Bom, eis-me aqui de volta. Quem me acompanhou?

Não sei se você, leitor, já se fez esta pergunta. Sei que os agnósticos não se incomodam com o que julgam uma grande tolice. Mas não é mesmo. Tolice é não se preocupar com essa Entidade Misteriosa, Desconhecida, Onipresente, Onisciente e Onipotente. Os que se dizem agnóstico não atentaram para um fato espantoso e que passo a citar. Olhem para as fotos abaixo:

Esta foi a morada que esse ser misterioso e desconhecido nos deu para vivermos nossa epopéia durante o tempo em que quisermos vivê-la. E pelo andar da carruagem, este tempo está-se esgotando por nossa própria responsabilidade.

Quando o primeiro homem foi ao espaço exclamou extasiado: “A Terra é azul!” Hoje, fotos de “nosso lar espacial” no-lo mostram como uma bola belíssima, toda azul manchada de branco, flutuando num espantoso vazio negro, absolutamente negro. Guademos esta informação fotográfica: O espaço sideral é escuro, totalmente negro. Os objetos dentro dele têm sua própria luz, mas o Espaço mesmo é negro.

Comece a se espantar. Nosso planeta, nossa “casa” ou nosso “navio espacial” é ridicularmente pequeno diante dos outros planetas no Sistema Solar. Para não ser totalmente humilhada, a Terra só é maior que quatro planetas.

O que a foto acima devia despertar-nos se fôssemos atentos ao mistério do Cósmos? Ela nos informa que somos ínfimos, mesmo dentro do Sistema Solar, onde a Estrela deste Sistema é de quinta grandeza.

Observemos a estrela Mu cephei, acima. Ela sozinha abarca a área correspondente à órbita de Saturno, o que significa que nosso planeta desaparece totalmente diante de seu gigantismo. O que pretendo chamando sua atenção para esta espetacular maravilha? Pretendo que você, leitor, pare e pense um pouco: se a Terra nem aparece diante da gigantesca estrela Mu Cephei, de que tamanho será uma pessoa nesta dimensão? Uma bactéria seria mil vezes maior que uma pessoa. Então, se o Sistema Estelar Solar é ínfimo, tão ínifimo que seria necessário um microscópio gigante para poder detectá-lo, o planeta Terra sozinho é menor que um pixel (um pontinho de luz que pisca no écran da TV). E uma pessoa seria de que tamanho?

Procurei chamar sua atenção para a ínfinitésima dimensão humana diante de uma estrela que é gigantesca, mas nada garante que no Universo não exista outra tão maior que ela a ponto de fazer que se necessite de um microscópio gigantesco, inimaginável, para que se possa enxergá-la. O Universo está aí, sobre nossas cabeças e a olhos vistos a perder de vista. Certamente tem de haver algum ser de inimaginável dimensão e Poder para o criar. Mas a nossa Ciência finitesimal já descobriu que no Espaço há uma infinidade de GALÁXIAS. Isto mesmo, GALÁXIAS! E não somos capazes de determinar quantas. Vejam o quão curiosa é a forma desta galáxia abaixo:

Esta é a Galáxia ANJO. Está a milhões de anos-luz deste micromicroplaneta
em que vivemos.

Cientistas do mundo todo se perguntam, sem conseguir uma resposta satisfatória: “Por que esta Galáxia tem esta forma tão ‘humana'”?

Agora, vamos juntos pensar nos Templos e na quantidade de religiões exotéricas que inventam um Deus ao qual adoram com rituais os mais diversos e variados. O que nos faz acreditar que realmente há um Deus que criou toda esta maravilha e nos colocou dentro dela com uma consciência privilegiada, ao menos no que tange às formas de vida que há sobre este globo a que chamamos Terra? Onde vive este Ser Fantástico? E mais importante: o que nos faz crer que somos os seres privilegiados do misterioso e desconhecido Deus criador de algo tão incomensurável quanto Ele Mesmo o é? Por que, tendo uma infinidade de Sistemas Estelares à Sua disposição onde pode criar quantas formas de humanidade desejar, Deus escolheu a humanidade terrestre para ser a Sua privilegiada?

Veja você: mesmo sendo ínfimo, um centésimo milionésimo de um pixel, nós descobrimos que esta dimensão em que Ele criou esta Maravilha indiscritível não é única. Simultâneamente há uma infinidade de UNIVERSOS PARALELOS. E também se descobriu que pelo menos em um destes Universos todos nós temos uma cópia nossa. Cópia que vive exatamente dentro de um Planeta Terra tal e qual este que habitamos. Mas parece que nossa cópia não é tão igual no que tange ao modo como vivemos. Sou Psicológo e aposentado. Minha cópia, contudo, pode ser engenheiro e estar em total atividade. Ou pode ser um “Pastor” e viver enganando pessoas de sua realidade como fazem muitos dos que se dizem pastores na realidade que conhecemos. Mas a descoberta não para por aí. Já se foi além. Agora se sabe que não há uma única cópia de nosso Sistema Estelar em outro Universo Paralelo. Há uma infinidade de cópias de nosso Sistema e nossas enquanto pessoas em uma infinidade de Universos Paralelos. No entanto, desconfia-se que tais cópais não são absolutamente iguais a nós nem os planetas que são cópias da Terra são exatamente como a nossa Terra. Em alguns Universos, o planeta Terra está anos-luz à frente do nosso no que tange à evolução dos humanos que o habitam, enquanto em outros, tais seres humanos ainda nem chegaram à condição de macacos humanóides… Por que isto? Quem imaginou tamanha maravilha e por qual razão? Será que nossas cópias também têm um céu a que sejam destinadas depois de um Juízo Final, como nós acreditamos (alguns pelo menos) ou um inferno eterno para onde devem ir os maus? Por que isto?

Como a Ciência desta humanidade representa os Universos Paralelos. Não significa que esta seja realmente sua realidade.

A pergunta mais inquietante é: um Universo contém tudo, abarca tudo e nada, absolutamente NADA pode existir fora dele nem maior que ele. Então, os Univeros Paralelos estão contidos dentro do Universo em que nós temos existência e consciência ou nosso Universo é que se encontra dentro de outro onde seus seres é que têm consciência de nós? Mas um Universo CONTÉM TUDO E NÃO É CONTIDO EM NADA. Como se explica este fenômeno real e objetivo? Ou será que TODOS OS UNIVERSOS estão contidos dentro de algo tão grandioso que é impossível para um ser humano sequer imaginá-lo? Este outro gigantesco e incomensurável Universo é a entidade que supomos existir eternamente e à qual chamamos DEUS?

Pense.