ENSINO SUPERIOR GRATUITO.

Deixe um comentário

"Esse bombeirinho de m... tá se achando! Vou colocá-lo num lugar ruim, pra que pense melhor no que vai dizer.

“Hummm… Tá difícil trabalhar duro por este povo. Eles mesmos não querem nada. Por que eu iria querer por eles? Sou branco, nasci classe média e isto não presta. Vou mais é meter a mão no melado e eles que se danem!”

Nós, brasileiros, arcamos com a mais pesada e a mais desumana cobrança de impostos que se pode imaginar. Em contrapartida, temos  o que, eu creio, é o maior Erário Público do Mundo. Se houvesse ao menos dez políticos realmente honestos; se nossa Constituição realmente fosse duríssima com o vício doentio da tentação da corrupção ativa ou passiva e se nosso povo fosse realmente atento aos seus direitos e vigiasse de perto aqueles a quem elegeram para os representar e legislar para a Nação, acho que a gratuidade do ensino superior seria mais do que um direito nosso: seria uma obrigação do Estado.

DESEMPREGADOS E SEM OPORTUNIDADES - MARANHÃO

Um exemplo de Município Brasileiro. Este é no Estado do Maranhão, onde a família Sarney enricou até rachar. Eles são brancos, os Sarneys. Esses aí em cima são mulatos, mamelucos  ou cafuzos. Vivem assim não porque não tenham como reagir, mas porque são acomodados devido mesmo à herança genética que receberam.

Mas não construímos, ainda, um verdadeiro país. Nosso Brasil ainda nem de longe é verdadeiramente nosso. Esta imensidão de terras e florestas pertence a tudo o que é ganancioso, a tudo o que é ladrão de colarinho branco e a tudo o que é estrangeiro invasor e corruptor que por aqui aporta ainda nas velhas caravelas de Cabral.

rio amazonas

Ama com fé e orgulho a Terra em que nasceste. Criança, não verás nenhum país como este…

E não falo do Cabral do Rio de Janeiro, não. Não me refiro ao maior patife que já nasceu, cresceu, elegeu-se e danou o Estado que lhe outorgou sua confiança. Eu falo das velhas caravelas de Pedro Álvares Cabral. Elas, ainda que fantasmas, continuam trazendo gananciosos dos países ditos de primeiro mundo para explorar os que substituíram os antigos donos de Pindorama, os índios  Tupis, e se assenhorear das riquezas de nosso subsolo, deixando, em lugar das florestas, desastres como este abaixo:

MINÉRIO DE FERRO - CARAJÁS

Eis o resultado da extração de minério de ferro em Carajás. Onde havia uma bela floresta ficou esta desgraceira aí em cima. Uma ferida exposta como testemunho da desídia dos políticos corruptos que elegemos eleição após eleição, sem nos importarmos com o que eles passaram a fazer, depois que tomaram nas mãos as rédeas de nosso Poder.

Mais

REINALDO AZEVEDO CONTRA RODRIGO JANOT. PT X JUSTIÇA?

Deixe um comentário

Vamos com calma que o santo é de barro e os que seguram o andor estão bêbados.

É uma hora da madrugada e alguns vinte e três minutos. Estou com sono, mas como devorei uma pizza muito gorda, não consigo dormir. Azia. Levantei e, como sempre faço em momentos como este, tomei digiplus e um efervescente e vim ler a FOLHA DIGITAL. E dou de cara com Reinaldo Azevedo descendo o malho com toda a sua força “vervética” (perdoem-me o neologismo) em cima de Rodrigo Janot. Ele põe a nu toda a raiva dos petralhas contra aquele que desancou Lula e todos os integrantes de sua quase imensurável quadrilha de ladrões de colarinho branco. Lula, todos já sabemos, fracassou totalmente. Afundou de vez num mar de lama que ele mesmo agitou sob seus pés (ele não foi seu criador, mas sapateou demais dentro dela). Quem me lê no FACE BOOK acredita piamente que sou antes de mais nada contra o PT. Sim, sou mesmo. Mas por decepção, pois que o Partido dos Trabalhadores não o foi de verdade nem no momento fervilhante de ódios e separativismo ideológico de quando foi criado. Para os fundadores do Partido, trabalhadores eram somente os metalúrgicos do ABC paulista. Os que operavam as máquinas pesadas nas indústrias daquela região. Qualquer engravatado era “elite”, embora pagassem o INSS do mesmo modo que eles, os somatotônicos, e vivessem sob o tacão cruel dos que detinham o Poder do Dinheiro. Para quem não sabe o que diabo seja isto de viscerotônico e somatotônico, Sheldon & Stevens (1940), pesquisadores de outrora, estabeleceram três tipos básicos de personalidade, a partir das características físicas do indivíduo: o viscerotônico ou endomorfo; o somatotônico ou mesomorfo; e o cerebrotônico ou ectomorfo. Mais

O CHEFE DA MAIS PERIGOSA ORCRIM DO BRASIL? MICHEL TEMER. QUEM DIRIA…

Deixe um comentário

MICHEL TEMER DE BOCA ABERTA

“Meu queixo caiu, você que me fez assim…”

“O Temer é o chefe da Orcrim da Câmara. (Michel) Temer, Eduardo (Cunha), Geddel (Vieira Lima), Henrique (Eduardo Alves), Padilha (Eliseu) e Moreira (Franco). Orcrim significa Organização Criminosa e pela primeira vez li a respeito da corrupção com esta designação na entrevista estarrecedora de Joesley Batista à Revista ÉPOCA.

Muita gente no Brasil é visceralmente contra a Organização Globo. Ela não é só Televisão. Tem revistas, tem jornais tem de tudo no campo da Imprensa. Tudo bem que a Globo tem lá suas quedinhas por partidos políticos moralmente condenáveis. Mas me digam: que partido político brasileiro presta? Eu lhe respondo: NENHUM! E no que tange aos noticiários, a TV Globo esconde o jogo até o último minuto. Quando a podridão fede pra todo lado, só então é que ela também entra no jogo bruto da Informação sem Fronteiras, Desembestada. Mas quem pode atirar a primeira pedra em qualquer ramo de trabalho no nosso País? Mais

OROZIMBO E O PRESIDENTE ELEITO DOS ESTADOS UNIDOS

Deixe um comentário

Orozimbo me meteu numa camisa de onze varas...

Orozimbo me meteu numa camisa de onze varas…

Chegou com uma garrafa de garapa gelada nas mãos. Estendeu a garrafa para mim e foi sentar-se em seu toco. Encheu o cachimbo de fumo e pitou em silêncio durante um longo tempo. Chovia uma chuvinha fina, daquelas que realmente molham a terra. O ar estava muito úmido, ao contrário do que vinha acontecendo por estas bandas nos últimos nove meses, quando era seco e o calor sufocava. Então, quando já havia bebido seu café preto e sem açúcar, bateu a mão na cadeira que colocara ao lado de seu toco preferido, chamando-me para sentar. Obedeci, curioso. Era raro ele não entrar já conversando pelos cotovelos. Geralmente alegre, agora estava com ar preocupado. Sentei-me e o olhei, curioso.

— Home, cuma é o nome do negão qui manda nos tar de americanu?

— Obama — respondi. — Por que?

— É verdade qui ele vai intregá o manto de chefe daquele povo pr’este peste louro cum cara de bode dos inferno? Mais

“GOVERNO TEMER É IGUAL AO DA DILMA” – PESQUISA DIVULGADO PELA FOLHA.

2 Comentários

"Caramba, cara, esta sujeira não vai ter fim, não?"

“Caramba, cara, esta sujeira não vai ter fim, não?”

Não é que um governo seja igual ao outro. O que acontece é que o SISTEMA PODRE DE SE PRATICAR POLÍTICA não mudou nem uma vírgula como resultado desta grande barafunda em que nos lançaram os desgovernos petralhas de Lula e Dilma. Vejam só este exemplo: há em Goiânia (e no Rio, e em São Paulo e em todas as cidades brasileiras) um sistema comercial de compra e venda de votos que absolutamente em nada foi alterado. Fala-se nele amplamente. Escreve-se sobre eles em todos os jornais e revistas do país. Mas nunca é efetivamente combatido. Pessoas há que durante as eleições se dedicam integralmente a trabalhar para um candidato, que lhe paga, evidentemente, comprando votos de quantos puderem convencer a vendê-los. Ora, é justamente esta população que grita e esperneia e vai às ruas contra o “status quo” que está aí, nos desmoralizando para o mundo todo (para nós não há desmoralização, senão que a manutenção pétrea do vício da corrupção). E isto está quase bem claramente expressado nos jornais daqui. Em Goiânia ainda vige com força o coronelismo do assassinato, quando um político se vê ameaçado pelo cidadão que esperneia contra a roubalheira entronada no Poder. Há uma pequena nota no meu Face, que postei outro dia, e que se constitui em um questionamento à população sobre se alguém já viu algum diretor de OS dando entrevista; se alguém sabe onde se encontra tal ou qual OS fisicamente instalada e à qual o Governo de larápios transfere as verbas estaduais para que cuidem da exploração dos serviços essenciais que é dever do Estado prestar aos cidadãos. Ninguém respondeu às perguntas que ali fiz. E isto é porque até hoje, a maioria esmagadora de nossa população não faz idéia de onde se escondem os que devem trabalhar na Diretoria de tais Organizações. São como fantasmas. São como os Diretores das empresas de telefonia. Você não vai jamais conseguir entrar em contato com um Diretor ou Administrador da TIM, por exemplo. Eles não estão no país. Mas as diretorias das tais OS deveriam estar aqui. No entanto, a pergunta é: Onde? Mais

“NA CASA DE SEU TOMAZ, QUEM GRITA É QUEM LEVA MAIS”

1 Comentário

E eu que estava firme no propósito de não mais falar de polititica...

E eu que estava firme no propósito de não mais falar de polititica…

Tomaz de Aquino Pedreira era o nome de meu avô materno. Um negão milico, oficial músico da PM de Teresina. Muito bem. Sua prole era bem grande e o bate-boca ali começava desde as seis da manhã e ia até as 22 horas ou mais. Por causa disto, a vizinhança, de gozação, criou uma musiquinha que tinha a seguinte letra: “Na casa de seu Tomás/ Quem grita é quem leva mais/ A garotada quando é hora do almoço/Não tem um osso e ainda quer comer demais”. Isto deu muita muvuca e muita encrenca na rua da Estrela, em Teresina. Meu avô virava onça furiosa quando pegava alguém cantando a tal musiquinha. Pois bem, o Governo Michel Temer me lembra muito a casa de seu Tomás. Nele, quem grita leva mais. Foi o caso com o tal Ministério da Cultura. Os almofadinhas puseram a boca no trombone e Michel, que vergonha para um Presidente da República, deu marcha-a-ré  em sua primeira decisão – acertada, por sinal. A continuar assim, ele não vai conseguir nem dar um passo para fora do atoleiro em que a Peste do PT nos jogou. E olha que este partidaço jurou de pés juntos que vai danar a vida de Temer. E pelo que aconteceu com o tal ministério, os petralhas podem estar certos de que se gritarem alto, Temer se abaixa… E com ele, o Brasil. Que lástima! Mais

REAJUSTE FISCAL. QUEM SE DANA COM ISTO?

Deixe um comentário

"Reforma fiscal? Pra que isso? Nosso bolo ainda está pequeno. Nosso amado PT necessita de um bolão maior que o da mega-sena, pois temos de sustentar nossos compãeiros venezuelanos e cubanos"

“Reforma fiscal? Pra que isso? Nosso bolo ainda está pequeno. Nosso amado PT necessita de um bolão maior que cem vezes o valor da mega-sena, pois temos de sustentar nossos compãeiros venezuelanos e cubanos”. Esqueçam esta história que nosso exército não irá permitir jamais.”

Reajuste Fiscal verdadeiro e extremamente necessário em nosso país seria aquele onde os políticos, tomados por uma excepcional crise de Nacionalismo misturado com Vergonha na Cara, muito mais Vergonha na Cara que Nacionalismo, se reuniriam não para discutir a cor do cavalo branco de Napoleão, como vêm fazendo e, com isto, escarnecendo vilmente de todos nós, mas a imoral e esmagadora carga tributária que pagamos para absolutamente nada em nosso benefício. São 10h e 05 minutos e o impostômetro marca a marca absurda de R$ 1.477.551.927.237,96 (um trilhão, quatrocentos e setenta e sete bilhões, quinhentos e cinqüenta e um milhões, novecentos e vinte e sete mil, duzentos e trinta e sete reais e noventa e seis centavos). Isto significa que os cidadãos e as empresas que produzem bens e serviços já pagaram a pesada carga tributária aproximada de R$ 8.928.021.989,88 (oito bilhões, novecentos e vinte e oito milhões, vinte e um mil e novecentos e oitenta e nove reais e oitenta e oito centavos) cada um. Mais

Older Entries