais nada. E os larápios mentem, negam e fincam pé no Poder, já de olho nas próximas eleições. Com certeza, os que não forem cassados, darão um jeito de retornar, pois este povinho danado de desorganizado e desmemoriado vão votar neles. Nem que seja a cabresto. 

E agora, Zé?