A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO XLVI – A HISTÓRIA DE MÍRIAM, A MÃE (continuação 6)

Deixe um comentário

Quando o Sol vem saindo no horizonte a Vida se ilumina e se agita e a gente se sente renovado.

Nada é tão belo quanto o amanhecer sem tempestade.

Aquele amanhecer parecia especial. Estavam próximos ao local chamado de Praia da Meia-Lua, no território pérsico. Yehoshua não desejava adentrar o território da Babilônia e os convidou a erguerem uma tenda ali. Então, reuniu ao redor de si todos os seus acompanhantes, os doze monges-guerreiros e o romano.

— A partir de hoje — disse o líder do pequeno grupo — vou abandonar-vos. Seguireis para a cidade mais próxima daqui e buscareis nela uma Vihara onde vos hospedareis. Dali, parti para as imediações e pregai a Verdade tal e qual a conheceis. Quanto a ti, meu irmão romano, seguirás comigo.

Primus inquietou-se. Pensava que o Mestre seguia para Roma ou suas redondezas, mas parecia que ele não desejava fazer isto, o que colocava o soldado longe de sua família, à qual ardia de desejo de abraçar. Yehoshua ordenou que descansassem ali, pois a jornada tinha sido longa e cansativa. Enquanto todos se aprestavam a armar as barracas, ele se retirou para um duna e sem se incomodar com o Sol que já começava a esquentar, quedou-se sentado à moda dos yogues. Fechara os olhos e quase não respirava.

Meditava. Mais

VOCÊ ESTÁ APTO PARA SER POLÍTICO (OU POLITITICA)?

1 Comentário

"É MENTIRA! É MENTIRA! MIL VEZES EU GRITAREI: É MENTIRA!"

“É MENTIRA! É MENTIRA! MIL VEZES EU GRITAREI: É MENTIRA!”

A pergunta pode parecer esdrúxula, mas não é. É sabido por todos nós, Zé Nings, que se pensa, no nosso país, que para ser qualquer um dos dois seres abstrato-concretíssimos do nosso panteão confuso do Poder Nacional Brasileiro não se necessita nem mesmo ter mínima instrução. Basta que aprenda a escrever “mamãe”, “papai”, “quero”, “riqueza”, “poder”, “ganhar” e o nome completo. Quem duvidar que pergunte ao Tiririca. Se o sujeito sabe escrever as duas palavras teste (mamãe e papai) e as quatro palavras fundamentais para qualquer Partido Político (quero-ganhar-riqueza-poder), pronto: ele está habilitado até para ser Presidente do Brasil.

Mas atenção: estar habilitado não significa que vá sentar-se na Cadeira Quente. Antes disto, meu amigo, o candidato tem de aprender a baixar a cabeça, beijar sapatos bem polidos e importados de artífices do exterior que trabalharam a matéria prima levada daqui (como couro de jacaré, couro de cobra, couro de boi tratado a azeite doce, couro de peixe e por aí vai). Tem de aprender a ter uma cara de pau muito, mas muito mais dura que maçaranduba ou pau ferro. E tem de introjetar e internalizar profundamente em sua Identidade a Mentira como sua guia em tudo o que faça. Até quando na cama, tem de saber mentir. O coito não foi verdadeiro; a penetração foi ilusória e hipotética; o ventre desenvolvido da mulher não foi obra de seu “careca” incompetente, a “coisa” que começa a dar chutes lá dentro não é criança, mas um verme desconhecido pelo acusado… etc, etc, etc… MENTIR E MENTIR SEMPRE. Se ousar dizer uma verdade que não tenha atrás de si uma mentira escondida, então, será fatalmente defenestrado (para os que ainda não sabem o que é isto: jogado pela janela, de preferência do qüinquagésimo andar e sem paraquedas). Mais

HOME, VANCÊ PARÔ DE ISCREVÊ?

Deixe um comentário

Ele fala errado como quê, mas seu pensamento é coerente.

Ele fala errado como quê, mas seu pensamento é profundo como sua vivência e sabedoria.

Orozimbo chegou quando eu estava às voltas com a grade que serve de portão deslizante bem no primeiro degrau dos seis que descem da varanda até a grama diante de minha casa. Uma ventania brava arrancara a grade e na queda a rodinha que a faz deslizar se desprendera. Agora, está difícil manter a grade no lugar. Ele me ajudou como pôde a arrumar aquilo até que o soldador venha fazer a solda.

Depois, bebemos água, pois apesar da chuva anda fazendo muito calor, e nos sentamos. Eu peguei dois halteres e me pus a fazer exercícios. Ele apenas me olhava, curioso. Então, em dado momento, me fez a pergunta que o trouxera aqui.

— Home, vancê parô de iscrevê?

Sem interromper o que fazia, meneei a cabeça negativamente.

— Entoce, pru qui é qui agora a gente num vê artigo seu no seu brogue, cuma dantes? No passado, vancê iscrivia inté dois artigo num dia. E seus leitô gostava, num sabe? Agora, vancê isquece deles. Pru que? Mais

CRIATIVIDADE PETISTA NA PREFEITURA GOIANIENSE

Deixe um comentário

"Aí, o povão está aí é pra cobrir nossos desmandos, mesmo. Não adianta espernear. Meu Partidão me dá cobertura, trouxas"

“Aí, o povão está aí é pra cobrir nossos desmandos, mesmo. Não adianta espernear. Meu Partidão me dá cobertura, trouxas”

Debate-se, atualmente, na Câmara de Vereadores de Goiânia, um aumento SEM CARÁTER E SEM-VERGONHA do IPTU e do ITU. De conformidade com o projeto safado do mais safado ainda Paulo Garcia, PETISTA DE CARTEIRINHA, os aumentos, segundo a Lei que enviou à Câmara Municipal, seguirão os seguintes percentuais:

Lei Complementar nº 265, de 29 de setembro de 2014: “Art. 7º  – O art. 17 da Lei nº 5.040/75 passará a vigorar, na data em que a Lei que aprovar a Planta de Valores Imobiliários para o exercício de 2015 surtir seus efeitos, com a seguinte redação, ficando revogados o §4º e o §5º deste artigo”:  

(…)  “Art.17. As alíquotas aplicáveis ao cálculo do imposto são: I – para os imóveis edificados de uso residencial: a) alíquota de 0,20% (zero vírgula vinte por cento) para imóveis com valor venal de até R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais); b) alíquota de 0,40% (zero vírgula quarenta por cento) para imóveis com valor venal acima de R$ 50.000,00 (cinqüenta mil reais) e até R$100.000,00 (cem mil reais);

"Porra! Ainda há gente que pensa no meio deste populacho idiota!"

“Porra! Ainda há gente que pensa no meio deste populacho idiota!”

Ainda: c) alíquota de 0,55% (zero vírgula cinquenta e cinco por cento) para imóveis com valor venal acima de R$ 100.000,00 (cem mil reais) e até R$ 800.000,00 (oitocentos mil reais); d) alíquota de 0,60% (zero vírgula sessenta por cento) para imóveis com valor venal acima de R$ 800.000,00 (oitocentos mil reais);

(…) II – Imóveis edificados de uso não residencial: a) alíquota de 0,50% (meio por cento) para imóveis com valor venal de até R$ 100.000,00 (cem mil reais); b) alíquota de 0,70% (zero vírgula setenta por cento) para imóveis com valor venal acima de R$ 100.000,00 (cem mil reais); III – imóveis não edificados: a) alíquota de 0,50% (meio por cento) para imóveis com valor venal de até R$ 100.000,00 (cem mil reais); b) alíquota de 1,00% (um por cento) para imóveis com valor venal acima de R$ 100.000,00 (cem mil reais). Mais

ELES NÃO TÊM A TARIMBA DA CARA DE PAU.

Deixe um comentário

Eles são abutres gordos; águias nas Bolsas e em ganhar montanhas de dinheiro. Mas não são treinados para a Polititica....

Eles são abutres gordos; águias nas Bolsas e em ganhar montanhas de dinheiro. Mas não são treinados para a Polititica….

Eles são os que, por detrás das Presidências e Diretorias das Grandes Empresas que determinam os destinos dos MERCADOS internos e externos, se sevam às custas de qualquer nação. Não nos esqueçamos que o Brasil, graças ao PMDB/PSDB de FHC e Aécio Neves, foi introduzido no desastre social chamado Globalização, praticante da filosofia do Neoliberalismo.

 É bem verdade que não havia como escapar da avalanche que veio sobre o mundo todo. O Mercado descobriu o neoliberalismo e encontrou a internet como a chave para o açougue livre. Agora, ele não podia somente atacar países isolados – na Europa, na Ásia, na América e assim por diante. Agora, o Mercado podia avançar sem freios sobre todos, em qualquer lugar onde estes todos estivessem. Sua filosofia máxima sempre foi: “escravizar; explorar; sugar corpo e alma e jogar fora o que restar”.

 E com a modernidade e a globalização pela internet, tudo ficava muito fácil. Sua maior arma não era nem jamais foi o dinheiro. Nem mesmo os bancos, embora estes sejam seus aliados máximos, seguidos pelas grandes corporações comerciais e industriais onde não há um dono, mas um bando deles totalmente desconhecidos entre si – os acionistas.

 O que representa um bando de acionistas? A resposta não é difícil: A GANÂNCIA. Acionista não é mais gente. A partir do momento em que alguém investe na Bolsa vira um ser inumano. Em seu coração há somente papel que representa DINHEIRO, LUCRO. Isto é o que ele quer: lucro. Lucro é seu Deus. O resto é somente resto.

Continua em http://lavsiro1.wix.com/pensando-bem.

PARTIDOS POLÍTICOS – “CASAS DE TOLERÂNCIA DA CORRUPÇÃO”

Deixe um comentário

"E daí que eu sou amado pelos pé-rapado? Sou populista, comunista e socialista. Tudo de araque, mas sou, ué!"

“E daí que eu sou amado pelos pé-rapado? Sou populista, comunista e socialista. Tudo de araque, mas sou, ué!”

Vermelho-vergonha, a mesma coisa que vermelho-PT, visto que este maldito Partido Político escrachou nosso país até onde nem era possível imaginar. Será que o Luís Inácio “Lula” da Silva não se peja de pertencer à cúpula de um Partido Político prenhe de criminosos abjetos da mais imunda escória do Mundo? Sim, pois os filiados a partidos políticos e os que exercem o Poder através do voto da nação e que se entregam a dilapidar o dinheiro do Erário PÚBLICO, isto é, que pertence a todos nós que ajudamos a formá-lo para que seu dinheiro seja empregado em nosso benefício, não podem receber outro tratamento que não o de LADRÕES ANTI-PATRIÓTICOS. Malditos sejam todos eles. Todos os que, assenhoreando-se da cúpula dos Partidos Políticos deste imenso país, enxovalham-nos e os aviltam de modo abjeto. Não há como gritar contra esta imundície. Fora Lula! Fora Dilma! é pouco. Pouquíssimo mesmo. Devíamos gritar a plenos pulmões FORA PARTIDOS POLÍTICOS! Pois nenhum, absolutamente nenhum dos que aí estão, presta para nada, senão para serem todos atirados na mais profunda cloaca do mundo. Mais

A RESSURREIÇÃO DE LÁZARO XLV – A HISTÓRIA DE MÍRIAM, A MÃE (continuação 5)

Deixe um comentário

O monumentoso Templo de Salomão, o Templo de jerusalém.

As “boas novas” circularam rapidamente e não somente Herodes ficou inquieto como também os rabis do Templo.

Voltemos ao encontro noturno costumeiro entre Míriam, a mãe, seus familiares e Jeroboão. Sentadas ao redor da fogueira todos esperavam com expectativa que a Senhora continuasse sua narrativa. E ela assim o fez com sua paz de sempre.

— A viagem até a casa de Izabel, minha prima, durou o dia inteiro. Eu saíra à primeira hora do dia e cheguei lá o Sol já avermelhava o céu deitando-se no horizonte. Antes de entrar em sua casa, gritei por Izabel e fiquei surpresa ao ouvir uma exclamação de susto vindo lá de dentro; um grito de alegria ao mesmo tempo. Aturdida, esperei por Izabel parada à sua porta, com minha mão sobre meu ventre, instintivamente, como se protegendo quem estava crescendo dentro de mim…

A Senhora fez uma pausa, olhar perdido à frente. Ruth, impaciente, quebrou aquele momento de ausência recordativa de sua mãe.

— Vai, mãe, continua. O que aconteceu?

A Senhora sorriu-lhe um sorriso luminoso e prosseguiu.

— Izabel me gritou lá de dentro de sua casa, em resposta à minha saudação: Míriam! Benta és tu entre todas nós e bento é o fruto de teu ventre! Vem, quero abraçar aquela que traz dentro de si o Senhor de todos nós.

Ela veio até mim, que, ainda aturdida, continuava parada à sua porta sem compreender bem o que ela me dizia. Mais

Older Entries