MINHA LUTA COM MOGKULL, O VAMPIRO – PARTE I

Deixe um comentário

Este velho sou eu. Eu, que venho atracado com meu Mogkull desde quando nasci. Nunca o venci, mas ele também nunca me derrotou como gostaria…

Estou, meio contra minha vontade, tentando DE NOVO publicar uma produção literária minha. É uma saga sobre um vampiro. Mas não um vampiro fracote, que chora por amor, que se apaixona por uma mulher e que, pasmem, é capaz de copular e ter filhos. Nada disto. Um vampiro assim não é vampiro coisa nenhuma. Também não se trata de um vampiro que fez “opção sexual” invertida. Não, não. Vampiro é um ser MORTO. Logo, não pode se apaixonar nem, muito menos, ter “opção sexual” transviada. Ele não tem sexo. E não tem sexo porque não pode sentir PRAZER. É um MORTO que não pode descansar porque até na Morte ele é refugado.  E o Vampiro morre sempre que morre um ser humano; mas para sua infelicidade, ele renasce toda vez que nasce uma criança. E isto porque o Vampiro que é Vampiro de verdade vive no Ser Humano. Em seu mais profundo inconsciente tanto quanto no seu inconsciente superficial. Complicado? Não, nem um pouco. O Vampiro é o Mal que, desde quando o primeiro homem pisou na face da Terra, se abrigou como parceiro do Espírito Humano, para desespero deste. Ele estava lá, na forma da famosa cobra que tentou a Eva… Mais

TEMPERANÇA – O QUE FALTA ÀS PESSOAS ATUALMENTE

Deixe um comentário

Este é o contra-soco do Tai-Chi. Quando o adversário dispara o soco, simultaneamente o praticante dispara seu soco também, deslizando seu braço pelo brçaço agressor e com isto desviando seu soco para o lado de dentro do corpo do agredido. A partir daqui dezenas de golpes podem ser disferidos velozmente, finalizando o agressor.

Este é o contra-soco do Tai-Chi. Quando o adversário dispara o soco, simultaneamente o praticante dispara seu soco também, deslizando seu braço pelo braço agressor e com isto desviando o soco para o lado de dentro do corpo do agredido. A partir daqui dezenas de golpes podem ser disferidos velozmente, finalizando o agressor, se o vômer não tiver sido transformado em agulhas que penetrem o cérebro do agressor já no contra-ataque.

Televisão, jornais, revistas e todas as mídias de comunicação audiovisual e de leitura estão bombando com o desespero dos que pensavam que o castelo da Mentira, da Corrupção e da Polititica era indestrutível. De repente tudo começa a ruir por todos os lados e os que se pensavam donos do Poder que Emana do Povo se viram de calças curtas, à luz da Verdade, que lhes queima olhos e pele como deveria fazer o Sol com os vampiros se vampiros existissem.

Por que eles enveredaram por caminhos tão ínvios e traiçoeiros? Por que abandonaram todas as metas e objetivos de justiça que tinham, quando deram seus primeiros passos na Arte da Política e enveredaram pelos crimes da Polititica? Os motivos são vários e tentarei abordar superficialmente alguns deles, aqui.

A vida é um combate sem tréguas. Se a pessoa não está atenta, será atingida por seus golpes e estes nunca são leves. Maltratam, humilham e até matam a alma. É o que vemos acontecer tristemente com os que se pensavam inatingíveis no Castelo de Pesadelos chamado Câmara dos Deputados e Senado Federal do povo brasileiro.

O Tai-Chi-Tchuen ensina que o contra-ataque deve ser fulminante e finalizador. Não se deve dar azo a que o agressor tenha uma segunda chance. O combate na vida contra o Mal que pode nos derrubar, no ringue que não possui intervalo para descanso, deve seguir esta filosofia. Já no primeiro contra-ataque o adversário deve ser finalizado definitivamente, caso contrário ele pode voltar e até vencer a luta. Mais

TEM ALGUMA COISA CHEIRANDO A QUEIMADO, NÉ NÃO, LULA?

Deixe um comentário

"Lula, tá sentindo aí, cumpãeiro? Tô jogando lenha na fogueira!"

“Lula, tá sentindo aí, cumpãeiro? Tô jogando lenha na fogueira!”

 Primeiro, foi a Lava-a-Jato. Uma fumacinha, que se adensou quando o Rei da Mentira e Irmão de Satã juntamente com sua mulher foram presos. Ela, rindo, debochada, como se a coisa fosse de brincadeira. Mastigava um chiclete e se encaminhou para dentro do prédio da PF como se fosse para um estúdio de TV para dar entrevista. Uma semana depois, trocou o sorriso por preocupação. Ninguém viera soltá-los. Nem mesmo viera fazer uma visita de solidariedade. A acomodação deixava muito a desejar. Fazer as necessidades num boi? Comer de marmitex? Não ter direito a passeios em iates de luxo e hotel de primeira? Logo ela? Tenha paciência! E de repente a língua começou a coçar…

A coceira na língua da mulher do Rei da Mentira foi a fumacinha que tirou o sono ao maior Ladrão que o Brasil já teve e jamais terá: a alma mais honesta do PT. Mas a fumacinha começou a mostrar labaredas. É que um punhado de aloucados promotores de São Paulo, doidos para concorrer com o Juiz Federal Moro, se apressaram a fazer desabar o triplex sobre a cabeça meio-calva do maior Ladrão do Brasil: Lula Cachacinha. E de quebra, também pediram a cana para a dondoca que acompanha o safado e seu filhote pernóstico, arrogante e tão ou mais ladrão que o pai.  Mais

O EMPEDRAMENTO DO CARÁTER.

Deixe um comentário

"Meu caráter é perfeito. Eu sou o máximo!"

“Meu caráter é perfeito. Eu sou o máximo!”

Caráter é um vocábulo derivado de outro: caractere. Significa marca indelével. Como a que se coloca na perna de um animal com ferro em brasa. Uma vez ferrado, o caráter ali impresso nunca mais poderá ser apagado. É fixo e indelével. Pode-se até arrancar aquele pedaço da pele, mas na pele refeita ficará a marca da ferida do caráter. Pois bem, em nós, segundo a Psicologia, também nos é fixado um caráter, que nos advém de nossas aprendizagens, de nossas educações de mistura com o que aceitamos como nossas crenças e nossas verdades íntimas, das quais nunca abrimos mão, ainda que possamos adaptá-las a determinadas situações. Eduardo Cunha, como todo ser humano, também possui seu caráter. Mas eu creio que nele, o Caráter empedrou. E empedrou do modo mais desastroso que pode acontecer na Identidade de alguém. Mais