RESSURREIÇÃO DE LÁZARO – CXXIV: SEGUNDA LIÇÃO DE HUMILDADE, DO SENHOR.

Deixe um comentário

Yehoshua o doutrinador

Nunca houve professor mais inflexível e, simultaneamente, mais companheiro que Ele. Teve de ser muito duro com aqueles que escolhera para seus Apóstolos, pois eles eram antes de tudo, hebreus. E um Apóstolo do Senhor não podia ter apego a pátrias e valores tolos.

Fazia três semanas que o Senhor estava sumido. Não aparecia nas praças, não aparecia em casa, não aparecia nos morros onde costumava pregar. Os rabis itinerantes estavam cheios de esperança de que logo viesse a notícia de que ele tinha sido assassinado por algum sicário chocado com suas pregações que sempre continham alguma coisa contra o Templo e seus rabinos. Os doze cumpriam rigorosamente o que o Senhor havia determinado, mas sempre ocorria discussão e má vontade quando se tratava de se escolher quem devia limpar a fossa da casa de Míriam de Nazaré, principalmente porque Ruth lhes dissera que o irmão havia deixado a ela a tarefa de fazer que a fossa fosse limpada a cada sete dias. Limpar uma fossa, mesmo que não estivesse cheia de excrementos, era repugnante. A pessoa devia retirar o excesso daquilo com baldes e ir despejar a carga num buraco cavado na mata. Depois de tirar o máximo de sujeira, a pessoa tinha de descer na fossa e raspar o fundo e as paredes, de modo a deixá-la mais livre da caca. Como se não bastasse, a limpeza de toda a casa, do quintal e da frente da moradia tinham de ser levada a efeito pelos homens do Senhor. Mais

PARA ONDE VAMOS NESTE ANO DE 2018?

Deixe um comentário

MICHEL TEMER DE BOCA ABERTA

Velho, sim. Mas não se engane: é raposa venenosa e se não agirmos, vai-se manter no Poder que é nosso até morrer. E como o Diabo não o quer no Inferno, vamos aturá-lo por muito tempo, ainda…

Estamos no reino da Mentira. Nunca, antes, nestes dois últimos séculos, se mentiu tanto e tão descaradamente quanto se mente nesta nossa atualidade estarrecedora. Não me incomodo com a Mentira nos outros países, mas sim com a que domina o quadro político nacional brasileiro. Vamos tomar uma que é a bola da vez, criada por Michel Temer para distrair a atenção do povo, agitar as águas, levantar poeira e esconder as patifarias que rolam à solta nos bastidores das Casas Legislativas, no Palácio do Planalto e até mesmo no Supremo Tribunal Federal, hoje, a meu ver, nem tão supremo assim. Falo da tão aterrorizante Reforma da Previdência. Temer já emplacou uma de suas reformas malditas. Falo da Reforma Trabalhista. Sobrou, claro, para o povão brasileiro, este mesmo que, a partir de amanhã, vai rebolar bundas e peitos e músculos e testículos nos malditos desfiles de porcaria nenhuma. Mais

%d blogueiros gostam disto: