DESAFIO PARA VOCÊ, LEITOR

2 Comentários

A NATUREZA ESPERA POR NÓS

A NATUREZA ESPERA POR NÓS

Aqui vai um desafio para você, leitor. Mas, antes, vamos dar um giro pelo Mundo Pós-Modernista em que vivemos. Nós, animais humanos, estamos perdidos. Nossas filosofias sócio-políticas; nossos sistemas religiosos; nosso modo de vida atual, tudo foi devidamente questionado, desacreditado, revirado às avessas e recriado. E tudo foi feito em nome da nossa felicidade e de nosso prazer. No entanto, nunca, antes, houve tantos conflitos sangrentos entre nós, animais humanos. Guerras tradicionais, como a que se arrasta entre palestinos e hebreus; guerras de guerrilha, como os guerrilheiros das FARC, na Colômbia; a guerra suja que se trava dentro das cidades, entre o assim chamado “Crime Organizado” e as polícias locais; guerras mais sujas ainda, aquelas alimentadas e mantidas por crenças religiosas irracionais, como a do Talibã, que transforma tudo em armas de matar, até pessoas em homens bombas etc… etc… etc… Além disto, a violência está sem freios entre nosso jovens. Eles matam e se matam por qualquer coisa de somenos. Ainda que as cadeias sejam sucursais do inferno, com destaque para as brasileiras, isto não atemoriza nem freia a fúria acéfala destrutiva de nossos jovens no mundo todo. Por que? Educadores estão impotentes e até atemorizados diante da juventude pós-modernista, mal-educada, agressivo-destrutiva, drogadicta, sem raízes familiares e religiosas… O sentido de Honra, Ética, Moral, Dignidade perdeu-se para os jovens animais humanos pós-modernistas. Onde está a razão disto? Na Política corrupta do mundo todo? Na falta de educação familiar? Na ausência de firmeza dos pais ou responsáveis? No endeusamento da Teconologia e no viver atual sob o jugo da Tecnocracia? Você, com certeza, tem questionado: o que há de errado com o mundo e com as pessoas? Mais

BANDIDO, SAFADO, SEM-VERGONHA… POR QUE MORRE ONDE É PROIBIDO?

1 Comentário

Cena 1: um caminhão vira na estrada devido a uma centena de crateras na pista. Morre o motorista e sua família. Justificativa do órgão encarregado da manutenção e do reparo das rodovias brasileiras: “Já estamos providenciando a licitação para contratar uma empresa que vai fazer a manutenção desta estrada. Infelizmente houve este acidente, mas é uma ocorrência pontual”.

Cena 2: uma professora é internada toda arrebentada por agressão de alunos de escola pública”. Justificativa da Secretaria de Educação: “Já estamos providenciando junto à Polícia uma viatura diante da escola para evitar este tipo de acontecimento lamentável”.

Cena 3: um hospital municipal em qualquer lugar do Brasil. Gente amontoada como coisas; no chão, em macas, em cadeiras de rodas… onde der. Dezenas daquelas pessoas morrem à mingua, sem conseguir atendimento. Declaração dos Secretários de Saúde Municipal: “Estamos sobrecarregados. Não há repasse de verba para a saúde. Mas já está sendo providenciada a melhora das condições de internação. Em breve (há cem anos que se ouve isto) tais coisas não mais acontecerão aqui”.

Cena 4: Competição de triatlo, em Minas Gerais. Um dos atletas, durante a fase da natação, passa mal e é socorrido pelos companheiros. Seus amigos e parentes se descabelam buscando ajuda, mas não encontram nada, nem oficial nem por conta da organização do evento. O atleta morre sem que seus amigos lhe consigam socorro em tempo hábil.

Mais

QUE PROFISSÃO É ESSA?

1 Comentário

Ladrões de caixa eletrônico agem e são presos. Eles aplicavam o golpe do elástico para reter envelopes de depósitos em caixas eletrônicos. Aconteceu em São Paulo e no Santander. Foram pegados com o envelope de uma cliente em mãos. Mas foram soltos porque não houve flagrante. E para piorar as coisas, o advogado dos “meninos” vem a público, através da televisão, e diz: “Não, não há provas contra eles. O que deve ter acontecido é que a Polícia armou para cima dos meninos…” Mais

BRASIL, PAÍS DE LADRÕES E TARADOS SEXUAIS…

1 Comentário

É espantoso como sucede estupro de crianças com menos de 10 anos e até com 10 anos pelos pais, padrastos e outros indivíduos que, no mínimo, são doentes psicossociais. Que causas psicossociais educacionais, familiares, religiosas e outras induzem pessoas adultas – ao menos em idade e tamanho – a abusar de uma criança, cujos órgãos genitais ainda se encontram em formação?

Com a palavra você, leitor. Mande suas considerações sobre este tema. O que você acha? Ah, e o Brasil é mesmo um país de ladrões e tarados sexuais? Este título foi retirado do comentário de um homem letrado, um Mestre em Sociologia. Ele, o título, também pode ser criticado por você. Mande suas considerações sobre o tema e sua crítica ao título. Se for inteligente e bem abalizada, será publicada.

MONOGRAFIA – Uma Pesquisa Interessante.

Deixe um comentário

Os trabalhos monográficos são muito interessantes. Alguns são simples e destituídos de conteúdo que incentive maiores pesquisas na área. Outros, como este, despertam curiosidade de pesquisadores e incentivam trabalhos que terminam por ampliar os conhecimentos na área abordada. O questinoamento da monografia aqui disponibilizada despertou a atenção não só de educadores como também de advogados e psicólogos educacionais e sociais. Espero que a partir desta monografia trabalhos de maior profundidade sejam levados a cabo.

Minha Monografia sobre Neoliberalismo e Globalização e sua Influência no Ensino Superior.

MAIS CACETADAS DO PAULISTANÊS NO PORTUGUÊS

Deixe um comentário

Você também já deve ter sido contaminado pela doença lingüística paulistana. Com toda a certeza você aderiu ao particípio passado arcaico de PEGAR. Em mil, oitocentos e carne de porco usava-se o particípio passado irregular PÊGO. Mas ele caiu em desuso, até porque PÊGO deveria ser o marido da PÊGA, se entre pássaros houvesse casamento nos moldes humanos (para felicidade deles, não há)….

A natureza em sua manifestação.

A natureza em sua manifestação.

Mais

ESTUDANDO O PORTUGUÊS – II

1 Comentário

A SABEDORIA NÃO SE COMPRA

Você já deve ter gravado o que foi dito sobre o Substantivo e sobre o Artigo. Os dois são “casadinhos”. Um não dispensa o outro. Lembre-se: mesmo que não esteja expressado na frase, o artigo sempre está lá. Ex.: “Paulo é um bom homem”; e “O Paulo é um bom homem”. As duas orações são idênticas. Apenas na primeira o artigo ficou oculto.

A SABEDORIA NÃO SE COMPRA

Mais

%d blogueiros gostam disto: