Ela não reagiu a tempo...
Muitos perdem a vida buscando prazeres ilusórios que só levam ao arrependimento.

Fiquei olhando para o jovem que me fez a pergunta. Difícil encontra gente com sua idade, 17 anos, interessada em assuntos como esse de onde me trazia a pergunta. Não me contive e lhe perguntei de onde ele tinha tirado aquele termo. “De seu blog” foi a resposta desconcertante. Fiquei novamente a olhar para ele, espantado. Explicou: “É que um leitor seu fez esta pergunta, em 2013, e o senhor não lhe respondeu. Eu vi a pergunta e fiquei curioso. Então, fui ver pelo Google o que ela significa. Me pareceu fácil demais, então, por que seu leitor fez a pergunta? Curioso, resolvi lhe perguntar para saber se sua resposta confirma o que li em sites na Internet”.

Esperto. Muito esperto. Ri e o convidei a se sentar ao meu lado. Estávamos na trilha construída na ilha entre as pistas de rolamento dos automóveis e ônibus. Sob uma árvore nativa muito frondosa um banco de jardim fôra colocado pela Prefeitura e o lugar, antes deserto e seco, agora era agradável e convidativo. Mais