"Eu protesto! Eu vou imputar um mandado de segurança. O maior sou eu, sempre fui eu!"

“Eu protesto! Eu vou impetrar um mandado de segurança. O maior sou eu, sempre fui eu!”

Onde quer que se ouça o nome LULA, vem inexoravelmente o título de PRESIDENTE, que ele PERDEU depois que deixou a Cadeira Quente no Planalto. Então, por que todo mundo a ele se refere com a deferência à qual não mais faz jus? “Até a “Imprensa Reacionária e Injusta”, que os petralhas teimam em dizer que persegue o “coitadinho do barbudinho da mamãe”, escorrega neste quiabo. Ou há mais alguma coisa por detrás disto que os Zé Nings brasileiros não estão sabendo? Um acordo “tácito” entre a Imprensa Reacionária e os lulistas para manter na mente da plebe ignara a imagem de bom moço que o Cachacinha construiu no tempo em que mentia à sorrelfa? E não me venham dizer que é porque ele é Presidente do PT, que não é verdade. O Presidente do PT é Rui Falcão, um cãozinho de estimação do Lula, que lhe balança o rabo em qualquer situação, mesmo que seja totalmente imoral e criminosa.

Estou enojado com as Instituições "Sólidas" brasileiras que ainda mantêm solto o maior criminoso nacional de todos os tempos: Luís Inácio Lula da Silva. Um lesa-pátria de marca maior.

Estou enojado com as Instituições “Sólidas” brasileiras que ainda mantêm solto o maior criminoso nacional de todos os tempos: Luís Inácio Lula da Silva. Um lesa-pátria de marca maior.

Eu estou enojado com este puxa-encolhe ao redor do maior criminoso brasileiro de todos os tempos. Nem José Sarney ousou tanto. Nem o lendário Paulo Maluf chegou a tais píncaros. Nenhum deles roubou do Brasil para dar de graça a paisecos comunistas sul-americanos. Nenhum deles nos deixou de cuecas diante da comunidade internacional, para construir portos de primeiro mundo em uma ilha comunista de quinta categoria. Nenhum deles ousou mancomunar-se com ditadores africanos para, através de corruptores brasileiros, fingir bancar empresas brasileiras na África em construções que jamais chegaram ao fim, embora tenham desviado do BNDES um oceano de dinheiro suado de nossos lombos. Até porque, fominhas, não iam abrir a mão assim, para ninguém. Por isto, perderam o desonroso título de O Maior Salafrário do Mundo, comandante do Partido mais Patife da face da Terra. 

Não agüento mais, gente. Até a Globo já se cansou do puxa-encolhe e talvez seja isto mesmo que os petralhistas desejem: encher nossos sacos. Assim, a Nação perde o interesse e abandona o osso, até mesmo premida pelo descontrole “desgovernamental” da cupincha nº 1 do Cachacinha. Deste modo, ficará mais fácil aos togados e afilhados legais do petralhismo libertar os presos da Lava-a-Jato e afrouxar os cordões que estão sufocando o Maior Ladrão do Mundo – e Maior Criminoso de Lesa-Pátria que já pisou na terra (que me desculpem os rabinos do Templo no tempo de Jesus). A embriaguez do Carnaval está passando. É tempo de ressaca. Depois será o tempo da dor de cabeça com o dragão chamado inflação. O IR vem aí que vem soltando fumaça pelas ventas. Quem ousou dizer que “não vamos pagar o pato” vai-se arrepender em vermelho e amarelo, pois todos vamos pagar, sim. E com juros e correção monetária, pois os polititicas nunca, em tempo algum, vão abrir mão da teta (ainda) gorda do nosso país. 

“O santarrão está se rebelando, é?” — Alguns sarcásticos hão de pensar ou dizer. Sim, eu estou rebelado. E por que não? Ele, o Senhor do Mundo, também se rebelou e perdeu a compostura diante dos patifes de seu tempo. Imagine se vivesse nos dias atuais e no Brasil. Nem sei o que faria e diria… Mas tenho certeza que se deixar ir para a cruz por este povinho de m… Ele não ia mesmo!

"Já está desesperado, é? E olha que eu ainda nem comecei!""

“Já está desesperado, é? E olha que eu ainda nem comecei!”

Ao menos eu digo o que sinto, não é? Estou enojado; estou revoltado; estou vomitando de asco diante da pouca-vergonha que escarnece do país até no Supremo. Rodrigo Janot se esquiva de punir a Doida do Planalto. Por que? Vá saber! Do jeito que vai, ainda teremos de agüentar a peste por mais três anos. Vai ser o diabo. Creio que, ao final, nem mesmo os petralhas estarão aplaudindo a zorra que ela vai aprontar, pois, pelo que vejo, está somente “arrumando o palco” para levar à ribalta da Política Internacional a peça mais bufa dentre todas as que estão na fila tétrica. Vamos tirar a desgraçada na raça, gente. Se esperarmos pelos polititicas isto não vai chegar a lugar nenhum. Não se esqueçam de que a eles qualquer má situação do país jamais atingirá, pois estão fortemente blindados pelas Leis que eles mesmos criaram à revelia da Constituição que eles mesmos aprovaram. 

Creio que é tempo de voltarmos a cantar ufanamente: “Pra frente, Brasil, Brasil!/Fora o petrolão!”. O bicho está pegando e o povo ainda está sambando…

Não vai prestar.