A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO (CXI ): YEHOSHUA DESAFIA O RABI

Deixe um comentário

Abel era um rabi cego e aguerrido adversário de Yehoshua.

Tu não és bem-vindo à minha leitura! ─ Gritou Abel, dedo em riste, olhos flamejantes de ira. ─ Tu e teus seguidores insultam o Templo e seus rabis! Tu e teus seguidores desfiguram as escrituras! Todos vós devíeis ser presos!

Yehoshua continuou sua caminhada em total silêncio, mas com um sorriso divertido na face. Os que o observavam ficavam confusos com aquele riso estranho, mas alguns começaram a também rir por empatia. O Rei dos Reis subiu ao parlatório e sem qualquer cerimônia empurrou Abel para o lado. Este tentou resistir, mas a força do jovem era bem superior à sua. Tentou, então, uma retirada, mas a mão poderosa de Yehoshua segurou-o pelo braço e o obrigou a permanecer ali, ao seu lado.

— O que queres comigo, maldito? — A face de Abel estava vermelho apoplético. Parecia que ia infartar. Mais

A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO- (CXXXVI): YEHOSHUA COM SUA FAMÍLIA

Deixe um comentário

A VERADEIRA FACE DE JESUS...

Estudos no Sudário levaram a esta face. Seria assim a face do Filho do Homem.

Yehoshua caminhava rapidamente, pondo distância entre si e a turba que vinha aos trambolhões tentando acompanhá-lo. Ao seu lado seguiam seus apóstolos e mais atrás vinham os quase setenta e cinco homens aos quais ele passara a designar como seus discípulos, porque sempre estavam presentes onde quer que estivesse e sempre prestavam a máxima atenção ao que ele pregava. Yehoshua vinha observando a aura daqueles homens e percebendo que elas iam clareando cada vez mais, quase chegando à beleza da aura das mulheres que também estavam quase sempre presentes às suas reuniões. Elas eram muito mais numerosas, mas o Mestre não lhes dava maior destaque porque sabia que o povo hebreu tinha as mulheres em menor consideração do que a que dedicavam às suas ovelhas. Mais

A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO LIV – A DURA PROVA DE PRIMUS (II)

Deixe um comentário

Druidesas colhendo ervas para seus caldeirões.

Druidesas colhendo ervas para seus caldeirões.

A agitação na aldeia ia num crescendo. A população quase dobrara em poucas horas. Sete mulheres montando cavalos pretos saíram em disparada em direção à floresta. Trajavam balandraus negros e tinham as cabeças cobertas por um capuz também negro. Vistas de onde estava Primus elas pareciam algo tétrico e de mau agouro. O romano engolia em seco e tinha as mãos suadas. De seu pensamento não se afastava a inquietante pergunta: “Como poderei interferir com aquela gente perigosa? 

Andava angustiado de um para outro lado sem saber bem o que fazer. Sentia-se frágil e aterrorizado sem a presença de Issa perto de si. Agora compreendia que toda sua força vinha-lhe daquele homem descontraído, sempre sorridente e sempre com as palavras certas para dizer nas ocasiões necessárias ou perigosas. Ele não era um erudito. Não tinha a instrução de um Sábio. Sempre fôra um soldado romano, desde quando se lembrava de seu passado.

Caiu sentado sobre a pedra de onde se levantara fazia pouco tempo. Deu as costas à aldeia e permaneceu angustiado, confuso, sentindo-se invadir por um temor quase irracional. Mais

UM DIÁLOGO NO CÉU

Deixe um comentário

O Arcanjo Gabriel é o escudeiro-mór do Criador.

O Arcanjo Gabriel é o escudeiro-mór do Criador.

Gabriel levantou-se de diante da telona em 4ª dimensão e foi ter com o Senhor. Encontrou-o atarefado no planejamento dos destinos das nações. Suava em bica, não pelo calor, que no céu não tem isto, mas porque as nações do mundo só lhe tinham a oferecer opções erradas e alternativas desastrosas para os próprios dilemas, criados justamente por elas mesmas.

Gabriel permaneceu calado e de pé, sem coragem de dizer nada. Sabia que Deus era brasileiro e estava apreensivo com sua reação àquela surra danada que os alemães tinham aplicado na Seleção do Brasil. Quando Deus estava construindo a Terra, O Diabo estava ao seu lado e infernizava o Criador com propostas despropositadas. Nos países da África ele fez que o Senhor colocasse os animais mais ferozes do planeta e, não satisfeito, fez que também criasse desertos enormes e quentes. Na Antártida tanto atentou a paciência do Criador que Ele cedeu e colocou lá o frio mais congelante do planeta. Resultado: só focas, pingüins e ursos brancos podiam resistir àquilo. Mesmo assim, o Criador deu um jeito de colocar gente por lá e nasceram os esquimós, que, muitos séculos depois, fugindo àquela frialdade toda, vieram dar com os costados na América do Sul e se abancaram de vez num pedaço a que seus descendentes, muitos séculos depois, chamaram Pindorama e os portugueses, Brasil. Mais

CANDOMBLÉ, UMBANDA E ESPIRITISMO DE MESA NÃO SÃO RELIGIÕES

Deixe um comentário

Eugênio Rosa Araújo, juiz  carioca que caiu na antipatia de todos os Exús brasileiros. Te segura, juizão!

Eugênio Rosa Araújo, juiz carioca que caiu na antipatia de todos os Exús brasileiros. Te segura, juizão!

Juizinho babaca, seu! Com certeza ele é do tipo que anda com o livrinho preto nas mãos gritando feito um possesso um nome que ele e milhares de outros acreditam que seja “sagrado”: DEUS!  Na verdade, a palavra “deus” é genérica e não designa ninguém em especial, ainda que este “ninguém” seja uma suposta entidade todo-poderosa que habita nalgum lugar dentro do Espaço, como um ODIM Nórdico, cheio de preconceitos e regras demasiadamente humanóides para meu gosto. Este país em que nasci realmente não existe. E se deu certo foi por acidente. Um monumental acidente na Obra do Espaço Consciente, o Verdadeiro Deus que está em todo lugar, seja ele qual seja, e não é nem de longe percebido pelos aloprados que vivem olhando para o alto à cata de um Deus antropomórfico. 

Sabem de uma coisa? Eu era feliz e não sabia. Sim, eu era danado de feliz quando não me ligava nem de longe nas futricas polititicas, naqueloutras religiosas e naquelas “futibolísticas” e “carnavalísticas”, dois acontecimentos estúpidos que mais açulam a ferocidade animal que ainda trazemos em nós, dos tempos recém-passados, quando ainda tínhamos cauda e grunhíamos como cães, do que causam benefício psíquico e emocional aos seus aficcionados.  Mais

STF X CÂMARA. E O BRASIL, ONDE FICA? E NÓS? O QUE FAREMOS?

Deixe um comentário

E este povo? Não se respeita?

E este povo? Não se respeita?

“Câmara Afronta Decisão do STF e Livra Deputado-presidiário da Cassação”. Esta é a chamada de um artigo inflamado na Folha de São Paulo. É para refletir cuidadosamente. Será que os Deputados enlouqueceram de vez? Será que decidiram peitar as ruas no grito e na raça? Será que perderam totalmente o respeito pelos eleitores e pelo Brasil? Será que decidiram mostrar às claras que são uma quadrilha bem organizada e que nada, nem mesmo o SUPREMO, vai derrotá-los? Será que rixinhas de comadre entre um punhado de ladrões contra o SUPREMO colocou todos os Deputados no mesmo saco? Será que o PT aliado à Banda Podre do PSDB/PMDB decidiram mostrar de vez as garras aos brasileiros? Será, enfim, que vamos caminhando firmemente para uma Ditadura verdadeira em nosso país? Mais