MINHA REVOLTA -3

Deixe um comentário

PLANTA BAIXA DA CASA ONDE VIVI ATÉ OS 3 ANOS EM CAMPO MAIORAgora, voltemos ao livro que venho escrevendo na Luz Ódica durante esta encarnação. Já no meu nascimento começou a complicação. Meus avós maternos não me aceitavam. Meus avós paternos, sim. Então, fiquei com estes e com meu pai e minha mãe na grande casa que vovô possuía na vila de Campo Maior. Era uma casa feita ainda por escravos, com chão de grandes lajes quadradas, telhado com telhas ainda do tempo em que elas eram feitas nas coxas dos escravos. O casarão tinha a forma da letra Z. Entrava-se nele por uma porta de madeira de Massaranduba dando de cara com a porta que abria para o ateliê de costura de papai. Percorria-se um longo corredor que tinha, no lado esquerdo, a parede do ateliê de costura de meu pai. Ele tinha aprendido a profissão de alfaiate, uma das mais destacadas na época. Em seu ateliê havia 9 máquinas Singer com nove costureiros sob seu comando. Eles eram responsáveis pela feitura dos ternos das principais personalidades políticas da região, bem como dos “coronés” que pagavam caro por um terno de linho branco. O corredor era largo, coisa de dois metros, e media, em comprimento, exatamente a profundidade da parede esquerda do ateliê de meu pai, algo em torno de doze metros. Mais

AGORA, É CRIME COLOCAR ÀS CLARAS O QUE ELES FIZERAM À SOMBRA DA VERGONHA E DA HONRA.

Deixe um comentário

ADVOGADO DE TEMER MOSTRA QUE PATIFES TAMBÉM ENVELHECEM

O chefe-mor dos que engordam a conta bancária (com nosso dinheiro repassado pelo criminoso) em defesa descarada do Chefe da Maior ORCRIM do mundo. Quem for religioso ore pedindo que um Diabo da pior espécie o receba no inferno, quando chegar a hora de ele ir para lá. E já está perto, a julgar pelo estrago do tempo…

A defesa de Michel Temer, o Traidor, tem piti de falta-de-vergonha-na-cara. Grita aos quatro cantos do mundo que a divulgação de trechos (friso: trechos) da delação de Lúcio Funaro é criminosa. Por que? Perguntamos nós, os brasileiros. Por que colocar às claras o que o patife andou fazendo às escuras, como um vampiro da noite, é crime? Onde está o Crime? Delatar o chefe da ORCRIM mais safada, mais brutal, mais assassina, mais desumana, mais desastrosa para nosso país é crime? Pelo amor de Deus, alguém meta esses advogados sem ética, sem caráter e sem-vergonha na cadeia. De preferência em uma onde eles sejam estuprados e onde os rios de nosso dinheiro que o chefe da ORCRIM lhes pagou seja tomado pelos aloprados tarados que lá estarão esperando uma bunda nova.  Mais

MINHA REVOLTA – 2

Deixe um comentário

cigano-perde-para-velasquez

Este quadro do MMA representa bem minhas idas à lona na longa luta pela redenção nesta encarnação

Bom, voltei. Ainda vou continuar explicando os motivos porque, aos quase 80 anos, estou profundamente revoltado com o Buda Avalokiteshvara, ou Míriam, a mãe carnal de Yehoshua. No “papular”, a famosa Maria Mãe de Deus (embora Deus não tenha mãe). Você há-de estar-se perguntando: Por que ele está revoltado contra Nossa Senhora “Mãe de Deus”?

A resposta é porque, a esta altura da vida, embora todos os magos que eu conheci me tenham asseverado que eu sou “filho e protegido de Maria Santíssima”, olhando para o meu passado e para minhas últimas frustrações não me parece que a digna senhora esteja mesmo muito voltada para atender aos meus rogos… Embora não possa negar que Ela sempre aliviou meus tombos e me enviou prontamente socorro, quando nos momentos mais encrencados de meu viver, como se verá mais adiante. Mais

MINHA REVOLTA – 1

Deixe um comentário

EU

Eu sorrio pra não chorar, puto da vida.

Não me defino como religioso. Não vou à Igreja Católica, detesto templos Evangélicos (são emburrecedores e a maioria esmagadora dos que se dizem “pastores”  visa o dinheiro e, não, ao Cristianismo); não valorizo mais a Umbanda, nem o Candomblé; não aceito pôr a bunda pra cima e adorar uma entidade tendenciosamente separatista e violenta, como fazem os muçulmanos. Não caibo mais na Teosofia, no Budismo ou no Taoismo. O Druidismo passou a ser primitivo no meu entender. Enfim, chutei o pau da barraca com esta história de religião. Não existe religião para mim. Existem seitas cujos líderes estão mais ou menos interessados em adquirir e acumular riquezas materiais e para isto exploram em benefício próprio o que disse o Pregador de Nazaré. Aliás, por falar n’Ele (o único que merece minha admiração e meu respeito), vendo o que acontece no mundo todo neste Século onde reina todo-poderosa a MENTIRA, acho que perdeu a luta cá embaixo. Quero ver se realmente vai dar a última palavra, quando tudo aqui for pro diabo que o carregue. Mais

A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO – CXVII: YEHOSUA INCOMODA O SINÉDRIO

3 Comentários

Caifás temia as idéias inovadoras de Yehoshua porque elas punham em perigo o Sistema Político-Religioso que os rabis tinham implantado entre os hebreus. 

Caifás recebia a visita do rabi Ezequiel, filho de Josué. A manhã era amena em Jerusalém e a brisa tornava o dia muito agradável. O grão-sacerdote tinha diante de si um homem saudável, de faces rosadas e com expressão de grande alegria em todo ele. Caifás olhava seu parceiro de Templo com desconfiança e preocupação. Mas nada disse, preferendo ouvir o que o outro tinha para lhe contar. Sentado ao lado de ambos, Anás ouvia tudo atentamente.

— Então, vens de Nazaré e sei que perambulaste por lá à procura daquele que se diz ser o descendente de David que faz milagres e prega contrário ao que nossos livros nos dizem. O que tens a nos contar? Vejo que estás com excelente saúde. Aonde foi parar aquele sofrimento que te martirizava? Não vais dizer-nos que tu também foste curado pelo tal rabi milagroso… Mais

A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO – CXVI: YEHOSHUA E SUAS BEM-AVENTURANÇAS.

1 Comentário

No monte Gerezim ele pregou seus melhores sermões.

À noite chovera muito e Siqem amanhecera com muita lama e bastante fria. Mesmo assim, Yehoshua se levantou bem cedo, no alvorecer, mais ou menos às 5 horas da manhã,  fim de se pôr a caminho para o monte Gerezim. Fez o desjejum junto com a família de Jeremiah, onde tinha sido recebido no dia anterior e cujo filho de cinco anos obtivera a cura de sua afonia na última vez em que o Mestre pregara ali. Após a despedida Yehoshua encetou sua caminhada.  Passou pelos vigias romanos que não se incomodaram com sua presença e subiu até o topo do monte. Lá, sentou-se sobre uma pedra e descortinou o vale abaixo. A visão era bonita. Ele fechou os olhos e se concentrou na testa de Cefas. Este, que estava em Nazaré, distante de Siqem (também chamada de Nablus), distante 59 Km de onde o Mestre se encontrava sentiu algo em seu cérebro. Fechou os olhos e sacudiu a cabeça e imediatamente viu Yehoshua sentado sobre a pedra, em Gerezim. Cefas compreendeu que o Mestre chamava seus apóstolos e tratou de juntar todos eles na casa de Míriam de Magdala, a esposa de Yehoshua. Comunicou aos demais o chamamento e todos se aprestaram para encetar a caminhada, inclusive Míriam, a mãe e Míriam de Magdala, a esposa. Junto a elas seguiram Ruth, Marta, e Míriam, todas irmãs do Mestre. Mais

A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO CXV: NOVAMENTE EM SIQEM AOS PÉS DOS MONTES GERIZIM E EBAL

Deixe um comentário

Até hoje os dois morros preferidos por Yehoshua para falar às gentes se mantêm de pé, guardiães da História.

Gerizim é um Monte famoso entre os hebreus, fica bem defronte a outra pequena elevação, o Monte Ebal. Entre ambos estava a pequena vila de Siqem. Há uma semana que Yehoshua tinha desaparecido diante da turbamulta que se desesperava para dele obter cura para seus males físicos. Hoje, com o tempo ameaçando chuva, ele caminhava a passos largos em direção à pequena vila entre os dois morros famosos. Diziam as lendas locais que Noé tinha erigido o primeiro altar ao Santíssimo depois que o dilúvio secara no topo do morro Gerizim. Contava-se, tradicionalmente, que Josué tinha lançado uma maldição sobre o morro Ebal. A história, transmitida oralmente de geração a geração e repetida como um dogma constante dos livros sagrados dos hebreus, dizia que  o Senhor teria falado a Josué, filho de Nun e ajudante de Moisés, dizendo-lhe o seguinte: “Meu servo Moisés morreu. Agora, levanta-te e atravessa o rio Jordão, tu e todo este povo, e vai para a terra que vou dar aos filhos de Israel. Eu vos farei senhores de todo lugar que os vossos pés pisarem, conforme tinha eu prometido a  Moisés. A terra que vos darei  estender-se-á do deserto e do Líbano até o  o rio Eufrates, por toda a terra dos heteus, até ao Grande Mar, a ocidente. Ninguém poderá opor-se a ti enquanto viveres. Assim como estive com Moisés eu estarei contigo e não te deixarei nem te abandonarei e ao meu povo. Sê forte e corajoso, pois farás este povo herdar a terra que jurei dar a seus pais. Sê, portanto, forte e muito corajoso, e cuida de agir segundo manda a lei que Moisés, meu servo, te prescreveu e a esse povo que agora tu guiarás. Não te desvies nem para a direita nem para a esquerda, a fim de que tenhas êxito por onde quer que andes. Não pares de falar deste livro da Lei ao teu povo. Medita no que nele se contém dia e noite, para que procures agir de acordo com tudo o que nele está escrito. Assim farás prosperar teus caminhos e serás bem sucedido juntamente com teu povo. Não te ordenei que sejas forte e corajoso? Não tenhas medo, não te acovardes, pois Eu, o Senhor teu Deus, estarei contigo por onde quer que vás”. Mais

Older Entries Newer Entries