TEMPERANÇA – O QUE FALTA ÀS PESSOAS ATUALMENTE

Deixe um comentário

Este é o contra-soco do Tai-Chi. Quando o adversário dispara o soco, simultaneamente o praticante dispara seu soco também, deslizando seu braço pelo brçaço agressor e com isto desviando seu soco para o lado de dentro do corpo do agredido. A partir daqui dezenas de golpes podem ser disferidos velozmente, finalizando o agressor.

Este é o contra-soco do Tai-Chi. Quando o adversário dispara o soco, simultaneamente o praticante dispara seu soco também, deslizando seu braço pelo braço agressor e com isto desviando o soco para o lado de dentro do corpo do agredido. A partir daqui dezenas de golpes podem ser disferidos velozmente, finalizando o agressor, se o vômer não tiver sido transformado em agulhas que penetrem o cérebro do agressor já no contra-ataque.

Televisão, jornais, revistas e todas as mídias de comunicação audiovisual e de leitura estão bombando com o desespero dos que pensavam que o castelo da Mentira, da Corrupção e da Polititica era indestrutível. De repente tudo começa a ruir por todos os lados e os que se pensavam donos do Poder que Emana do Povo se viram de calças curtas, à luz da Verdade, que lhes queima olhos e pele como deveria fazer o Sol com os vampiros se vampiros existissem.

Por que eles enveredaram por caminhos tão ínvios e traiçoeiros? Por que abandonaram todas as metas e objetivos de justiça que tinham, quando deram seus primeiros passos na Arte da Política e enveredaram pelos crimes da Polititica? Os motivos são vários e tentarei abordar superficialmente alguns deles, aqui.

A vida é um combate sem tréguas. Se a pessoa não está atenta, será atingida por seus golpes e estes nunca são leves. Maltratam, humilham e até matam a alma. É o que vemos acontecer tristemente com os que se pensavam inatingíveis no Castelo de Pesadelos chamado Câmara dos Deputados e Senado Federal do povo brasileiro.

O Tai-Chi-Tchuen ensina que o contra-ataque deve ser fulminante e finalizador. Não se deve dar azo a que o agressor tenha uma segunda chance. O combate na vida contra o Mal que pode nos derrubar, no ringue que não possui intervalo para descanso, deve seguir esta filosofia. Já no primeiro contra-ataque o adversário deve ser finalizado definitivamente, caso contrário ele pode voltar e até vencer a luta. Mais

E VAMOS VOLTAR ÀS ARMAS? VAMOS REGREDIR NO TEMPO E NOS TORNARMOS OS CAUBÓIS SUL-AMERICANOS?

Deixe um comentário

Dep. Alberto Fraga, que a Mídia diz ser corrupto, batalha para a liberação das armas para a "defesa do cidadão". Será? Quanto ele está levando do lobby das armas, se for verdade que é corrupto?

Dep. Alberto Fraga, que a Mídia diz ser corrupto, batalha para a liberação das armas para a “defesa do cidadão”. Será? Quanto ele está levando do lobby das armas, se for verdade que é corrupto?

Bandido na rua. Trintoitão nas mãos (bandido de segunda. Os de primeira andam com fuzil AK-47 e superiores). Cidadão diante do bandido. Em vez de levantar as mãos, como ordena o larápio com o coração aos pulos de ansiedade, saca velocissimamente de sua pistola GLOCK, considerada a melhor do mundo porque jamais falha e BANG! fura o crânio do bandido de segunda, que cai fulminado a seus pés. Grande vitória do cidadão!

Vitória? Matar um ser humano nosso semelhante é vitória? Então, por que não vamos a Brasília e fuzilamos em festa todos os políticos irresponsáveis e ladrões assassinos, que nos matam com crueldade nas portas dos hospitais, nas estradas esburacadas e abandonadas pelo Poder Público, nas polícias mal-armadas e mal-remuneradas? Por que não vamos ao Centro do Poder QUE NOS PERTENCE PORQUE EMANA DE NÓS, POVO, mas que eles dominam e mantêm a maior parcela de nós na pobreza generalizada porque assim sujigam os cidadãos ao voto de cabresto?

Houve um tempo em que eu, revoltado com o perigo de morte que minha família corria, até publiquei um artigo (14/02/2014 – MAIS UM; ESTÁ FICANDO BOM…) a favor do dístico da Scuderie LeCocq: Bandido bom é bandido morto. Mas a gente muda e nem sempre age de conformidade com o arroubo emocional do momento. A raiva sempre nos assoma, em determinados momentos da vida. Mesmo Jesus não escapou a isto. A diferença faz quem segura o mau impulso e impõe a Razão sobre ele. Mais