A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO – (CXXXIX): YEHOSHUA NO SINÉDRIO

Deixe um comentário

JESUS E O SERMÃO DA MONTANHA

Com a mesma autoridade e simplicidade com que pregava aos povos, ele se defendeu no Sinédrio e a todos emudeceu.

Antes que Gabriel e Petronius chegassem a Jerusalém, o Rei dos Reis subia as escadarias do Templo em que pontificavam os rabis Caifás e seu sogro Anás. O pátio dos gentios estava quase vazio. Yehoshua encaminhou-se direto para o palácio de Caifás, onde se fez anunciar como o filho de Yoseph, o construtor e esposo de Míriam de Séforis. O rabi permaneceu calado, cenho franzido e olhando fixo para seu criado.

— É ele mesmo? Ele está aí, à minha porta?

— Sim, rabi. É Yehoshua, o mesmo que conheço e vi pregando em Séforis e nas cidades ao redor. O milagreiro de Nazaré. Mais

A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO – (CXXXVIII): O TRANSPORTE DO GENERAL

Deixe um comentário

O General estava maravilhado com tudo que lhe acontecia.

O sofar despertou a todos, inclusive aos romanos. Petronius levantou-se, lavou-se, tomou seu desjejum e já estava aparamentado com suas roupas de general quando um centurião veio-lhe comunicar que havia um mensageiro de Pilatos à porta da tenda desejando falar-lhe. Petronius assentiu com um aceno de cabeça e foi até a saída da tenda. Diante dele, também trajando a farda de general romano, estava o guerreiro prateado que lhe surgira na tarde anterior. Petronius não se abalou. Sorriu para Gabriel e olhou para a montaria que ele tinha a seu lado.

— Tomei a liberdade de lhe trazer este cavalo, senhor general. É um presente de um amigo seu que não quer que eu lhe revele o nome.

Os dois ficaram a se olhar nos olhos e Petronius entendeu que Gabriel se referia a Yehoshua. Sorriu e sem mais dizer saltou sobre a sela do belíssimo alazão, cumprimentou o Centurião com um aceno de cabeça e, rodando o animal pôs-se a galopar em direção a Jerusalém. Ao seu lado Gabriel também galopava num belíssimo cavalo branco. Mais

JOGO DO TARÔ DO EGITO – “CLIENTE”: JAIR BOLSONARO (II)

Deixe um comentário

JAIR BOLSONARO 1Vamos continuar. Ansiedade, eis o que a análise do chakra Ajna nos mostrou como traço predominante na Identidade de Bolsonaro. Mesmo sendo “calejado” no brutal jogo baixo político do Legislativo brasileiro, o Capitão não conseguiu controlar os efeitos deletérios que aquele ambiente macabro lhe suscitou. E se observarmos as entrevistas de nosso Presidente, notamos que ele realmente está em estado ansioso. Corpo tenso, embora procure adotar postura relaxada. Muito ao contrário de seu terrível adversário, o comunista que invoca a todo momento a Democracia em sua fala para enganar a todos os que não têm olhos de ver e ouvidos de ouvir. Haddad é raposa velha, matreira, e está sendo teleguiado pelo chefe da alcatéia de raposas assassinas, o condenado que se auto-intitulou O Jararaca, e que, por absurdo que pareça, manda e desmanda no Brasil de dentro de um cubículo privilegiado na Polícia Federal, graças a um S.T.F. altamente censurável e com clara tendência abjeta comunista. Contra isto tudo é que escolhemos nosso Presidente Popular e não Oligarca — o Capitão, que não é o América, não possui escudo invencível nem força sobre-humana, mas é um capitão de verdade. E um patriota que, como milhares de outros, se revolta e se atira corajosamente no combate à Hidra de Sete Cabeças que tenta abocanhar nossa Liberdade e nossos Tesouros em benefício próprio e de tiraniquinhos de décima categoria, execrados pelo mundo todo, menos pelos dirigentes brasileiros que, graças a Deus, já começam a ser chutados do centro de Nosso Poder. Mais

JOGO DO TARÔ EM CONCORDÂNCIA COM O TESTE PROJETIVO H.T.P.F.

Deixe um comentário

jair bolsonaro 2

Toda pessoa é uma incógnita. Tão incógnita que mesmo ela não se conhece. Quem é este homem? Nosso destino enquanto Nação estará em boas mãos, quando o entregarmos à sua gerência política? Terá ele tenacidade e energias psicoemocionais para enfrentar os tremendos desafios que terá pela frente tão logo vista a Faixa Presidencial?

Este é um novo método de “abrir os Arcanos do Tarô do Egito” criado por mim e em consonância com a Psicologia do Grafismo. Procuro unir os estudos interpretativos da Psicologia do Grafismo aos significados “Ocultos” do Tarô e e de seus Arcanos Mágicos. Eu prefiro, em vez de “Ocultos”, chamá-los Teosóficos. Além de mais clássica, esta designação é atual e foge ao estereótipo negativo e ultrapassado que pesa sobre o termo “Oculto” nas Ciências não convencionais, mas Pragmáticas, como a Física, por exemplo.

Eu sou Psicólogo de formação universitária, mas acima de tudo sou um pesquisador inveterado. A Psicologia é mais um instrumento em minha sede de Saber e Conhecer, Embora tenha clinicado por exatos 18 anos sem interrupção, atendendo adultos, casais e famílias, nunca me considerei um profissional da clínica psicológica, mas sim um pesquisador. Meus pacientes sempre foram cobaias para mim. E eles me enriqueceram muito, mas muito além do que os livros contêm. E o que é melhor: não falhei com nenhum deles. Hoje, “chuteiras dependuradas nas paredes da idade”, dedico-me a pesquisar livrescamente. Mas a amplidão de conhecimentos que adquiri eu não colocaria em uma enciclopédia por falta de tempo. Dito isto, vamos adiante. Mais

A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO – A CURA DA SOGRA DE CEFAS (CXXXVII) – (3)

Deixe um comentário

A VERADEIRA FACE DE JESUS...

Sua vida jamais foi contada com precisão. Ele não deixou que tal coisa acontecesse, naquele tempo.

Uma hora depois de ter saído para colher as ervas com as quais preparar o remédio para a filha do Senador Publio Lentulus o Senhor estava de volta. Trazia uma pequena botija de barro tampada que estendeu ao general romano. Este, estava sentado sozinho sob o sicômoro. Todos o tinham abandonado e ele de certo modo se ressentia daquela atitude. Afinal, os poucos momentos em que privara da companhia dos apóstolos e do Mestre despertara em seu ser uma forte amizade por todos. Mais

A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO – CXXXVI: A CURA DA SOGRA DE PEDRO (2)

Deixe um comentário

BETSAIDA - VILA DE PESCADORES ONDE VIVIA A SOGRA DE PEDRO

Uma vista atual dos arredores da outrora vila de pescadores Betsaida (em aramaico este nome queria dizer exatamente isto: vila de pescadores). Note-se o terreno, íngreme, desértico e pedregoso.

Betsaida era uma vilazinha de pescadores e seus moradores eram pescadores em sua maioria esmagadora. Havia alguns que se dedicavam ao pastoreio de ovelhas, mas o terreno era impróprio para esta atividade. Nos tempos de Yehoshua o Mar de Tiberíades ou Lago de Genesaré ficava bem próximo da vilazinha de pescadores. Na verdade, a vila se situava às suas margens. Betsaida  também era o berço natal de André e Filipe, pescadores como Cefas. tinha sido importante nos tempos do Rei David e nos tempos de Yehoshua havia muitos escombros das antigas fortificações que ali tinham sido construídas. Mais

A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO – CXXXV: A CURA DA SOGRA DE CEFAS (PEDRO)

Deixe um comentário

jesus cristo

Ele também se irritava, como qualquer pessoa.

Após haver curado o leproso em Cafarnaum e ter atendido os rogos do centurião romano, Yehoshua se retirou da cidade. Como sempre, uma multidão de pedintes o seguia desesperada. Não todos doentes e mendigos. Havia, sempre, os que ansiavam por sua ajuda para milagres voltados exclusivamente para o auferimento de bens materiais. Estes, irritavam profundamente o Rei dos Reis. De mal humor, irritado, Yehoshua apertou o passo e até o general romano, acostumado a grandes caminhadas apressadas, teve dificuldade de o acompanhar. Mas à custa de grande esforço conseguiu manter-se ao lado do judeu raivoso. O Mestre logo deixou para trás a gentalha que o perseguia feito moscas varejeiras. O general romano decidiu provocar um diálogo com Yehoshua.

ASSIM O CINEMA RETRATOU JESUS E O CENTURIÃO

Esta cena cinematográfica representando Jesus e o centurião ficou famosa, mas o centurião romano não tinha esta postura arrogante nem o ator faz jus à figura atlética e autoritária do Filho do Homem.

— Vejo que estás irritado. Posso saber a razão? Teus apóstolos ficaram lá atrás e tu não pareces te importar com eles. Por que estás assim? Mais

Older Entries