“DEMOCRACIA!” “DEMOCRACIA!” MAS O QUE ELES ENTENDEM POR ISTO?

Deixe um comentário

Minhas idéias podem ser esdrúxulas aos olhos dos calejados na Política, mas eu as considero melhores do que as que foram aprovadas à socapa na Constituição de 1988.

Minhas idéias podem ser esdrúxulas aos olhos dos que são calejados na Política, mas eu as considero melhores do que as que foram aprovadas à socapa na Constituição de 1988.

Podem-me acusar de ser anti-PT. Eu o sou de coração e vísceras. Sei muito bem que ao eliminarmos este partido do conjunto de partidos que pululam em nosso País, ficaremos pernetas e à mercê do único que pode fazer frente aos petralhas: o PSDB. E este Partido já mostrou que é tão podre — e até pior — que o PT, pois enquanto este último quer-nos impor uma ideologia nojenta, escravagista, imoral e retrógrada, aquele é absolutamente traidor de nosso país. É entreguista. E é tão sujo em corrupção quanto os petistas. E agora, que tiveram uma lição cavalar de como aparelhar um país do tamanho do nosso para uma única ideologia partidária, Deus nos livre de lhe outorgarmos o nosso Poder. Eles virão como o diabo sobre nossa nação. Principalmente se permitirmos que escolham o Parlamentarismo de conformidade com o que deseja o judeu José Serra, sem a participação do povo através do voto. O caminho não é esse.

Então, perguntarão meus leitores, qual é o caminho? A resposta que lhes dou é: se me leram no FACE BOOK e aqui também, já têm a resposta: 1) ou optamos por nos afiliarmos, TODOS, a partir dos 16 anos, nos partidos que há por aí (exceto nos que ostentam o perigoso título “comunista” ou “socialista” em suas siglas, pois estes partidos sempre tentarão nos impor o Comunismo ou o Socialismo-Comunista e, como já vimos, este troço é podre). E, uma vez afiliados, levamos para dentro de cada Partido os anseios legítimos de nossa gente, combatendo sem tréguas o imenso viés para a corrupção que sempre haverá nos partidos políticos mercê das ideologias que defendem; ou 2) partimos para a alternativa a esta opção, que é a grande nação brasileira criar um triunvirato de partidos, totalmente seus, com Estatutos próprio e totalmente desligados do rame-rame dos Estatutos que hoje vigem entre os que aí estão. Um Triunvirato de Partidos em que a premissa primeira é “NÃO TE CORROMPERÁS NEM PROMOVERÁS A CORRUPÇÃO”. Este tem de ser o mandamento fundamental dos Três Partidos Brasileiros. Mais

VAMOS PASSAR PARA O PARLAMENTARISMO.

Deixe um comentário

"Hummm... Acho que ele está certíssimo..."

“Hummm… Acho que este sujeito está certíssimo…”

Uma significativa parcela (de corruptos, é bom que se frise) anda desesperada para implantar entre nós um sistema que já foi ventilado há tempos e deu errado, totalmente errado. Mas com a Polícia Federal nos seus calos e o Moro dando “mau exemplo” para a classe de juristas, a saída é pela porta do trambique: Parlamentarismo.

A maioria esmagadora dos brasileiros não faz idéia de quanto este tipo de governo é delicadíssimo e só dá certo quando os políticos têm pelo menos 60% de honestidade, o que nem de longe se configura no nosso meio social. Político, no Brasil, há séculos é sinônimo de Oligarquia, roubalheira, mentira e desrespeito à Nação. É, enfim, crime de lesa-pátria praticado sem qualquer vergonha de quem o comete. Mais

%d blogueiros gostam disto: