APÓSTOLO PEDRO - SIMÃO BARJONAS

Cefas ou Simão Barjonas. Posteriormente, Pedro.

Yehoshua retomou a direção de Cafarnaum, mas não enveredou pela cidade, que fervilhava de gente vinda das redondezas, todas ansiosas para conseguir alguma cura para suas mazelas. Encaminhou-se para o morro onde havia feito sua pregação depois conhecida como O Sermão da Montanha. Mal o pequeno grupo chegou ao local e já uma romaria começava a se fazer presente. As pessoas pareciam formigas vindas de todas as direções. Quase todas eram gente pobre, com vestes sujas ou esfarrapadas. No entanto, era possível também enxergar abastados, pois estes vinham em liteiras ou cercados de empregados para os servir. Martha, Ruth e Míriam, as irmãs do Mestre; Míriam, sua mãe, e Míriam, sua esposa, também estavam ali. Tinham acompanhado toda a caminhada, mas eram as últimas do grupo, pois não conseguiam acompanhar o passo acelerado de Yehoshua. O Mestre esperou que elas se sentassem ao seu lado e bebessem a água que João lhes servia. Estavam sedentas. Yehoshua também notou que os homens, na multidão que se aproximava e se espalhava ao redor, buscavam obter os melhores lugares, os mais próximos dele e de seu grupo, e não se pejavam de empurrar com grosseria as mulheres, principalmente aquelas que traziam filhos nos braços. Muitas choravam e se desesperavam por não conseguirem chegar bem próximo de Yehoshua. Mais