O meu também não, Yehoshua. De tanto ver triunfar as nulidades em todas as áreas do viver e do se comportar dos brasileiros eu sinto vergonha de ter nascido neste país. E cheguei à conclusão que o país onde nasci morreu faz é tempo e eu não me dei conta. Por isto estou ainda aqui, perdido, à procura do que não mais há entre esta gente rasteira: vergonha na cara, patriotismo, hombridade, honra, dignidade, respeito aos valores do País, família, coragem, Verdade, Honestidade e todos os bons atributos que dignificam a pessoa e o país onde ela nasce. Não há mais nada disto entre este povo que verdadeiramente deixou de ser brasileiro há mais de um século. De quem é a culpa? Dos Partidos Políticos? Não, pois eles são criações dessa raça degenerada. Dos Políticos? Não, pois eles são a continuação degenerada do que foi apodrecendo aos poucos ao correr dos séculos desde 1.500. A culpa é de cada uma pessoa que atualmente se diz brasileira. Ela e mais duzentos milhões de seus iguais moldaram a porcaria que, hoje, é motivo de zombaria e asco por gente que nem merece o nome de gente, como os muçulmanos radicais. A culpa é da mentira de todos os séculos, a tal DEMOCRACIA que, criada pelos velhos gregos, foi “ensovacada” pelos norte-americanos e reformada para ser a praga que eles espalham pelo mundo e onde, em sua prática, só eles ganham e o resto perde.

Mais