VOCÊ JÁ VIU UMA CONSULTA PÚBLICA FEITA PELAS AGÊNCIAS GOVERNAMENTAIS? SABE O QUE DIABO É ISSO?

Deixe um comentário

https://istoe.com.br/aneel-aprova-abertura-de-consulta-publica-sobre-orcamento-da-cde-2020/

Abra o endereço acima e pasme: não há nada que um leigo, um membro do povão explorado, compreenda. É a isto que as Agências ANEEL, ANATEL e outras que tais fazem como “consulta pública”. Eu entendo que a consulta pública devia ser redigida de modo a esclarecer o público brasileiro quanto ao “ferro” que as Agências Governamentais criadas para defender a gente, vai, para satisfazer empresas vampiras, enfiar nos brasileiros. Na consulta pública, o povo tem o direito de dizer SIM ou NÃO à pergunta que lhe é feita. Mas não é isto o que acontece. Empregando um linguajar absolutamente fechado a quem não é formado em Economia, as AGÊNCIAS PÚBLICAS FEDERAIS que deviam nos esclarecer e nos submeter ao julgamento os desejos espúrios de empresas gananciosas nos enrolam e escrevem tudo o que não nos interessa, mas sim às empresas que estão de olho no aumento dos seus lucros à custa do Brasil.

No mínimo isto pode ser classificado como crime de TRAIÇÃO AO BRASIL. Sim, pois se uma Agência Federal é criada para fiscalizar e impedir que os brasileiros sofram assaltos das empresas sem poder se defenderem, cabe a tal Agência analisar as pretensões da empresa, verificar suas alegações para pleitear algo em proveito próprio e em desproveito do povo e a este submeter a CONSULTA, isto é A PERGUNTA: O POVO APROVA OU NÃO APROVA O PLEITO DA EMPRESA?

Você, como eu, creio que nunca, antes, teve a curiosidade despertada para este instrumento de nossa defesa legal. E exatamente por isto, só a ANATEL nos ferrou sistematicamente em proveito das concessionárias de telefonias que são todas estrangeiras. Agora, vem a ANEEL buscar este artifício para conceder à vampira ENEEL o direito de nos enfiar a mão nos bolsos e nos roubar mais um pouquinho da merreca que ganhamos com nosso esforço desesperado para sobreviver neste país de todo o mundo, menos nosso.

A ENEEL quer-nos impedir de usar a energia solar GRATUITAMENTE. Ela se julga com o direito de nos COBRAR PELA ENERGIA QUE O SOL NOS DÁ DE GRAÇA. Para isto, alega que nós produzimos, com nossas placas solares, mais energia do que precisamos e INJETAMOS NA REDE DE DISTRIBUIÇÃO A ENERGIA EXCEDENTE. Mas não diz que ELE USA E ABUSA DESTA SOBRA, ficando compromissada a nos ceder energia equivalente à que nós lhe demos gratuitamente, toda vez que viermos a usar mais energia do que nossas placas solares produziram. Este direito nos é garantido legalmente por 6 meses. Se não usarmos o excesso, A ENEEL FAZ O USO QUE BEM ENTENDER DESTA SOBRA e não nos paga absolutamente NADA por isto. Logo, ela não tem nenhum prejuízo, como alega para pleitear que paguemos 60% do valor que devíamos pagar a título de “aluguel” da rede de distribuição que “usamos” quando nela injetamos nosso excesso de energia.

A ANEEL – AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA, correu para a tal CONSULTA PÚBLICA (da qual coloquei acima o endereço para que você consulte e procure entender a enrolação), Você,provavelmente, não vai entender nada e é justamente isto o que ambas, Agência do Governo e Empresa exploradora, querem. Você não vota, a ANEEL diz que realizou a consulta pública e ela foi aprovada, visto que não houve manifestação contrária e pronto! A vampira está livre para meter a mão em nossos bolsos e ainda por cima ficar de posse de toda a energia extra que produzimos (e que não é pouca) às custas de nosso sacrífico.

Se você realmente é brasileiro, DIGA AQUI, NOS COMENTÁRIOS, seu “EU VOTO CONTRA A PRETENSÃO DA ANEEL E DA EMPRESA ENEEL

O Brasil lhe agradece de coração.

Acima está a foto do único político que não concordou com a jogada suja dessa Agência. Ele diz que vai constituir uma comissão para chamar a Agência a fim de que se explique relativamente a esta jogada suja. Pode ser apenas uma jogada política, visto que o PSL está enrolado na jibóia da intriga palaciana e o PODEMOS, partido do DEPUTADO JOSÉ NELTON precisa aparecer. Pode ser apenas isto, mas vamos dar um voto de confiança ao Deputado. Ao menos ele é o primeiro a se levantar em favor do povo. Peço aos meus leitores que fiquem atento ao desenrolar desta novela.

Aneel aprova abertura de consulta pública sobre orçamento da CDE 2020 – ISTOÉ Independente – Este texto é grego, para mim. Não ne esclareceu NADA. Qual o tamanho do ferro que a ANAEEL quer enfiar em nós, consumidores? Quanto de lucro será aumentado para a sem-vergonha estrangeira, ENEEL? Por que na Consulta Pública não se esclarece o aumento da despesa sem nenhuma vantagem, para o consumidor? Falam numa linguagem cifrada. Citam despesas fabulosas, na casa de bilhões, mas não especificam quanto será o aumento da despesa para o consumidor, que é o wue realmente nos interessa. Pelo que entendi, não se faz uma consulta pública, mas um comunicado cifrado avisando às empresas interessadas e aos seus investidores o quanto vão lucrar com o assalto legalizado aos bolsos dos cidadãos indefesos.

Deixe um comentário

https://istoe.com.br/aneel-aprova-abertura-de-consulta-publica-sobre-orcamento-da-cde-2020/

BOLSONARO, RELIGIÃO E BRASIL EM PERIGO

Deixe um comentário

Estamos sendo atacados covardemente por um tiranete cruel, membro ativo do maldito Foro de São Paulo. Dizem que o desgraçado está “Maduro”, mas nem o Satanás quer colher este fruto dos abismos infernais. Ainda bem que o desgraçado não possui armas de destruição em massa, senão Bolsonaro e seus evangélicos idiotas já teriam ido pras cucuias e nós com eles.

Sei que falar de modo crítico sobre “O Mito” é mexer com os eternos encabrestados pela idiotice polititica brasileira. Dane-se! Não sou homem de bater cabeça para ninguém sem que este ninguém prove, antes, que é digno, é honesto, é verdadeiro e é corajoso a ponto de se sacrificar, se preciso for, pela defesa da Justiça e da Verdade. Aliás, Justiça e Verdade são duas virtudes que o Homem de Nazaré pregou inflexivelmente e que, entre nós, desceu pelo vaso sanitário há séculos. O Brasil de hoje é povoado por eleitores idiotizados pelo que se chama de Velha Política; por polititicas espertos e perversos; por Partidos que se elegeram Donos dos nossos destinos e por Presidentes incapazes de se firmarem com dignidade, valentia e determinação, impondo-se sobre o Crime Organizado e Desorganizado de qualquer espécie que perturbe, mate e atrase nosso desenvolvimento. E tudo piorou com o advento do desgraçado cuja foto encima este bloco. Preso com privilégios imorais, o Praga de Mãe Nordestino, que nem o câncer pôde levar pras profundas, deita e rola afrontando a dignidade da Polícia Federal com todo o “carinho vermelho” dos Togados que nos envergonham, nos insultam e tripudiam sobre nós.

Quando os brasileiros foram às ruas gritar por alguém descompromissado com a patifaria política que estava desorganizando nosso País, eis que ele, ex-capitão do Exército, surgiu do… NADA. Queríamos os Militares de volta e todos gritávamos pelo retorno deles ao comando de nossas vidas. O mesmo povo idiotizado que, chegado ao fundo do poço, percebeu que a postura covarde de se ajoelhar diante de Deuses de Pés de Barro tinha sido a maior burrice que um povo fez em toda a História da Humanidade, apavorado com o dragão Vermelho que ameaçava destruir tudo, inclusive eles, correu às tontas buscando abrigo nos fardados. Chegáramos à beira do precipício da desorganização total de nossa Unidade como País. Até nosso idioma foi banalizado e desmontado (e está difícil recompô-lo, haja vista o que fazem as repórteres burronas que só conhecem o maldito paulistanês fuleira). Naqueles idos que não são tão idos assim, até Michel Temer foi obrigado a colocar o Exército nas ruas para combater seus companheiros do lado escuro da Força. O Rio de Janeiro tinha-se danado e continua se danando até hoje, pois Witzel não pôde por em prática o que desejava, isto é, combater o crime organizado e desorganizado das favelas cariocas com bala pra valer. E tudo voltou ao que era o plano de destruição de nosso País: bandido e miliciano mata inocente e Policial leva a culpa. O rio retornou aos conformes…

Olhando para o terrível buraco da Vermelhidão Sul-Americana, os encabrestados de todos os Partidos encheram as bombachas e se ajoelharam pedindo socorro aos céus. E alguém lá em cima, fulo com a covardia nacional brasileira, deu-nos de presente ninguém mais que Jair Messias Bolsonaro. E ele veio cercado pelos espertos polititicas nacionais que, antecipando-se ao povo desesperado, logo o cercaram oferecendo-lhe os grilhões de um Partido Político. O que deu de polititicas em sua residência confortável em local privilegiado do Rio de Janeiro não está no Gibi, como se dizia antigamente. E foi de se ver Jairzinho cercado de… Pasmem! EVANGÉLICOS! A Religião dos “loucos pelo dinheiro dos outros” estava disparada na frente dos demais partidos polititicas. O Candidato Militar do Povo era casado com uma Evangélica de carteirinha e, embora se dizendo católico, ele tratou de se mudar de mala e cuia para o lado dos encabrestados religiosos. Pronto! Estava traçado o novo futuro do Brasil: deixaríamos de ser encabrestados políticos para nos tornarmos encabrestados evangélicos. Mas que merda! O povo brasileiro não atentou para o fato de que mesmo sendo ex-militar do Exército, Bolsonaro era militante no Covil de Ali-Babá (também conhecido entre nós como Poder Legislativo) há muitos e muitos anos. Era escolado no que chamou de “Velha Política”. Não era nenhum herói, pois tinha sido impregnado pelo treinamento para oficiais subalternos e, como tal, seu linguajar rude, grosseiro, desrespeitoso, próprio para quem tem de treinar pessoas para serem “buchas para canhões” em guerras nas quais o Brasil nunca se envolveu (graças a Deus, senão eu teria deixado minha carcaça no Vietnam), o linguajar rude e grosseiro, repito, jamais o deixou. Mas os brasileiros, desesperados, sem nenhuma opção que valesse a pena, se lançou todo no apoio às três estrelas de prata que ele carregou, um dia, num passado longínquo, sobre seus ombros. Os “Vermelhos” entraram em pânico. Um militar no Poder, de novo? Impossível! Era preciso acabar com o desgraçado logo no começo. E aconteceu aquele famoso atentando cujo perpetrante amarga um manicômio judiciário até o final de seus dias. Os imbecis vermelhões petralhas só fizeram que a aura de herói do povo brilhasse com a máxima intensidade ao redor do Capitão. E eis que nós lhe demos a faixa presidencial (eu, inclusive). Estávamos empolgados. Esperávamos que ele realmente viesse para pôr cobro aos desmandos e desembestamentos da vermelhidão sobre nós. Afinal, nosso Hino da Independência diz que

“Os grilhões que nos forjava
Da perfídia astuto ardil
Houve mão mais poderosa
Zombou deles o Brasil”

Que sonho, que desvario o de quem bolou a letra do Hino da Independência. O Brasil nunca zombou de tais grilhões nem da Perfídia que sempre permeou e ditou a Polititica Nacional Brasileira e foi por isto que chegamos ao fundo do poço. Mas, voltando aos nossos dias, no delírio de se livrar do perigo Vermelho, os brasileiros votaram no ex-Capitão, já que nenhum General teve colhões para atender aos gritos de socorro desta Pátria Amada e tomar o nosso Poder nas mãos, como fizeram os militares de 1964. Não. Com o rabo entre as pernas, eles se mantiveram quietinhos em seus quartéis… Desculpem, NOSSOS QUARTÉIS. E o ex-Capitão envergou nossa Faixa Presidencial. E aí começou a desgraceira. Meteu os pés pelas mãos, guiados por pastores espertalhões e pelo emburrecimento total religioso de um homem que devia, acima de tudo, ser LAICO! E cometeu a mais abjeta covardia ao se esquecer de que é o Presidente de uma Nação e se ajoelhar diante de um crápula, ladrão, mentiroso e vil para dele “receber a bênção de Deus”. Que Deus? Belzebu? Bolsonaro não teve a consciência de perceber que ao cometer aquele ato repugnante também punha de joelhos diante de um representante do Demônio, o “inimigo número um do evangelismo ganancioso”. TODA A NAÇÃO QUE O TINHA ELEITO PARA LIVRÁ-LA DA ESCRAVIDÃO À POLITITICA ESTAVA DE JOELHOS DIANTE DE UM SER ABJETO E CRIMINOSO. Repito: Naquele fatídico momento, Bolsonaro depunha aos pés do criminoso internacional a Nossa Pátria…

E aí começaram os sustos para os que ainda são capazes de pensar neste país de desesperados irresponsáveis. Jair Bolsonaro abriu as pernas para o Agronegócio e seguiu a velha politica que dizia que ia combater. Perdoou bilhões que os do Agronegócio deviam ao INSS e fez a mesma coisa com a dívida astronômica dos bancos para com nosso INSTITUTO. Mas os hipnotizados brasileiros não se deram conta de que ele já começava com o passo errado. Praticava a mesma velha política que dizia que ia combater. Não estou inventado nada! Está no Google para quem quiser consultar. Vejam uma notícia ali publicada: “Gigantes do agronegócio, principalmente frigoríficos e empresas de alimentos, são os maiores devedores. Além da falta de pagamento em dia, parte dessas grandes corporações tem mais uma coisa em comum: acusações ou condenações na Justiça por crimes de lavagem de dinheiro e desvio de dinheiro público, alguns em operações bem ruidosas como a Lava Jato. A dívida retroativa está atualmente em R$ 15,3 bilhões, de acordo com a Receita Federal. ” (Página da TERRA); E há centenas de denúncias sobre esta atitude francamente traiçoeira daquele que o Brasil pensava que viesse para colocar o País nos eixos. E aí vieram os incêndios no Território Amazônico Brasileiro (que não se restringe ao Pará e à Amazônia, mas também abarca o Centro-Oeste em sua grande parte). Qual a reação de Bolsonaro? Negou de pés juntos que os do Agronegócio tivessem qualquer responsabilidade neste crime de consequências mundiais e culpou, pasmem, as ONG’s que trabalham na região amazônica. Mas a mentira, principalmente a polititica, tem pernas curtíssimas e assim que MACRON usou a desgraça Amazônica como bandeira para se reeleger em seu país, tudo virou de pernas pro ar e a verdade veio à tona. Além dos criminosos eternos, os extratores de madeira de nossas florestas, eis que fundiários também estavam com seus dedos podres metidos naquele fogaréu cuja fumaça sujou até o céu de São Paulo. Mas foi preciso que o MUNDO TODO berrasse contra a inanidade de Bolsonaro para que ele, finalmente, agisse.

Mesmo com sinais alarmantes de que Bolsonaro não tinha força para enfrentar o mais perigoso inimigo de um Governo em todo o Mundo, aqui conhecido por mim como O Covil de Ali-Babá, e no linguajar polititica como Legislativo Federal Brasileiro, nosso povo seguiu firme apoiando cegamente o ex-Capitão agora nosso Presidente. E mal os “novos” eleitos polititicas organizaram novamente as Casas Legislativas e a guerra começou acirrada entre os de colarinho branco e o acreditado “Presidente do Povo”. E este perdeu. Aceitou a sela, o freio e a espora de Mala-Sem-Alça, também chamado de Rodrigo Maia, e seu comparsa tão gorducho quanto ele, o Alcalombo, também conhecido como Alcolumbre, cria e serviçal do mais perigoso criminoso de colarinho branco de todos os tempos: RATÃO CAVEIRA, também conhecido pela alcunha de Renan Calheiros. Os dois partiram, Mala-Sem-Alça e Alcalombo, para a velha artimanha inventada por Temer e que, no desgoverno dele não foi adiante porque a roubalheira explodiu e ele ficou de calças mas mãos: ERA URGENTE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA OU OS VELHINHOS DO FUTURO NÃO TERIAM APOSENTADORIA. Rapidamente os Partidos Políticos, os verdadeiros donos de nosso país, agiram para que seus êmulos, os polititicas, criassem depressinha um fuzuê danado com o perigo que era a aposentadoria dos brasileiros para os bolsos dos bandidos de todos os tipos, investidores ou não, no Brasil de todos os povos. A agitação do Pano de Touro (aquele pano que os toureiros agitam diante dos olhos do touro para o enganar e ao final lhe enfiar a espada no pescoço até o coração) começou com toda a força. Alterar a aposentadoria para economizar R$ 800.000.000,00 em dez anos era o ideal para “os futuros aposentados do Brasil”. E foi aquela água! O Congresso fez uma firula gigantesca, como jamais vista antes, e atrasou o governinho do Capitão Trapalhada em um ano. Finalmente, já tendo outra enganação para o ano de 2019 em mira, os polititicas, sempre liderados pelos paus-mandados dos verdadeiros donos do Brasil, os Partidos Políticos, partiram para os finalmentes. A Reforma da Presidência já havia cumprido com seus objetivos. Agora, era aprovar e pronto, os escravos brasileiros estão condenados à escravidão, como sempre.

Só ficou faltando eu destacar um adendo “sem importância”. Mala-Sem-Alça ficou bolando um plano que, futuramente, lhe dê respaldo para vir a ocupar nossa Cadeira Quente: trazer para seu lado a totalidade da corja de traidores do Brasil. Que detalhe era esse? A mente criminosa do Fofucho da Mamãe não hesitou, pois para pensar maldades ninguém é superior aos grandes polititicas nacionais brasileiros. Mala-Sem-Alça atiçou a gula dos partidos: “Dá pra aumentar o Fundo Partidário!” E num piscar de olhos o fundo de reserva de Partidos Bandidos saltou de um e meio bilhão para três bilhões de reais. Dinheiro sacado imediatamente de nosso Erário Público. Mas… Nosso Erário não está em tão grande risco que foi necessário esmagar mais um tiquinho quem já está sob a sola dos sapatos luzidios dos ladrões de colarinho branco? Como teve reserva para dar dinheiro para Partidos Políticos? Ah, entendemos! Eles são os donos do pedaço e para donos do pedaço nada pode ser negado…

Mas voltemos ao assunto principal e vamos conhecer o “famigerado” Ministraço de Jair Bolsonaro, Paulo Roberto Nunes Guedes, banqueiro, a quemo capitão delegou liberdade total de ação por ser, segundo suas próprias palavras, ignorante em assuntos econômicos. Mas quem é o talzinho? Bom, segundo a WIKIPÉDIA, ” Paulo Roberto Nunes Guedes se tornou Mestre e Doutor em Economia nos Estados Unidos, na universidade de Chicago. Fundou o Banco Pactual e vários fundos de investimentos. Fundou o IBMEC Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais e integrou a equipe que fundou o Think Tank ou seja, um Laboratório de Ideias relativas a investimentos econômicos e coisas assim. No “papular” o homem é um neoliberal de carteirinha e isto é um perigo tão grande ou maior que o vermelhismo para nós. O Liberalismo é o sonho dourado dos milionários e trimilionários mundiais: “toda a riqueza do mundo para nós, as sobras para eles”. E “eles” são os os 80% da população pobre do mundo, na qual quase todos os brasileiros estão inseridos. Se você está por fora deste assunto escabroso, vá a uma boa livraria e compre livros sobre o Livre Comércio e o Neoliberalismo. Se você ainda é capaz de ir além do b-a-bá, vai ficar de cabelos em pé. Temos um homem que não poupará esforços para VENDER até as ruas de nossas cidades, desde que elas, de algum modo, possa ser usada para dar lucro aos investidores internacionais (os Georges Soros do mundo…). Pois é: é nas garras de um homem deste quilate que nosso destino está todo entregue. Haja Deus na Causa!

O Presidente do Povo continuou duro em seu modo de desgovernar o Brasil que nele confiou. Maduro, que nem o Satanás quer, às esconsas atacou nosso país (e só o Cristo em pessoa pode me demover desta idéia) derramando petróleo cru na corrente marítima que, vindo do alto mar, banha a maioria das costas nordestinas do Brasil. E nós estamos, agora, às voltas com a desgraceira idealizada pelos vermelhos madurenhos. Nosso povo, sem nenhum conhecimento do perigo que corria, lançou-se à salvação de nossas praias e dos pobres peixes e aves desamparados diante da brutalidade e imbecilidade do desgraçado comunistinha de bosta venezuelano. Milhares de nós, agora, estão condenados à morte por envenenamento. Um golpe sujo dos vermelhos sul-americanos e que o maldito Foro de São Paulo, que Lulasca acalentou no seio do Brasil, idealizou para não deixar que o capitão consiga fazer alguma coisa útil por nós. Mas Maduro só teve este grande êxito em seu plano covarde e vil porque Bolsonaro não considerou a validade dos órgãos criados em des-governos passados com vistas à defesa de nossas águas e mar. E só depois de meses é que o Capitão Trapalhada se deu conta de que o ataque era pra valer. E só então nomeou um chefe para o órgão encarregado desta defesa. Embora a RBA – REDE BRASIL ATUAL seja uma janela aberta no Google pelos Petralhas vermelhos, conforme consta em seu QUEM SOMOS NÓS (Rede Brasil Atual foi criada em 2009, fruto de parceria entre alguns sindicatos de trabalhadores liderados pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo e Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. As entidades são associadas na Editora Atitude e na Fundação Comunicação, Cultura e Trabalho, ambas entidades de direito privado. ) sua reportagem sobre a invasão do petróleo cru venezuelano deve ser lido mesmo pelos mais radicais bolsomínions, pois o erro de Bolsonaro é mostrado como trunfo pelos comunistinhas de bosta brasileiros. Se Bolsonaro não tivesse deixado a porta aberta para eles, a reportagem jamais teria sido escrita. Ela é a alegria do tiraniquete de bosta da Venezuela. Então, insisto em que ainda que seja comunista, sua reportagem deve ser lida. Não pelo viés político, mas sim pela verdade que escancara a nu.

O que eu, e muitos brasileiros como eu, queríamos de Jair Messias Bolsonaro?

a) que ele fosse um Estadista e soubesse lidar com a polititica nacional com a classe de um Temer e o patriotismo de um Rui Barbosa;

b) que ele fosse realmente um Militar Nacionalista e, não, um serviçal de gente do calibre de um Mala-Sem-Alça e do calibre do criado de Ratão Caveira, o famigerado Alcalombo;

c) que ele fosse realmente um MILITAR BRASILEIRO e, não, um egresso da Caverna de Ali-Babá manipulado por evangelhos gananciosos e bancadas políticas de riquinhos que se julgam especiais.

d) que ele desse um Golpe de Estado e tomasse nas mãos as rédeas de nosso Brasil, combatendo com firmeza e rapidez os ratos que se escondem no Legislativo Brasileiro e no Supremo Tribunal Federal desta Pátria Amada.

e ) finalmente, que ele constituísse um grupo da mais alta capacidade jurídica para minutar uma Nova Constituição, mais enxuta e blindada contra qualquer PEC ou instrumento semelhante. Uma Constituição que, em seus artigos pétreos, além de determinar o impedimento ao Poder Legislativo de se intrometer no Poder Administrativo por quaisquer meios que fosse, limitando claramente as atividades dos políticos ao que devem realmente fazer em prol da Nação Brasileira e definisse como Crime de Traição ao Brasil todo e qualquer envolvimento de políticos e partidos políticos com manobras que visassem desviar nosso dinheiro público, como é feito atualmente; que determinasse prisão perpétua com trabalhos forçados para políticos corruptos e criminosos nacionais e internacionais traficantes de drogas, de pessoas e de armas; que pusesse freios nos Ministros do STF, impondo que também a eles caberia a prisão imediada por traição ao Brasil se e quando decidissem a favor do Crime, como é feito hoje. E que a Nova Constituição fosse submetida ao povo brasileiro para que este, através de votação por toda a Nação, a aprovasse, evitando assim que seus mandatários a distorcessem como certamente o fariam nos quesitos que os pusessem algemas nos pulsos quando cometessem crime de lesa-pátria, como fazem atualmenete.

Era isto que nós, brasileiros que amamos o Brasil, pensávamos que Bolsonaro faria. Mas ele nos decepcionou e nos jogou de volta ao covil dos lobos… Caro Presidente do Povo, este é meu desabafo. O desabafo de um brasileiro que ficou decepcionado com sua atuação em nossa Presidência. Não foi para vê-lo de quatro diante de um STF corrompido e um Legislativo inveteradamente corrupto. Mas ainda que decepcionado, por não ter opção, continuo com o senhor. Isto, porém, não fará de mim um bolsomínion antolhado e vou continuar sendo uma pedra em seu coturno. Pelo até o fim de seu des-governo ou até quando os vermelhos o derrotem fragorosamente e a nós, brasileiros, também.

%d blogueiros gostam disto: