RESSURREIÇÃO DE LÁZARO (CX ): A IDENTIDADE SECRETA DE JOSÉ DE ARIMATÉIA.

Deixe um comentário

JUDAS ISCARIOTES 1Abel deu um salto de sua cadeira, olhos arregalados de espanto e raiva. Não podia acreditar no que ouvia. Tinha mandado buscar Qeryoth para saber quais eram as novas aprontações de Yehoshua, o milagreiro agitador, e o discípulo do Cristo sem rodeios lhe contou a palestra de seu Mestre com os apóstolos e sua família. Não fizera isto por sua vontade, mas porque seu Mestre o havia chamado em particular e lhe avisara de que o rabi o procurava por toda Cafarnaum. E lhe dera ordens expressas de ir ter com o detestado homem e lhe contar com a máxima fidelidade o que ele, Yehoshua, havia dito sobre os Demônios aos seus familiares e seus apóstolos. Yehudhah não compreendera a razão daquela ordem esquisita, mas discordou dela e o disse, como sempre, diretamente ao seu Senhor. No entanto, este lhe impôs que cumprisse com o que ele ordenava e não lhe questionasse razões que não estava disposto a explicar a ninguém. Agora, vendo o rabi Abel avermelhado de ira e com os olhos injetados de sangue, o apóstolo do Cristo se divertia intimamente. “O idiota”, pensava ele, “nunca vai alcançar a sabedoria dos ensinamentos de meu Senhor Yehoshua. É mesmo um asno”. Mais

A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO (CXX): MAIS AÇÕES PERIGOSAS DE YEHOSHUA

Deixe um comentário

Yehoshua

Ele aproveitava qualquer momento para pregar sua Boa Nova. E assim ia traçando seu caminho rumo ao Gólgota.

Os apóstolos estavam atônitos. Yehoshua, depois das curas milagrosas que pusera Cafarnaum em rebuliço simplesmente havia desaparecido. Parecia até que a terra o tinha engolido.

— O que vamos fazer? — Perguntou Cefas a Bartolomeu que, depois de um demorado silêncio, respondeu que o melhor que tinham a fazer era permanecer em Cafarnaum e esperar pelas notícias que certamente surgiriam a respeito de mais milagres levados a efeito pelo Mestre. Ao que parecia, ele estava totalmente entregue àquela missão, ou seja: dar testemunho da entidade misteriosa a que chamava de Pai, custasse o que custasse. Ali mesmo, em Cafarnaum, a balbúrdia era grande. Uns, os que de alguma maneira tinham sido beneficiados pela ação assombrosa de Yehoshua, defendiam-no e ao seu modo de interpretar a Torá escrita. Também lhe davam razão quando combatia sem piedade a Torá oral, aquela que tornava qualquer ação um insulto a Yaveh. A cisão era clara entre o povo. Os que não tinham assistido aos feitos assombrosos do “milagreiro” ou ainda não o tinham ouvido pregando nas sinagogas davam apoio irrestrito aos rabis que combatiam furiosamente não somente a posição de Yehoshua contra o Templo e suas Leis orais, como também os milagres que ele realizava em nome do tal Pai misterioso. Mais

ONDE ESTÃO AS AJUDAS DOS JUDEUS ÀS DESESPERADAS VÍTIMAS DO NOVO HOLOCAUSTO?

Deixe um comentário

Isto ainda é o holocausto. Não de judeus, mas de outros irmãos humanos, o que não faz diferença.

Isto ainda é o holocausto. Não de judeus, mas de outros irmãos humanos, o que não faz diferença.

Quando os hebreus se viram atacados violentamente pelos nazistas alemães, que ameaçavam a se espalhar pelo mundo através de sua ideologia terrífica, o mundo todo se uniu contra eles e defendeu com unhas e dentes um povo que estava na iminência de ser extinto. O tempo passou, os judeus se espalharam pelo mundo, assenhorearam-se dos bancos em todos os países, assim como da maioria de seus órgãos de imprensa, e fizeram fortunas, como os Rothschilds e os Rockefellers, os trilionários do mundo capitalista. A história dos Rockefellers na América do Sul é de pasmar, tamanho foram os crimes de genocídio praticados contra tribos indígenas nesta região, inclusive no Brasil, como é exemplo a tribo dos cintas largas, que tiveram uma totalmente extinta.

Agora, a Síria precisa desesperadamente de ajuda humanitária. Trilionários judeus, como os dois acima, não se movimentam e não há uma única referência a qualquer deles se movimentando para ajudar os novos perseguidos da modernidade feroz em que vivemos. Milhares morrem afogados tentando escapar dos tresloucados em nome de um Deus totalmente aberrante. Milhares morrem de fome perambulando pelas terras européias e centenas vêm dar com os costados aqui, no Brasil, país em que o próprio povo está chegando ao fundo do poço, graças a uma perversa governança do Mal que, por total responsabilidade dos governantes anteriores, foram perdendo o que tinham de melhor em sua formação: a Educação Escolar. Mais