“GOVERNO TEMER É IGUAL AO DA DILMA” – PESQUISA DIVULGADO PELA FOLHA.

2 Comentários

"Caramba, cara, esta sujeira não vai ter fim, não?"

“Caramba, cara, esta sujeira não vai ter fim, não?”

Não é que um governo seja igual ao outro. O que acontece é que o SISTEMA PODRE DE SE PRATICAR POLÍTICA não mudou nem uma vírgula como resultado desta grande barafunda em que nos lançaram os desgovernos petralhas de Lula e Dilma. Vejam só este exemplo: há em Goiânia (e no Rio, e em São Paulo e em todas as cidades brasileiras) um sistema comercial de compra e venda de votos que absolutamente em nada foi alterado. Fala-se nele amplamente. Escreve-se sobre eles em todos os jornais e revistas do país. Mas nunca é efetivamente combatido. Pessoas há que durante as eleições se dedicam integralmente a trabalhar para um candidato, que lhe paga, evidentemente, comprando votos de quantos puderem convencer a vendê-los. Ora, é justamente esta população que grita e esperneia e vai às ruas contra o “status quo” que está aí, nos desmoralizando para o mundo todo (para nós não há desmoralização, senão que a manutenção pétrea do vício da corrupção). E isto está quase bem claramente expressado nos jornais daqui. Em Goiânia ainda vige com força o coronelismo do assassinato, quando um político se vê ameaçado pelo cidadão que esperneia contra a roubalheira entronada no Poder. Há uma pequena nota no meu Face, que postei outro dia, e que se constitui em um questionamento à população sobre se alguém já viu algum diretor de OS dando entrevista; se alguém sabe onde se encontra tal ou qual OS fisicamente instalada e à qual o Governo de larápios transfere as verbas estaduais para que cuidem da exploração dos serviços essenciais que é dever do Estado prestar aos cidadãos. Ninguém respondeu às perguntas que ali fiz. E isto é porque até hoje, a maioria esmagadora de nossa população não faz idéia de onde se escondem os que devem trabalhar na Diretoria de tais Organizações. São como fantasmas. São como os Diretores das empresas de telefonia. Você não vai jamais conseguir entrar em contato com um Diretor ou Administrador da TIM, por exemplo. Eles não estão no país. Mas as diretorias das tais OS deveriam estar aqui. No entanto, a pergunta é: Onde? Mais

“YES, WE WILL PAY”

Deixe um comentário

"Agora, sim, vocês entenderam o que nós queremos"

Agora, sim, vocês entenderam o que nós queremos”

Pagaremos pelos gastos irresponsáveis levados a efeito pelo desgoverno Dilma Petralha.

Pagaremos pelas malditas pedaladas que ela deu para levar a efeito seu desgoverno populista sem-vergonha.

Pagaremos pelos robôs campesinos, que nada produzem, mas vestem a camisa vermelha e põem o maldito boné também vermelho em suas cabeças ocas para aplaudir o… nada aliaado ao Crime Político Organizado.

Pagaremos aposentadoria para os vermelhos que nunca colocaram um centavo no INSS, mas foram nele dependurados descaradamente pelo petralhismo maldito. Mais

O QUE É UM PARTIDO POLÍTICO? SOU CAPAZ DE APOSTAR QUE VOCÊ NÃO SABE.

Deixe um comentário

Eu avancei muito ou será que a Instrução Escolar brasileira é que andou pra trás? Eis a questão...

Eu avancei muito ou será que a Instrução Escolar brasileira é que andou pra trás? Eis a questão…

Gente, deixa eu falar sobre um acontecimento que me deixou espantado. Uma pessoa que me conhece, me disse que lê todas as minhas publicações, mas não faz comentário por vergonha. Aí, curioso, eu lhe perguntei a causa de sua vergonha. E para meu espanto ela me respondeu: “É que o senhor escreve tão bem, tão bonito… E eu sou uma droga escrevendo. Meu português é uma droga, reconheço. Aí, fico com vergonha… Será que o senhor não pode escrever mais no popular, mesmo?”

A que nível descemos. E esta pessoa é, pasmem, advogado…

Eu lhe respondi que não. Eu não saberia escrever “no popular” mesmo. Há erros gramaticais de todos os feitios no tal “popular”. Se há pessoas que só sabem se comunicar através do “português popular”, então, para estas, serei sempre alienígena. Que lástima!

Agora, vamos ao que interessa. Mais

CPMF FALHOU. E O SOCORRO ÀS MONTADORAS?

3 Comentários

"Pai, dá um porradão neles por mim! Quando eu crescer vou descer o pau... Se ainda houver em quem bater."

“Pai, dá um porradão neles por mim! Quando eu crescer vou descer o pau… Se ainda houver em quem bater.”

Antes de abordar o tema escolhido, quero dar aqui um grito de alerta aos aposentados DO INSS (os aposentados polititicas não correm este perigo, ainda que um punhado deles dê mais prejuízos ao Brasil que todos nós, do INSS, juntos). Os cacicões do Poder já andam sonhando que o melhor é desmanchar o INSS e mandar para as cucuias os velhos do Brasil. Economizariam, assim, alguns milhões para semi-tampar os rombos da Desmiolada do Planalto. Ah, FHC vai ter orgasmos que jamais experimentou…

Bom, vamos ao que interessa. A Desgovernada do Planalto, mesmo estando mais tonta que barata em cima de veneno, deu mais uma de suas caquéticas cacetadas no escuro. As “coitadinhas” das montadoras de anzóis motorizados (anzóis porque servem indiretamente para que os Governos – Estaduais, Municipais e Federal – mordam mais um “tiquim” do minguado dinheiro dos brasileiros) como eu dizia, a Desgovernada do Planalto estendeu a mão com 8 bilhões de nosso dinheiro para as estrangeiras remeterem para seus acionistas no exterior. Mais

“O POVO NÃO FOI ÀS RUAS PEDIR REFORMA POLÍTICA”

Deixe um comentário

Cientista Político Carlos Melo.

Cientista Político Carlos Melo.

O Cientista Politico Carlos Melo foi o autor da frase. E ele está coberto de razão. O povo brasileiro não foi às ruas pedir que se faça uma Reforma Política. Ele foi às ruas gritar contra a corrupção e reclamar pelo país prometido pela Dilma Rousseff durante a campanha eleitoral para prorrogar sua estada no Palácio do Planalto, mas que, após obter esse direito, deu-lhes de presente um país totalmente contrário; aquele que seu marqueteiro mandou que ela dissesse que seria o país oferecido por seu oponente no pleito. Um país quase falido, onde, descobriu-se, o partido que lhe dá sustentação destacou-se como o maior ladrão dentre os ladrões que estão encastelados no Planalto Central.

Mas devo ser justo. Dilma nunca disse que era petista. Aliás, até onde se sabe, ela apenas aceitou, primeiro: trabalhar com o partido; segundo, o convite que lhe fez Lula para ser sua candidata prometendo-lhe o apoio irrestrito do partido que ele fundou e tem direcionado segundo seus interesses nem sempre honestos. Diz-se, sem medo de errar, que Dilma embarcou numa canoa furada. O PT parecia realmente endossar aquilo em que ela, enquanto brasileira, desejava. Só que o buraco era bem mais em baixo e ela não percebeu. Só quando se viu metida na PETROBRÁS é que, talvez, tenha dado de cara com a lama fétida que o partido que lhe dava sustentação espalhava pela Empresa. Mais

MUNDO DOIDO, BRASIL ALOPRADO COM SEU POVO ALIENADO. TÁ DANADO!

Deixe um comentário

Dilma contesta

“Não é bem assim não! Não é bem assim não! Os Petralhas são honestos. O que não prestou foi a sobra dos PMDBISTAS que nos ensinaram o caminho das pedras! Não votem no PMDB. Nós ainda somos melhores. Nós roubamos, negamos e não devolvemos nada!. E VIVA O PT, DESGRAÇADOS!”

Acabaram-se os três dias de liberação das repressões brasileiras – repressão sexual coital; repressão da liberdade de ir e vir;  repressão do direito de protestar sem baderneiros para bagunçar e polícia despreparada e, por isto, pronta para bombardear gente pacífica; repressão ao direito dos petralhas de roubar à granel e afundar a Petrobrás etc, etc, etc… Agora, vem o tempo do desespero, da revolta, da frustração do voto mal dado, do arrependimento tardio, do salve-se quem puder, enfim: vêm os dias de desespero, que levarão os pobres e favelados Zé Nings brasileiros a puxar até arrancar os pentelhos de raiva, frustração e arrependimento.

Para dizer numa palavra tudo, vem o tempo da Agonia no Calvário. O Calvário dos beócios que se deixaram doutrinar pelo petralhismo espertalhão.

A agonia de não saber quanto irá custar o outrora famoso pãozinho francês; a agonia de não ter certeza de que amanhã o preço da gasolina de seu carro será o mesmo que o de hoje; a agonia da expectativa da descoberta de mais roubalheira levada a cabo pela quadrilha dos petralheiros, que não serão punidos pelo JECA (José Eduardo Cardozo). A agonia de saber que no meio do ano o brasileiro antigo classe-média terá descido para a classe pobre e se verá obrigado a trocar o colégio pago de seus filhos pelas escolas preparatórias para o Crime Organizado chamadas, quase sempre, de Colégios Públicos Estaduais e Municipais… Enfim, vão chegar os tempos de puxar o pixaim em desespero. Nem precisa esperar muito. Já em março o bicho pega.

VAMOS TER A AGONIA de viver num país de burros encabrestados que, apesar do miserê que vamos enfrentar, ainda serão capazes de votar no LULAÇA Cachaça EM 2018, para que ele dê continuidade às bandalheiras petralhas e eleve ao panteão de heróis nacionais gente como José Dirceu e quadrilheiros que tais. Mais

MESMO NÃO QUERENDO, TENHO DE DAR MEU PITACO.

Deixe um comentário

E o Palhaço Maior veio para posar na foto de mentira.

E o Palhaço Maior veio para posar na foto de mentira.

Eu me recuso terminantemente a ouvir o horário de propaganda eleitoral OBRIGATÓRIO. É impossível agüentar aquelas caras empapuçadas ou aquelas Marias Redondas, ou, ainda, aquelas bruxas mal-enjambradas falando coisas que foram escritas para elas porque não têm nem tempo de TV nem capacidade de falar algo por si mesmas. E não tenho saco para agüentar os desgraçados redondos como elefantes gordos, falando mal e se expressando mal, tentando convencer aos que os ouvem ou por incompetência ou por cegueira psicológica, sobre coisas que já deviam ter feito, mas que, agora, garantem que, em sendo eleitos, fá-las-ão com certeza. Muitos dos redondos estão há mais de vinte anos polititicando e nunca fizeram nada que prestasse. Mas agora, garantem com a maior cara limpa, que vão trabalhar pelos Zé Nings. Arre diabo! Quem é imbecil suficiente para acreditar neles? Você, leitor, é que não é, pois não? Mais

NO TRANCO, MAS VAI. ISTO É A POLITITICA DO BRASIL.

Deixe um comentário

Mato a cobra e mostro o pau. Aí está o teto da escola, no chão.

Mato a cobra e mostro o pau. Aí está o teto da escola, no chão.

Teto de escola em Porangatu desaba e por sorte não mata dezenas de crianças; projeto de estudo de melhora no trânsito de Goiânia sai da gaveta onde ficou abandonado por 10 anos. Só agora, depois do quebra-quebra, o Governo Municipal decide desengavetar um projeto que foi proposto há dez anos. O Prefeito goianiense tem a desculpa de dizer: “Mas ele não foi engavetado no meu Governo”. Sim, não foi. Mas o senhor Paulo Garcia está no Poder Municipal há 6 anos e não mexeu no abacaxi. Enquanto isto, no Planalto, a toque de caixa, eis que um projeto que é tão velho quanto Papai Noel, também é desengavetado a toque de caixa: a tal Reforma Política. Em que ela interessa aos revoltados de agora? Isto parece manobra da Vovozona para desviar a atenção do povo. Conseguirá? Mais

%d blogueiros gostam disto: