BOM DIA, CAPITÃO!

Deixe um comentário

Capitão, a propósito: em quem o senhor mirava quando apontava sua arma invisível para a câmera? Nos brasileiros que o senhor traiu?

Bom-dia ao senhor que adora um Deus esquisito, pai da Mentira, da Traição, da Ganância, do Compadrio, da falsidade e da Desfaçatez. Esse Deus que é o protetor da Oligarquia Política que nos esmaga e nos avilta protegendo os Partidos Políticos Malditos de Deus e de Nossa Senhora. Bom-Dia, Capitão!

Depois de conseguir espremer os brasileiros com sua Reforma da Previdência, Paulo Guedes parte para os”finalmentes“… Olhem esta foto. Não dá a impressão de que ele está mostrando o caminho para o qual ele pretende tanger o gado humano brasileiro? Não aquele de quatro patas e dois chifres, não. Falo dos bípedes que pensam que pensam.

Hoje, quero-lhe fazer uma pergunta em nome dos milhões de irmãos meus que estão às voltas com o preço das carnes que são a base da nossa alimentação. É a seguinte: quando seu Ministraço decidiu vender tudo aos estrangeiros, incluiu nestes os comunistas chineses??? Mas seu Governo não era contra esse tipo de ideologia assassina? O senhor sabe quantas pessoas Mao-Tsé-Tung matou na China antes de implantar a filosofia de Morte Socialista? Uma população brasileira, capitão! Isto mesmo: ele matou uma população brasileira entre seus conterrâneos. E hoje, os gananciosos por terra e US$ não se pejam de nos lançarem na agonia da inflação que está-se tornando descontrolada para ganhar dólares, mesmo que estes venham pingando sangue. É isto mesmo, Capitão?

Nós somos a segunda nação com a maior concentração de renda no mundo. Por que isto acontece, Capitão? Esta é fácil. Não jogue para cima de Paulo Guedes, não, pois isto vem desde sua primeira legislatura, lá nos idos de quando o diabo era menino… O quê? O senhor não sabia disto??? Ora, Capitão, o senhor praticamente nasceu dentro da polititica nacional brasileira. Até quando era estudante nas Agulhas Negras o senhor já militava. Como é que não sabia desta vergonha nacional?

Vamos lembrar um pouco de suas promessas de campanha, vamos? O senhor viajou pelo nosso País prometendo varrer a polititica nacional da face das nossas Terras. Era o que todos nós queríamos ansiosamente e, por isto, nós o aplaudimos e até muitos choramos de alegria. Finalmente, o Brasil ia-se livrar dos traidores! Mas tão logo assumiu o senhor caiu de quatro perante Alcalombo e Mala-Sem-Alça. E foi quando os que ainda pensam dentre nós começamos a sentir o aguilhão já conhecido da traição. No início pensávamos que o senhor era a vítima, mas no decorrer deste seu primeiro ano de governo a gente começou a compreender que não, a vítima continuou a ser a Nação Brasileira. Aliás, como sempre. Mudou o tipo de discurso. Tornou-se mais mentiroso, mais falso… Aliás, como são todas as estratégias de guerra, coisa de que o senhor entende de sobra.

Presidente, a propósito de sua popularidade e seu apoio pelos meus irmãos brasileiros, veja o que diz o Datafolha: “Metade dos brasileiros avaliam o desempenho do governo de Jair Bolsonaro como péssimo ou ruim”. Isto, no quesito combate à corrupção, justamente a sua bandeira quando era candidato. Como o senhor explica isto à população que o elegeu? O senhor nos prometia, quando candidato, que iria varrer de nosso Poder os corruptos. Mas o diabo é que em sua família tinha um filhote que estava mergulhado nela até os cabelos. O senhor sabe de quem estou falando, não é? Não vou dizer seu nome para não lhe dar mais visibilidade, pois para qualquer polititica ser visto é o que interessa. Para eles, o ditado popular que diz “falem mal, mas falem de mim” é o ideal. E é o que a Mídia, sua inimiga figadal, segundo seu modo de ver o panorama que ela mostra aos brasileiros, petralhistas ou bolsonaristas, mostra cruelmente em todos os noticiários.

Capitão, o senhor está por baixo. Está apanhando pra valer. Quando é que vai inverter esta situação? Quando será que o Senhor vai conseguir levar à lona o Poderoso Chefão conhecido entre nós como Casas Legislativas?

PORQUE O BRASIL NÃO PODE AINDA SER UMA DEMOCRACIA

Deixe um comentário

Como funciona a Política numa Democracia? Bom, não sou o melhor sujeito para dar aula neste assunto, mas tenho acompanhado atentamente o funcionamento (ou desfuncionamento) dos nossos Três Poderes. E tenho lido alguns artigos de nossa Constituição (confesso que não tenho saco para lê-la in totum). Mas quem mais me mostrou que não temos ainda nenhuma condição Moral, Ética e de Honestidade para praticarmos a Democracia com Justiça e Verdade foi o Poder Legislativo.

Nas duas Casas Legislativas, que em uma verdadeira Democracia funcionam em função das necessidades do país, temos tido sempre, independentemente de qual Partido Político domine o quorum de decisões, indivíduos CORRUPTOS. Interressados unicamente em LEVAR VANTAGEM PESSOAL em tudo. Uma vez eleitos para ocupar aquelas cadeiras, QUE DEVIAM SER ROTATIVAS, COMO REALMENTE O SÃO NUMA VERDADEIRA DEMOCRACIA, eles se perpetuam ad infinitum e não dão chances ao Brasil.

Alcolumbre, Rodrigo Maia e os outros que se dizem “do Centrão” deviam ser retirados de NOSSO PODER definitivamente. Mas quando será que nosso povo vai acordar para isto?

david-alcolumbre-e-renan-calheiros

A foto acima é emblemática. Dois bandidos se afagam e com certeza planejaram uma jogada em que um, sob os holofotes da POLÍCIA FEDERAL, precisava de um tempo na escuridão para se safar, mas para isto necessitava deixar um cupincha em seu lugar. E eis que RENAN CALHEIROS “perde” a Presidência do Senado para sua cria ALCOLUMBRE. E todos engolimos esta farsa… Todos, não, pois eu não engoli.

Maia, ainda não sei como, conseguiu fazer que o Presidente Escolhido Pelo Povo lhe desse respaldo para se manter na PRESIDÊNCIA DA CÂMARA DOS DEPUTADOS, de onde poderá se lançar à Presidência se a caterva de pulhas conseguir um sonhado impeachment para Bolsonaro. Seria a Glória da Criminologia Legislativa. Para mim Jair Bolsojaro praticou o que disse que não praticaria: o toma-lá-dá-cá, onde Maia lhe prometeu apoio em troca de uma possível chance de escapar à Justiça e ainda ganhar nossa Presidência quando Bolsonaro a deixar dentro de três anos, se ele cumprir o que vem afirmando desde candidato.

Enquanto em nosso povo dominar o servilismo vil e a imoral venda de si mesmo a troco de empregos de esmola (cabides públicos), nosso País não poderá possuir uma Democracia Verdadeira. E o Cabide Público é função direta do atraso no nosso desenvolvimento empresarial, daí a razão pela qual “nossas” Casas Legislativas não têm nenhum interesse em dar respaldo ao empresariado brasileiro. É uma equação simples, mas terrivelmente correta. Se você quiser ver a crueza deste crime de lesa-pátria, venha para o Centro-Oeste e veja o que se oferece de emprego para esta gente valente e boa. NADA! Ou este povo se curva aos “polititicas” e lhes toma a bênção, ou vão mendigar vivendo debaixo de uma ponte. Aqui não há empregos que valham a pena. Nada além de no máximo dois salários mínimos. Exceto para os que se curvam a beijar a bunda suja de um polititica. Estes, ganham de cinco a doze mil reais para NÃO FAZEREM NADA, EXCETO BUSCAR VOTOS PARA O IMUNDO TRAIDOR DO PAÍS.

A dignidade individual não é coisa que se compre em bancas de jornais. Nem é algo que se adquira dando suporte a traidores vis de nossa terra. Dignidade e Honra individuais são dádivas que o indivíduo, o cidadão recebe em seu núcleo familiar. Não foi à-toa que os bandidos do PT atacaram impiedosamente a FAMÍLIAR BRASILEIRA que, agora, sob o jugo do EVANGELISMO CRIMINOSO, continua a  ser desmantelada. Até quando vamos suportar isto? Até quando vamos permitir que POLÍTICOS PRESOS E CONDENADOS CONTINUEM “TRABALHANDO” EM NOSSO LEGISLATIVO, SEM REAGIRMOS FIRMEMENTE CONTRA ESTE INSULTO?

Eu não sei e já perdi a esperança de chegar a ver a reação de nossa gente. Mas sinto que um dia este povo reagirá, mesmo que seja tarde demais. Mesmo que seja depois que da Amazônia restem apenas fotos e no seu solo apenas deserto e pó. E pela velocidade com que se derrubam suas matas, este terror não está longe de nós.

Mas um dia o povo brasileiro se dará conta de que era grande e jamais soube verdadeiramente disto…

FALTA DE COMPOSTURA DE RODRIGO MAIA PARA COM MORO É LASTIMÁVEL.

Deixe um comentário

Rodrigo Maia não está com essa bola toda perante a Nação Brasileira. Mesmo encarapitado na cadeira de Presidente da Câmara dos Deputados Federais, ele não passa de mais um MANDATÁRIO NOSSO, logo, EMPREGADO DO POVO BRASILEIRO. Não tem o direito de se inflar como DONO do Poder que é NOSSO. E até onde sabemos, nenhum cidadão abriu mão de seu direito a este Poder. Rodrigo Maia não é amado pela Nação Brasileira. Não fez nada, absolutamente NADA em favor da Nação Brasileira, desde mesmo quando se tornou político, para tristeza de nossa gente. A única coisa que ele sabe realmente fazer é IMPEDIR QUE QUALQUER COISA DE INTERESSE DO PAÍS TRAMITE COM RAPIDEZ DENTRO DA CASA QUE É DO POVO. Mas até nisto ele é títere do jogo sujo dos Partidos Políticos, que não abrem mão das vantagens ilícitas e dos joguinhos traiçoeiros de lesa-pátria. Vemos, os que assistimos à TV Fechada, aquele bando de “polititicas” desfilando com seus paletós azuis-escuros ou cinzas e suas indefectíveis camisas de colarinho branco, pelos corredores da CASA DO POVO atrás de um “líder” que pode atrasar, adiantar, pautar, não pautar, impedir de avançar, desfigurar, adormecer ou engavetar um projeto que não atenda os objetivos escusos de interesses antipatrióticos etc, etc, etc… Interesses esses que agradam em cheio à Oligarquia Política, a qual nem chegou a ser arranhada como era nosso desejo. Interesses seja de Partidos, seja de Coligações Partidárias, seja de Políticos de muita “força” para entortar qualquer coisa que vise o aprimoramento da Moral e da Ética nos que elegemos para governar através de NOSSO PODER.

Qualquer projeto que de alguma forma interesse ao povo brasileiro, mas que certamente vai impactar interesses pessoais ou partidários, imediatamente une partidos e políticos que defendem ideologias contrárias e até irreconciliáveis, como é o caso dos que defendem o comunismo cubano para o Brasil versus os que não aceitam tal monstruosidade sobre nosso povo. É então que o corporativismo político se une e de mãos dadas jamais permitirá que o projeto siga em frente. Acho que é o único momento em que aparentes divergentes na Política se unem como carne e unha. Ah, sim, todos defendendo a Lei e a Justiça.

Esta defesa da Lei e da Justiça tem de ser colocada como o Escudo da Honestidade acima de qualquer dúvida, pois é a fumaça sob a capa da qual políticos indignos podem realizar as mais escorregadias manobras, sempre ao abrigo da Lei, mas não da Justiça.

O jogo é sutil, pois não podem matar a galinha dos ovos de ouro: nós, os contribuintes obrigatórios do Erário Público, que é, por sua vez, a Caverna de Ali-Babá dos maus políticos brasileiros. Esta confraria dos contra o Brasil não pode permitir que projetos de Lei ou qualquer outro instrumento legal avance dentro da CASA DO POVO se tal instrumento ameaça o status quo da corrupção institucionalizada. Se a iniciativa parte do povo brasileiro, os maus políticos se unem como se tivessem sido lambuzados com cola-tudo e se lançam contra tal iniciativa. Distorcem o que a Nação ousou apresentar como Projeto de Lei e cujo objetivo atinge em cheio seus interesses ou os interesses de seus Partidos. Ffoi o caso da Lei das Dez Medidas Anticorrupção. Quando, finalmente, o Poder Legislativo corporativo foi obrigado a aprovar a Lei do Povo, esta saiu um verdadeiro Quasimodo. Quase totalmente desfigurada para a proteção dos Oligarcas.

Nada mudou.

Pelo menos não até agora.

Mas é cedo para desejarmos assistir a mudanças significativas dentro da Caverna de Ali-Babá.

Vemos, agora, Rodrigo Maia já se sentindo totalmente à vontade uma vez que tomou posse da tão cobiçada cadeira da Presidência da Câmara arrogantemente atacando Sérgio Moro e o insultando diante das câmeras de TV. Uma atitude que ele não teria coragem de ter se não estivesse respaldado pela cadeira QUE NOS PERTENCE. No entanto, Senhor Presidente da Câmara dos Deputados Federais, o senhor não deve se esquecer de que A NAÇÃO BRASILEIRA ESTEVE, ESTÁ E SEMPRE ESTARÁ AO LADO DO JUIZ SÉRGIO MORO, AGORA MINISTRO SÉRIGIO MORO. Dificilmente o senhor conseguirá tamanho apoio de nossa Pátria. O senhor afirmou que Moro “conhece pouco a política” e está “passando” daquilo que é sua responsabilidade como ministro”. Não, o Ministro do Povo jamais ultrapassou os limites de sua responsabilidade nem, tampouco agiu, como o senhor afirmou acintosamente diante das câmeras de TV’s, que o trabalho dele não tem nada de mais e é apenas um remendo feito com o Copia e Cola. E posso dizer que se assim é, então está confirmado que essa Casa Legislativa nunca agiu corretamente com nosso País sendo preciso que um Ministro do Poder Executivo recopie e reapresente à Presidência do Poder Legislativo aquilo que este Poder sempre torpedeou e impediu que fosse adiante por ferir interesses escusos de Políticos e de Partidos.

Nós, brasileiros, estamos com o Ministro Sérgio Moro e não admitimos qualquer insulto a ele no esforço titânico que faz para conseguir respaldar a Justiça na Ação da Lei em defesa deste país tão aviltado, tão insultado e tão esbofeteado por políticos de má fama e más ações.

Assinado:

A Nação Brasileira.

PERDOAI AOS QUE VOS OFENDEREM… MAS É POSSÍVEL ISTO NOS DIAS ATUAIS?

Deixe um comentário

Tenho tido choque de Realidade com o que venho escrevendo sobre a Vida Desconhecida de Yehoshua, o Jesus dos que se dizem “Cristãos”. Depois que publico suas falas, volto a lê-las e relê-las a fim de apreender toda a profundidade que há nelas. Sou bom escritor, mas não seria capaz de inventar tais pronunciamentos. Até porque desconheço quase totalmente a Bíblia, principalmente no que tange ao Velho Testamento. Além disto, há um quê de transcendental nos pronunciamentos do Mestre dos Mestres que é difícil captar. Pouca coisa do que Ele fez e disse está lavrado em documentos. A Bíblia é uma coletânea de acontecimentos que, para mim, não fanático religioso, parece sem pé nem cabeça. São fragmentos de fatos que intencionalmente objetivam realçar a divindade de Yehoshua, mas que o tornam algo esquisito, no mínimo. Por isto, eu não seria aprovado num teste mínimo de conhecimentos sobre o conteúdo bíblico do que se decidiu chamar de Novo Testamento.

Entretanto, algumas das sentenças de Yehoshua são eternas. Entre elas, a do título deste post.

Vejo a foto do “Luladrão” com expressão de Mártir religioso. Mãos postas, olhar perdido à frente, expressão de compungido. O próprio Santo do Pau Oco. E leio, nas notificações que me chegam a todo instante no computador, que “há mais perseguição a Lula”. Passo adiante. Quem diz que o patifão petralha é um perseguido é no mínimo puxa-saco-de-imbecilizante-de-carteirinha.

Já a revista Exame dá a notícia de modo crua, sem juízos de valor: “Juíza endurece a prisão de Lula e restringe as visitas de Haddad na condição de seu defensor”. Ora vejam só: eu nem sabia que o Haddad, um antibrasileiro de marca, se tinha tornado defensor do Luladrão. Que desligado que eu sou, né não? Ah, sim: que fim levou aquele sujeito antipático, que advogava o safardácio? Morreu, foi? Que o diabo o leve!

Creio muito mais, absolutamente muito mais, na notícia veiculada em Exame. Ninguém persegue essa “praga de mãe”, como se diz no Nordeste, de onde ele infelizmente é egresso. Ele se perseguiu sozinho, uma façanha e tanto para um ganancioso, iletrado, rude, burro e que, apesar de tudo isto, foi eleito, pasmem, Presidente da República do Brasil. Ele é comunista. Verdade que é um comunistinha de bosta, mas é. Igual a Maduro e seu patrono. Ah, sim, e Luladrão tem como patrono aquele que já está ardendo aos gritos de desespero nas profundas do Hades: Fidel Castro. Como pode ter sido eleito para um país que é definido desde há muito como uma REPÚBLICA DEMOCRÁTICA? Não uma República Socialista, não. Friso: REPÚBLICA DEMOCRÁTICA.

A bem da Verdade, Democracia é o que menos nosso povo conhece. Confundem Democracia com Anarquia. Nesta, tudo pode. Matar pode. Mentir pode. Falsear a Verdade pode. Corromper e ser corrompido também pode. Trair pode, mesmo que seja a pior das trações: aquela contra uma Nação inteira. Luladrão e sua trupe de espertalhões, criminosos conscientes de que o são e que nele grudaram porque nele viram um inocente útil, é o líder da comuna brasileira voltada inteiramente para a prática da mais alta traição a um Povo.

Éramos alegres; éramos festeiros; éramos folclóricos; éramos bons recepcionistas de estrangeiros que nos vinham visitar e se deslumbrar com este país das maravilhas. Éramos tudo de bom. Mas aí veio o Luladrão e nos transformou numa Nação de desesperados odiosos. Rachou nossa unidade em vários fragmentos e lançou estes fragmentos uns contra os outros. Hétero contra Homo. Pretos contra brancos. Ricos contra pobres. Bandidos contra trabalhador. Operários (que jamais o foram, como os tais sem-terra, vagabundos profissionalizados pelo PT, partidão do Lula) contra patrões (menos contra os do PT, todos ladrões de carteirinha e todos traidores do nosso torrão natal; enriquecidos à custa de muita, mas muuuuuiiiiiitaaaaaaaa corrupção). E nosso país virou algo amórfico e caótico. Esta foi a herança maldita dos tempos do Luladrão e sua cria idiota por natureza: Dilma, a Aloprada do Planalto.

“Aloprada é aquela vaca que te pariu, Filho da Pu….”

Mas tem muito mais operários ricos do PT que trabalharam “arduamente” para nos transformar em capachos da Rússia e celeiro de minérios da China. Mas nossa terra é rica porque o Criador assim o quis. Bem que as mineradoras e outras que tais tentam desesperadamente sugar toda a nossa riqueza mineral, mas temos tanta que dá para afogar os gananciosos e ainda sobra de montão. Pena que quem esteja morrendo sejam brasileiros que a VALE Vendida não mais respeita nem zela por eles. Seus malditos açudes ultrapassados há séculos, mataram, matam, e se Bolsonaro e seus Milicos não tomarem providências duras e com punições exemplares aos vampiros do exterior, ainda vamos ver muitas mortes e muito de nossa terra envenenada por séculos devido à falta de respeito dos que compraram a empresa que era nossa e a transformaram em instrumento de desrespeito e morte para nós. Graças a Fernando Henrique Cardoso, diga-se a bem da verdade, um socialista convicto e traidor mais convicto ainda. E só para acrescentar: há anos os Oligarcas mantêm projetos de Lei empacados no Legislativo. Estes projetos, se tivessem sido aprovados, tais calamidades não teriam acontecido. Agradeçamos a eles. Mas não o façamos votando nos desgraçados. São POLITITICAS, isto é, AS MERDAS DAS CIDADES. Nunca mais elejamos tais monstros para administrar o PODER que é nosso.

Aí, um dia, incomodados em suas zonas de conforto e depois de milhares de mortes à torto e a direito, o povo brasileiro se levantou nas panelas e foi para as ruas e mandou às favas o modus operandi dos Oligarcas e elegeu um Presidente militar, coisa que arrepia os pelos dos lombos dos Petralhas, do mais pequeno ao maior de todos. O vocábulo MILITAR faz que todo comunistinha de bosta sinta cólicas uterinas, sejam eles mulheres ou “omens”. Um assassino a soldo foi mandado matar o milico escolhido pelo povão. Falhou e deu como resultado um deputado “bichona” (a palavra é da verve carioca, não minha criação) se apressar em sair correndo do Brasil, pois a casa está ameaçando desabar com força sobre sua cabeça desmiolada. Coisa de petralhas desmiolados.

A milicada brasileira é como cão de fila. Uma vez farejado o osso vai atrás dele e, quando o abocanha, não o larga nem a pauladas. Pois bem, o tal deputado se “depudanou” (neologismo que quer dizer um deputado que se danou; que se ferrou; que levou a breca etc e tal) e, agora, está-se vendendo, ao menos tenta, como vítima de perseguição e ameaças de morte porque é gay (coisa de americanos. Aqui, entre nós, é bichona mesmo). Bom, é verdade que vez por outra um aloprado brasileiro machão pra burro ou bichona enrustido, tanto faz, mata um transviado por nada. Este é um comportamento que fere o principal mandamento da Lei que se diz que é de Deus: NÃO MATARÁS. O sujeito que faz isto, depois de morto vai-se arrepender porque vai fazer companhia àquele a quem tirou a vida estupidamente, pois a Terra tem espaço para todos os tipos humanos e todos têm direito à vida, pois a Vida não é dada a ninguém senão pelo Criador. Só Ele pode pedi-la de volta.

Mas voltando à vaca-fria, os brasileiros elegeram um milico e este encheu o Planalto Central de Milicos de toda espécie. Agora, é milico pra todo lado, para desespero dos que se dizem idiotamente “socialistas” ou “comunistas”, mas que nada sabem a respeito de tais ideologias totalmente fracassadas mundo a fora e História a dentro.

E que fiquem de orelhas de pé, em alerta, pois o Vice-Presidente, também um Milicão de Marca, autorizou a um bando de empregados públicos devidamente confiáveis segundo os padrões militares, a botar o sinete de “Secreto” ou coisa semelhante em documentos que não se deseja que sejam expostos a público antes do tempo. Ora, milico quando põe o selo de “secreto” num papel é porque ali estão coisas que são de arrepiar e fazer cair cabelo de careca.

Vem cacetada pra riba dos desmiolados que um dia sonharam vender estas terras para os tortos do mundo… E isto significa que os novos poderosos não estão dispostos a “perdoar os que os ofenderam”. Vão perdoar, sim, depois de umas boas porradas…

Te segura, petralhada!

CARTA ABERTA A JAIR BOLSONARO (2)

3 Comentários

Provocado, o Presidente desceu até o nível da provocadora. Isto não pode ser admissível em um Presidente do Brasil. Ironia seria mais adequado, mas em nível elevado. O Sr. Presidente do Brasil entra em ansiedade, fica nervoso e parte para o ataque ao nível da emoção, o que não deve acontecer em hipótese alguma.

Este candidato é uma vergonha nacional. Contudo, às vezes nosso Presidente pré-eleito por nós, a ele se iguala em rudeza e agressividade. É preciso que Vossa Excelência se distancie ao máximo desta figura humana que desmerece nosso País.

Vejam a “qualidade” deste candidato que já milita na Polititica há muitos anos. Será que um Presidente do Brasil pode ser sancionado com tamanha falta de dignidade e de respeito humano? Duvido!

A fraqueza de nosso Presidente Eleito está em que ele se deixa levar pela emoção e sufoca com a velocidade de pensamentos que lhe ocorrem no momento de responder a questões de somenos. Classe, Distinção, Fala comedida e firme, Ironia “fina” e falar sem se deixar dominar pela emocionalidade. Isto nosso Presidente Eleito deve aprender e não é nada fácil. O exercício do Poder requer que o Presidente seja também diplomático. O Lula, que se segue neste filme, se mostra muito mais capaz de arrazoar, embora seja também rude e grosseiro, quando pensa que não está sendo filmado. Nosso Presidente eleito não pode se deixar comparar com tal figura abjeta. Observemos como fala o digníssimo Moro com o criminoso Lula. Esta é a regra para homens que se destacam como líderes de nosso povo.

Meu Presidente

Era minha determinação nunca mais comparecer às urnas em meu país. Primeiro, porque já passei da idade da obrigatoriedade de votar. Segundo, porque a ralé que aí está e se apresenta, todo ano, falando os mesmos discursos esgarçados e apodrecidos pelo tempo não me convencem de que realmente tenham ao menos tomado vergonha na cara deslavada. Eu já havia desistido do Brasil. Mesmo nosso povo gritando quase em uníssono pela volta ativa dos Militares ao Poder do Povo, as FF. AA. se mantiveram recolhidas aos quartéis e até hoje não atinei por que razão. Não temos de prestar contas a nenhum país do mundo, pois todos, absolutamente todos, estão ou gravemente doentes ou em estado irrecuperável devido mesmo ao mal que nos assola há décadas: a corrupção tendo o comunismo como agravante. Mais

DÓLAR A R$ 4,00 PERIGANDO A CHEGAR A R$7,00 OU MAIS.

Deixe um comentário

cropped-orisbval-brito-1

Pense, reflita e vote em alguém que não quer mais angústia e dores para nosso país. E você não vai encontrar ninguém assim entre os velhos oligarcas de sempre. 

O Brasil inteiro está polarizado e direcionado para os caminhoneiros. Ficaram tão em destaque que até já ascenderam ao triste status de mentira veiculada através do wattsup. Há uma notícia de que eles entrarão em greve por causa de R$0,40 centavos e pronto: os brasileiros correm aos postos de gasolina para abastecer seus carros e o dólar ganha mais um patamar na ascensão perigosa. A alimentação fica mais cara; os prestadores de serviço aumentam seus preços; os planos de saúde disparam; tudo corre atrás do dólar. A população ralé, aquela que não pode viajar para o exterior a fim de gastar suas economias por lá, aperta o cinto. E tudo por causa dos caminhoneiros? ERRADO. Há muito mais caroço por debaixo deste angu do que a Rede Globo de TV e a Míriam Leitão querem dar a conhecer. Para você, que é tão ou quase tão cego quanto eu neste assunto, fiz um esforço danado para conseguir abrir um pouco a Caixa de Pandora que nos assusta e o resultado vai aqui. Os experts que me perdoem se erro em alguma coisa e se puderem, e quiserem, o blog está aberto para seus comentários capazes de corrigir as possíveis distorções que aqui se contenham. Mas sem insultos, está certo? Então, vamos lá! Mais

RESSURREIÇÃO DE LÁZARO – CXXIV: SEGUNDA LIÇÃO DE HUMILDADE, DO SENHOR.

Deixe um comentário

Yehoshua o doutrinador

Nunca houve professor mais inflexível e, simultaneamente, mais companheiro que Ele. Teve de ser muito duro com aqueles que escolhera para seus Apóstolos, pois eles eram antes de tudo, hebreus. E um Apóstolo do Senhor não podia ter apego a pátrias e valores tolos.

Fazia três semanas que o Senhor estava sumido. Não aparecia nas praças, não aparecia em casa, não aparecia nos morros onde costumava pregar. Os rabis itinerantes estavam cheios de esperança de que logo viesse a notícia de que ele tinha sido assassinado por algum sicário chocado com suas pregações que sempre continham alguma coisa contra o Templo e seus rabinos. Os doze cumpriam rigorosamente o que o Senhor havia determinado, mas sempre ocorria discussão e má vontade quando se tratava de se escolher quem devia limpar a fossa da casa de Míriam de Nazaré, principalmente porque Ruth lhes dissera que o irmão havia deixado a ela a tarefa de fazer que a fossa fosse limpada a cada sete dias. Limpar uma fossa, mesmo que não estivesse cheia de excrementos, era repugnante. A pessoa devia retirar o excesso daquilo com baldes e ir despejar a carga num buraco cavado na mata. Depois de tirar o máximo de sujeira, a pessoa tinha de descer na fossa e raspar o fundo e as paredes, de modo a deixá-la mais livre da caca. Como se não bastasse, a limpeza de toda a casa, do quintal e da frente da moradia tinham de ser levada a efeito pelos homens do Senhor. Mais

VOCÊ SABE COMO SURGIU O ATUAL INSS?

6 Comentários

 

EU

Aprenda, para poder se defender.

Posso dizer, sem medo de errar, que a esta pergunta 90% dos brasileiros responderão NÃO, EU NÃO SEI. E entre estes 90% estão inseridos 100% dos jovens brasileiros com idade até 40 anos, atualmente. Esta absoluta indiferença por medidas governamentais que afetam profunda e diretamente a vida de todos nós é a nossa desgraça. Talvez porque sejamos riquíssimos em águas, terras, flora, fauna e mares e disponhamos de uma incomensurável riqueza no que diz respeito a belezas naturais e a alimentação, nós nos tenhamos tornado preguiçosos quanto a prestar atenção ao que um punhado de pessoas escolhidas para Governar o NOSSO PAÍS fazem quando encastelados nos suntuosos e caríssimos prédios da Administração Pública, desde a Municipal até a Federal.

É responsabilidade nossa, e somente nossa, como cidadãos de um país das maravilhas, o que nos sucede atualmente nos Governos. Desde o Municipal até o Federal. Os políticos não são corruptos sozinhos. TODOS NÓS SOMOS CORRUPTOS e isto não há como negar, esperneie quem espernear. Haja vista o que acontece no ENEN e nos concursos públicos, noticiado insistentemente pela Imprensa Nacional.

Dito isto, vamos ao que interessa a todos nós, principalmente aos jovens de nossa atualidade, cuja Educação Escolar deixou de existir desde quando o PT desgraçadamente assumiu o destino do Brasil e meteu os pés pelas mãos descontroladamente.

Basta uma rápida consulta ao “papai Google” que já se pode descortinar o início do que viria a ser o atual I.N.S.S. – Instituto Nacional de Seguridade Social. Lá está registrado que:

“A previdência social no Brasil deu seus primeiros passos com a Lei Elói Chaves, de 1923, que criou as Caixas de Aposentadorias e pensões (CAPs), que eram geralmente organizadas por empresas e empregados. As CAPs operavam em regime de capitalização, porém eram estruturalmente frágeis por possuírem um número pequeno de contribuintes e seguirem hipóteses demográficas de parâmetros duvidosos; outro fator de fragilidade era o elevado número de fraudes na concessão de benefícios.

Em 1930, o presidente do Brasil Getúlio Vargas suspendeu as aposentadorias das CAPs durante seis meses e promoveu uma reestruturação que acabou por substitui-las por Institutos de Aposentadorias e Pensões (IAPs), que eram autarquias de nível nacional centralizadas no governo federal. Dessa forma, a filiação passava a se dar por categorias profissionais, diferente do modelo das CAPs, que se organizavam por empresas.”

“Ao longo dos anos que se seguiram à ação de Getúlio Vargas surgiriam os seguintes institutos:

  • 1933 – IAPM – Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Marítimos; (Decreto n° 22.872, de 29 de junho de 1933);
  • 1934 – IAPC – Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Comerciários (Decreto n° 24.272, de 21 de maio de 1934);
  • 1934 – IAPB – Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Bancários (Decreto nº 24.615, de 9 de julho de 1934);
  • 1936 – IAPI – Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Industriários (Lei n° 367, de 31 de dezembro de 1936) ;
  • 1938 – IPASE – Instituto de Pensões e Assistência dos Servidores do Estado (Decreto-Lei n° 288, de 23 de fevereiro de 1938);
  • 1938 – IAPETC – Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Empregados em Transportes e Cargas (Decreto-Lei n° 651, de 26 de agosto de 1938);
  • 1939 – Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Operários Estivadores (Decreto-Lei n° 1.355, de 19 de junho de 1939);
  • 1945 – ISS – O Decreto n° 7.526, de 7 de maio de 1945, dispôs sobre a criação do Instituto de Serviços Sociais do Brasil.
  • 1945 – IAPETEC – O Decreto-Lei n° 7.720, de 9 de julho de 1945, incorporou ao Instituto dos Empregados em Transportes e Cargas o da Estiva e passou a se chamar Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Estivadores e Transportes de Cargas.
  • 1953 – CAPFESP – Caixa de Aposentadoria e Pensões dos Ferroviários e Empregados em Serviços Públicos (Decreto nº 34.586, de 12 de novembro de 1953);
  • 1960 – IAPFESP – Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Ferroviários e Empregados em Serviços Públicos (Lei nº 3.807, de 26 de agosto de 1960, art. 176 – extinta a CAPFESP).

Ora, tamanha profusão de Institutos de Aposentadorias e Pensões, considerando que somos, desgraçadamente, geneticamente inclinados para o crime acima de todos os sensos morais de um povo, de uma Nação, não poderia desembocar senão num oceano de corrupção. E foi o que aconteceu. Os aposentados eram sistematicamente lesados e passados para trás.

E aí vieram os Militares, em 1964, com o que os comunistinhas de nada e a Imprensa Safada denominaram de Anos de Chumbo. Eles, Os militares, decidiram que era tempo de colocar ordem no galinheiro e espantar as galinhas de bicos largos e papos gulosos. Para isto, criaram uma Comissão que devia estudar e unificar todos os IAPA’s numa só organização. E foi assim que Eloah Bosny, em 1966, pariu o I.N.P.S. – Instituto Nacional de Previdência Social.

Pronto. Agora, você que ousou me ler, forçado que está sob a pressão dos atuais políticos, os quais jogam sobre nossos ombros seus desmandos e desfeitos a fim de que não os consertemos, mas paguemos os roubos trilionários que fizeram em nosso Erário Público, agora, repito, você já sabe um resumo da História do Instituto ao qual, querendo ou não, no futuro você estará dele totalmente dependente. Principalmente se você é assalariado. Mas sua cultura deve aprofundar-se um pouco mais, pois do conhecimento do que aqui eu resumo vai depender sua reação ao que os políticos de hoje estão fazendo com o seu futuro.

Em 1974 foi fundada a Dataprev. Em 1977 foram fundados os hoje extintos Sistema Nacional de Previdência e Assistência Social (SIMPAS), Instituto de Administração Financeira da Previdência e Assistência Social (IAPAS) e o Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social (INAMPS). Em 1990, o INPS se fundiu ao IAPAS para formar o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). O INAMPS, que funcionava junto ao INPS, foi extinto e seu serviço passou a ser coberto pelo SUS.

Tudo isso que relatoriei acima aconteceu durante os Anos de Chumbo dos comunistinhas de p. n. Em 1985 o nosso Poder deixava de estar nas mãos dos Militares e retornava para as mãos dos Civis. E deu no que deu…

Eu acredito que você tem o DEVER de conhecer a Lei que criou o Instituto Nacional de Previdência Social – INPS, pois quando a História é abolida do conhecimento do povo de uma Nação, esta Nação perde sua Identidade. O resultado é esse aí que nós vemos diariamente nos noticiários das televisões. Então, eis aqui um “tiquinho” da Lei que criou o INPS:

DECRETO-LEI Nº 72, DE 21 DE NOVEMBRO DE 1966.

  Unifica os Institutos de Aposentadoria e Pensões e cria o Instituto Nacional de Previdência Social.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, usando da atribuição que lhe é conferida pelo art. 30 do Ato Institucional nº 2, de 27 de outubro de 1965, combinado com o art. 2º do Ato Complementar nº 23, de 20 de outubro de 1966,

DECRETA:

Art. 1º Os atuais Institutos de Aposentadoria e Pensões são unificados sob a denominação de Instituto Nacional de Previdência Social (INPS).

Art. 2º O INPS constitui órgão de administração indireta da União, tem personalidade jurídica de natureza autárquica e goza, em tôda sua plenitude, inclusive no que se refere a seus bens, serviços e ações, das regalias, privilégios e imunidades da União.

Art. 3º O fôro (= órgão Legal para julgar e dirimir questões relativas ao Instituto) do INPS é o de sua sede ou da capital do Estado em que houver órgão local, para os atos deste emanados. O réu será acionado no fôro de seu domicílio.

Art. 4º O INPS será dirigido por um presidente, nomeado em comissão pelo Presidente do República, por indicação do Ministro do Trabalho e Previdência Social.

Art. 5º Ao presidente do INPS são conferidas atribuições gerais de gestão do Instituto, na forma que o regulamento dispuser.

Eu defendi, e ainda defendo, a tese de que o atual INSS não seja mantido como órgão da Administração Indireta do Governo Federal, mas sim uma Entidade Previdenciária administrada e regida pelo sistema legal privado, mas estreitamente vigiado e fiscalizado pelo Ministério Público Federal e pela C.G.U. – Controladoria Geral da União, no que diga respeito às Auditorias obrigatórias a todas as entidades públicas e privadas; bem como à Ouvidoria totalmente aberta ao acesso do cidadão previdenciário para denúncia e reclamações; à Correição (punição de infrações disciplinares dentro da Administração Privada do INSS) e, através da fiscalização contínua da Polícia Federal sobre os indivíduos eleitos pelos segurados, atuando na prevenção e no combate sem tréguas à corrupção dentro do Instituto. A interferência da CGU ficaria contida dentro do âmbito da Ouvidoria, das Auditorias Anuais e da Fiscalização Policial, para verificar o emprego que a Administração do Instituto de Aposentadoria dos Brasileiros faz da imensa fortuna colocada sob sua guarda e gerenciamento. O Estado não pode deixar totalmente nas mãos de administradores civis o dinheiro do povo, mas também não pode manter controle absoluto sobre ele, visto que se trata de uma POUPANÇA de todos os brasileiros ÚTEIS E ATIVOS NO TRABALHO EMPRESARIAL, que é totalmente desvinculado daquele, público.

Dinheiro é tentação. Muito dinheiro é muita tentação. Assim, a poupança previdenciária dos brasileiros tem de ser fiscalizada pelo Serviço Público Federal, visto que para isto a ele compete todo o Poder Corretivo. Mas a dinheirama do INSS não pode ficar sob a gerência Política exclusivamente, pois a tentação ao roubo é irresistível nos que são designados para lidar com tamanha riqueza.

Eu creio que consegui aclarar para os que me lêem o quanto de responsabilidade temos, todos nós, sobre a poupança que também é de todos nós. Agora, compete aos leitores DIVULGAR este artigo entre seus conhecidos, amigos, parentes e aderentes. Compete a todos debater o assunto, que é de vital importância para o futuro de cada um brasileiro, pois ninguém escapa à velhice e ninguém escapa à Lei de recolhimento mensal da poupança previdenciária.  

 

NO BRASIL ROUBA-SE TUDO. ATÉ A DIGNIDADE DO PAÍS.

Deixe um comentário

Eu sorrindo

Sou um brasileiro que gostaria de ver o Brasil ao menos dar o primeiro passo rumo à sua Grandeza…

Nós estamos aos berros contra os ladrões de colarinho branco que, por sinal, fomos nós mesmos que colocamos nas cadeiras das casas legislativas em todos os níveis, desde o municipal até o federal. Fico achando muito gozado esta grita generalizada. Principalmente contra o “Luladrão” e sua família de rapinas. Ora, por que condenar pessoas que de alguma forma se sobressaem dentre os demais, quando estes demais também roubam à granel? Vejamos o exemplo das bicicletas em São Paulo. O Jornal das Dez da Globo News mostra, com alarde, os roubos e assaltos que vêm acontecendo naquela metrópole. Muitos podem perfeitamente arrazoar com a desculpa de que há tantos ladrões exacerbando a paciência dos paulistanos e incrementando o medo em toda a população porque os políticos vêm roubando nosso Erário descaradamente. Em função disto, os Municípios estão com o pires nas mãos, pedindo esmola literalmente. Os empregos sumiram por causa da corrupção; o desespero tomou conta de muita gente que antes tinham o que comer e, agora, passam fome ou se sentem ameaçados de sofrer tal agrura. Em parte, só em parte, isto é verdade. A realidade é outra e está bem claro: há roubos de objetos de valor, como bicicletas, televisões, computadores, celulares, rádios de automóveis e dos próprios veículos, porque há cidadãos que se prestam a serem receptadores dos objetos roubados. Conhecem os bandidos; bebem cerveja com eles, contam piadas a eles e convivem muito bem com eles, tudo isto sem qualquer sentimento de vergonha diante de tamanho despudor. E até encomendam tal ou qual objeto a ser surripiado do cidadão para incrementar seus próprios negócios, geralmente lojas aparentemente lícitas, onde, desmanchados, descaracterizados, os objetos roubados são revendidos como se fossem legais. Estes cidadãos, que gritam unânimes com os espoliados, acreditam ser honestos porque se revoltam com aquilo que eles mesmos sustentam com sua falta de patriotismo e civilidade. Mais

COMO FAZER PARA ENTENDER O DIABO DO ECONOMÊS QUE NOS SACODE AS VIDAS?

Deixe um comentário

Eu sorrindo

Tá rindo de quê, palhaço!

Não sou economista. E acredito que a maioria dos que me liam e dos que ainda me lêem também não o são. Por isto, por não entender a linguagem cifrada desta coisa dita “Ciência Econômica”, nós vamos aos trambolhões sendo engolidos, espremidos, empurrados de um lado para outro, enfim, esmagados pelos interesses empresariais que só visam com absoluta totalidade o diabo do LUCRO. Este nominho safado esconde dentro de si sangue, suor e lágrimas de todas as gentes desde os tempos de Jesus, o Cristo Cósmico. Nele, no LUCRO, também se oculta o crime hediondo do desmatamento da Amazônia brasileira, a maior de todas as demais, a ponto de abalar perigosamente o clima em nosso país e em toda a “América Latrina” e, quiçá, em todo o planeta. Tudo acobertado pela corrupção dos desgraçados que o povão, em sendo idiotizado e incapaz de compreender o perigo da Má Política, elegeu para desgraçadamente nos governar. É culpa do povo, deste mesmo povo que se revolta, e chora, e se desespera, e é abandonado e morre à míngua esquecido, ignorado e desrespeitado pelos de Colarinho Branco. Mais

Older Entries

%d blogueiros gostam disto: