"Caramba, cara, esta sujeira não vai ter fim, não?"

“Caramba, cara, esta sujeira não vai ter fim, não?”

Não é que um governo seja igual ao outro. O que acontece é que o SISTEMA PODRE DE SE PRATICAR POLÍTICA não mudou nem uma vírgula como resultado desta grande barafunda em que nos lançaram os desgovernos petralhas de Lula e Dilma. Vejam só este exemplo: há em Goiânia (e no Rio, e em São Paulo e em todas as cidades brasileiras) um sistema comercial de compra e venda de votos que absolutamente em nada foi alterado. Fala-se nele amplamente. Escreve-se sobre eles em todos os jornais e revistas do país. Mas nunca é efetivamente combatido. Pessoas há que durante as eleições se dedicam integralmente a trabalhar para um candidato, que lhe paga, evidentemente, comprando votos de quantos puderem convencer a vendê-los. Ora, é justamente esta população que grita e esperneia e vai às ruas contra o “status quo” que está aí, nos desmoralizando para o mundo todo (para nós não há desmoralização, senão que a manutenção pétrea do vício da corrupção). E isto está quase bem claramente expressado nos jornais daqui. Em Goiânia ainda vige com força o coronelismo do assassinato, quando um político se vê ameaçado pelo cidadão que esperneia contra a roubalheira entronada no Poder. Há uma pequena nota no meu Face, que postei outro dia, e que se constitui em um questionamento à população sobre se alguém já viu algum diretor de OS dando entrevista; se alguém sabe onde se encontra tal ou qual OS fisicamente instalada e à qual o Governo de larápios transfere as verbas estaduais para que cuidem da exploração dos serviços essenciais que é dever do Estado prestar aos cidadãos. Ninguém respondeu às perguntas que ali fiz. E isto é porque até hoje, a maioria esmagadora de nossa população não faz idéia de onde se escondem os que devem trabalhar na Diretoria de tais Organizações. São como fantasmas. São como os Diretores das empresas de telefonia. Você não vai jamais conseguir entrar em contato com um Diretor ou Administrador da TIM, por exemplo. Eles não estão no país. Mas as diretorias das tais OS deveriam estar aqui. No entanto, a pergunta é: Onde?

"Ih! Já tem gente falando demais...".

“Ih! Já tem gente falando demais…”.

Já nesta semana saiu, milagre!, uma notícia bomba altamente incômoda para os vampiros políticos goianos. Eis um trecho da reportagem que foi ao ar, (para meu espanto, visto que no Estado, a TV e os jornais são manietados. Ficam geralmente apenas nas noticiazinhas dos resultados macabros da ação criminosa política, como a morte à míngua de pessoas nas UPAS sem condições mínimas de atendimento, por exemplo. Não lhes é permitido falar francamente dos crimes de lesa-pátria cometidos pelos Caciques daqui, senão…) sobre um primeiro escândalo revelado por trambicagens através de O.S.:

Este é o CREDEQ de aparecida de Goiânia. Cinco milhões já se escafederam por ali e ninguém sabe para onde foram.

Este é o CREDEQ de aparecida de Goiânia. Cinco milhões já se escafederam por ali e ninguém sabe para onde foram.

“O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) apura o repasse de R$ 5 milhões a uma Organização Social (OS) selecionada para administrar o Centro de Tratamento para Dependentes Químicos (Credeq), em Aparecida de Goiânia, Região Metropolitana da capital. O órgão questiona o fato do montante já ter sido repassado mesmo que a unidade esteja fechada e ainda sem funcionar. O governo do estado questiona o valor.” “De acordo com o Credeq, a obra já está 99,7% pronta. A unidade de saúde deveria ter iniciado o atendimento em 2014, algo que não ocorreu. No entanto, desde então, a Comunidade Luz da Vida – O.S. que vai comandar o centro – vem recebendo as verbas. O MP-GO aponta que esta situação é uma “aberração”. (Fernando Krebs) diz que “O contrato de gestão é claro: é pra gerir e operar o Credeq de Aparecida. O Credeq teria que existir e funcionar. Ele não existe nem funciona. Portanto, o Estado estaria fazendo uma doação pra OS, o que é uma aberração”, afirma o promotor de Justiça Fernando Krebs”. “Segundo balancete que consta no site do Credeq, a OS vai receber, até 2017, quase R$ 29 milhões pelo serviço. Desse total, já foram repassados R$ 5 milhões. O documento destaca que o atendimento não vem sendo feito, mas que isso deve começar a ser realizado a partir do próximo mês de julho”.

"Cara, mexe aí não! Você vai-se enrolar todo! Isto é assunto pra cobra criada."

“Cara, mexe aí não! Você vai-se enrolar todo! Isto é assunto pra cobra criada.”

É sempre assim. Quando a notícia de uma maracutaia explode na Imprensa, logo aparece alguém telecomandado, geralmente um infeliz Secretário de Estado ou de outra coisa qualquer, para afirmar que o serviço será prestado a partir de tal ou qual mês ou ano. Embora não explique de modo algum a razão de o dinheiro estar sumindo depressinha nos ralos da corrupção muito antes desta previsão a toque de caixa. E o povo? CALA-SE. Ninguém vai às ruas gritar e exigir explicações.

Nós ainda estamos muito acomodados.

Esta história de O.S. foi um desvio torto que os polititicas encontraram para continuar desviando nosso dinheiro para suas contas aqui e no exterior. Não nos enganemos: eles não vão deixar a teta facilmente. Nem o Moro lhes mete medo. Nem a Lava-a-Jato os atemoriza. Tão logo a Polícia Federal descobre um sistema, já outro bem sofisticado é criado e posto imediatamente em ação. Se os brasileiros não ajudarem, como pedem os Procuradores da Lava-a-Jato, a guerra chegará à exaustão e os desgraçados vão continuar com suas bundas fétidas nas cadeiras do PODER que, pela Constituição Republicana, é nosso. E quero chamar a atenção para o trabalho brilhante que FENANDO KREBS faz em Goiás. Ele é um herói anônimo, que se bate sozinho contra a “merda polititica” que domina Goiás há quase dois séculos. O que me admira é que ainda não tenha amanhecido comendo capim pela raiz…

Eu vou vencer, pode apostar, meu caro! Vou vencer porque sou herói! Herói nacional. Afinal, fui eu que dedurei os crápulas do PT!

“Sou eu. Voltei! E vim buscar minha parte, podes crer!”

Ontem, fiquei boquiaberto quando vi o Presidente do PTB – Partido Trabalhista Brasileiro, uma extensão do pensamento PETRALHA de Lula em ideologia, Roberto Jefferson, o primeiro delator do Mensalão, deitando falação em propaganda política visando cooptar mulheres para o partido dele. Um insulto que, mesmo causando revolta em muitos brasileiros, somos todos obrigados a engolir. Como sei que os brasileiros ainda não voltaram suas atenções para as ideologias que são a alma dos Partidos Políticos do Brasil, eis aqui o que diz a Wikipédia sobre a ideologia do PTB, criado por Getúlio Vargas: “Sua base eleitoral era (e ainda é) o operariado urbano, com forte ligação com os sindicatos. Ideologicamente, as raízes do PTB são o caudilhismo gaúcho (…) com traços da social-democracia (…). O PTB era (e ainda é), entre os grandes partidos de então, o mais à esquerda, e era (e ainda é) constantemente acusado pelos opositores de ter políticas comunistas (e Segue tendo. Robertão que o diga).

Ora, estamos sofrendo o diabo porque um partido político eminentemente comunista em suas raízes se apossou de nosso Poder. E está grudado nele que nem chiclete em cabelo. Vai ser o diabo tirar o PT de nossos lombos. Agora, eis que o PTB de Jefferson, o ressurreto, vem para dar força aos desgraçados do PT. Vamos amargar o capeta, se não nos armarmos com a Constituição Republicana, que nos foi dada pelos políticos de nosso passado recente e, de mãos dadas, formos para as ruas gritar por “Liberdade, ainda que Tardia”.

Por que estas incongruências acontecem e o povo não reage como nós gostaríamos que reagisse (e neste nós estão os Procuradores da Lava-a-Jato, que insistentemente conclamam nosso povo à união contra o Comunismo através da reação contra os corruptos)? A primeira e mais significativa de todas as respostas está em que somos um país continental e a diversidade de pensamentos e culturas que aqui medram é ampla demais para que se consiga fazer que entrem em sintonia num só pensamento e numa só ação.

Rodrigo Janot tem pressa em prender os cabeções da Polititica e entope o STF com pedido de prisões que, “vazadas seletivamente” para a Imprensa, colocam suas Excelências em apuros e na mira da raiva do povo açulado pelas notícias que não deviam ser dadas antes do tempo. Toda a atenção do Brasil está focada no Planalto Central, onde, neste momento, se decide o obscuro futuro político (ou polititica) dos brasileiros. E desta forma, a periferia política, como é o caso de Goiânia, vai implantando, experimentando e aprimorando outros métodos de roubar o Dinheiro de nosso Erário Público. A nova moda em exploração são as tais OS que já causam revolta nos jovens alunos secundaristas de São Paulo. Pudera! As escolas de lá estão comendo pão seco na merenda, quando não bebem apenas água doce, enquanto a verba para isto foi desaparecida rapidinho por uma OS fantasma. Ao menos a juventude toma a atitude que seus pais levam um tempo precioso para tomar.

"Tá começando a entender, né Mané? Eu não vim para mudar a Lei. Eu vim para complicar a Lei. E vou fazer isto!"

“Tá começando a entender, né Mané? Eu não vim para mudar a Lei. Eu vim para complicar a Lei. E vou fazer isto! Arrepia, Brasil!”

Quanto ao Governo Temer, ele não existe de verdade. É apenas a tentativa de ressuscitar os velhos hábitos da polititica do passado coronelista, oligarca e imperialista, pois quem nasce torto não se endireita nem a ferro. Desde a primeira reunião com os “notáveis” da “deputância polititica” que Temer já mostrou claramente que nada vai mudar radicalmente. E começou pelo velho fisiologismo – distribuindo Ministérios segundo as exigências ávidas dos ditos cujos. E se deixa levar “democraticamente” pelas exigências de velhos sangue-sugas da Nação, voltando em suas decisões quando aqueles se arrepiam ao perceber que também vão ser retirados das tetas gordas da Nação Brasileira. É o vício maldito da Corrupção. Você pode mexer com a vida dos outros, mas eu estou muito bem assim como estou e não permito que você tente mexer comigo. Minhas vantagens já são garantidas pelo tempo. É lei. Estão erradas? São criminosas? Azar! Mudem a Lei para os do futuro, mas para nós, do passado torto, nunca!

E no meio da tibieza de Temer, as intrigas e as tramas macabras acontecem furiosamente nas Casas Legislativas, onde se planeja a toque de caixa meios de se barrar a Polícia Federal e o Moro. É que eles estão mexendo demais onde não deviam. Estão descobrindo o que não deve ser descoberto. Estão pondo às claras o que deve permanecer nas sombras. A guerra é tenaz, feroz, inumana. Os brasileiros não estão inermes, mas estão lentos em reagir. Dilma periga voltar e isto será um desastre sem tamanho. Só sob uma revolta popular sangrenta, que talvez traga de volta as Forças Armadas para colocar ordem na bagunça, é que poderemos cumprir a profecia de João Figueiredo. Dilma não sairá facilmente do Poder que tolamente nós lhe entregamos. Os comunistas disfarçados de Socialistas, não vão soltar o nosso osso sem resistência feroz. Nós estamos mergulhados em um saco de gatos ferozes e ainda não nos demos conta plenamente do perigo em que isto nos coloca.

Não. O Governo de Temer não se assemelha ao desgoverno da Doida do PT. Esta, pelo menos, tem a força e a determinação férrea que é exigida de todo patife comunista. Já Temer tem a tibieza e a frouxidão dos frouxos que se dizem Democratas. Democracia exige tanto ou mais coragem e determinação dos que a praticam do que o velho e caquético Comunismo. Mas quando um país complexo como o nosso lhe cai nas mãos, aí, gente como Temer tem de ter colhões roxos; tem de ter coragem para mudar tudo depressa e radicalmente em ação preventiva de uma revolução que se pode prever como começará, mas não se pode nem suspeitar de como terminará.

Temos de estar totalmente atentos, senão…